O Saracens já está rebaixado na Premiership inglesa e agora pode ainda ser penalizado a Heineken Champions Cup europeia – e não é por conta do teto salarial desta vez.

O jogador americano Titi Lamositele foi escalado pelo Saracens para a partida da última rodada da fase de grupos contra o Racing, mas o atleta estava com seu visto de trabalho expirado (um dia antes da partida). O Saracens venceu a partida e por conta do resultado garantiu classificação às quartas de final do torneio, eliminando o Glasgow Warriors, da Escócia.

Com isso, Lamositele não poderia ter participado da partida. Uma comissão disciplinar julgará hoje o caso.

Fonte: BBC

- Continua depois da publicidade -