Treviso x Leinster - INPHO/PRO14

ARTIGO COM VÍDEOS – O PRO14, a liga que reúne times de Irlanda, Gales, Escócia, Itália e África do Sul, viveu nesse fim de semana a penúltima rodada de sua temporada regular, com briga garantida até o fim pelos últimos dois lugares no mata-mata. Glasgow Warriors, Munster (na Conferência A), Leinster e Scarlets (na Conferência B) já estão assegurados, enquanto Cheetahs e Cardiff Blues, de um lado, Edinburgh e Ulster, do outro, ainda lutam pela classificação.

As duas partidas disputadas na África do Sul foram destaque nesta rodada. Primeiro, o Cheetahs perdeu a chance de selar sua classificação ao mata-mata ao ser derrotado em casa pelo Munster por 19 x 17. O primeiro tempo foi empolgante, com Blommetjies e Meyer marcando 2 tries para os Cheetahs, respondidos por Conor Murray aos 36′. Murray ajudou a liderar os irlandeses na segunda etapa e Hanrahan chutou 3 penais que asseguraram a vitória vermelha, sendo o último aos 61′, sem reação para os laranjas, que pararam na defesa irlandesa no quarto final de jogo.

Depois, foi a vez do Cardiff Blues se manter vivo na briga pelos playoffs e de carimbar matematicamente sua classificação (sua volta) à Champions Cup europeia ao derrotar o pior time da liga, o Kings, por acachapantes 45 x 12. Foram 7 tries para os galeses, com 4 só no primeiro tempo. Tudo começou com Alex Cuthbert marcando para os Blues logo no primeiro tempo.

O Ulster também manteve vivas suas esperanças de classificação ao mata-mata vencendo dura batalha em casa contra os Ospreys por 8 x 0. Cooney chutou penal aos 6′ para os norte-irlandeses e o placar não foi mexido até a sensação Stockdale aparecer no último minuto para selar o viral triunfo do Ulster.

O Edinburgh, por sua vez, voou baixo contra o desfalcado Scarlets (que poupou atletas pensando na semifinal da Champions Cup) e manteve sua terceira posição com sucesso, vencendo por 52 x 14. Um jogão de 8 tries para os escoceses, com 4 só no primeiro tempo. Duhan van der Merwe foi destaque cruzando o in-goal duas vezes.

Apesar de todos os resultados de suma importância para a temporada, talvez o maior destaque tenha sido um jogo que não mexeu na classificação, mas teve resultado histórico. Pela primeira vez em sua história o Benetton Treviso, da Itália, derrotou o poderoso Leinster, da Irlanda, em solo irlandês, aproveitando-se do fato do Leinster também ter poupado atletas para a semifinal da Champions Cup. Nada que apague o gosto saboroso dos 17 x 15 para os italianos, que ainda sonham com classificação à Champions Cup – precisando, para isso, que o Ulster perca seus dois próximos compromissos. Biggi, Ruzza e Allan (em grande dia) cruzaram o in-goal para o time do Vêneto.
Aliás, a Itália vive sua melhor temporada na história no PRO14 com o Zebre também vencendo na rodada: 34 x 32 sobre os Dragons, com try de Carla Canna no lance final, em dia de recorde de público para o time italiano, que saiu de Parma e colocou 5,862 torcedor em L’Aquila.

Por fim, o melhor time da temporada, o Glasgow Warriors, venceu mais uma, 35 x 22 sobre o Connacht, ficando a 1 ponto de assegurar o primeiro lugar geral. Ataque de primeira qualidade dos Warriors, que encantaram na primeira etapa com 3 tries de gala.

No próximo fim de semana dois jogos atrasados serão cumpridos, com o Ulster fazendo jogo decisivo com o Glasgow Warriors (de vitória obrigatória para o Ulster seguir perseguindo o Edinburgh), enquanto Ospreys e Zebre apenas cumprirão tabela.

Já no fim de semana seguinte será jogada a última rodada, decisiva. Na Conferência A, os Cheetahs terão jogo de vitória obrigatória fora de casa contra os Kings, em dérbi sul-africano, ao passo que o Cardiff Blues torcerá pelo tropeço dos Cheetahs e precisará vencer clássico galês contra os Ospreys para ir ao mata-mata. Enquanto isso, na Conferência B, Edinburgh receberá Glasgow em clássico escocês, ao passo que o Ulster visitará o Munster em dérbi irlandês.

 

- Continua depois da publicidade -

Calvisano-Rovigo não farão a final do Eccellenza italianoPor Giorgio Vuerich

O fim de semana na Itália foi de encerramento da temporada do Eccellenza e definição dos duelos de semifinais: Petrarca vs Fiamme Oro e Calvisano vs Rovigo. Pela primeira vez desde 2013 a final italiana não será entre Rovigo e Calvisano.

Vitória por 29-9 do Petrarca no tão esperado “Derby da Itália” sobre os Bersaglieri do Rovigo. No estádio “M. Geremia”, em Pádua, o jogo foi importante porque valeu a liderança – e a fuga do confronto com o Calvisano na semifinal. O clássico vêneto começou com os penais da abertura Mantelli, que levaram os visitantes a 0x6 depois de quinze minutos, mas antes do intervalo o primeiro try do jogo levou ao delírio os torcedores da casa, 7×6. No recomeço do jogo, não houve história, com o Petrarca dominando a segunda parte e marcando três tries, dois com a asa Lamaro (capitão da seleção M20 italiana) e um com a ponta Rossi. Os “Patavini” fecharam a temporada regular com a liderança, na esperança de que poderão ganhar o “Scudetto” que falta a Pádua desde 2011.

A confirmação da conquista da quarta vaga se deu em Roma, com os Policiais do Fiamme Oro precisando de uma vitória no clássico da capital contra os rivais da Lazio. Nada mais fácil: 48×17 (já na primeira etapa estavam na frente 22×3, com o bônus tries já adquirido), garantindo classificação ao mata-mata.

O Calvisano teve uma vitória fácil contra o lanterna Mogliano (que se salvou da queda porque esta temporada não tem rebaixamento), 50×0. A decepção para o time de San Donà di Piave, que depois de vencer o Calvisano tinha ótimas chances de conquistar a vaga para o mata-mata, mas perdeu contra Petrarca, Fiamme Oro e, por fim, foi derrotado pelos “Diablos” do Reggio, 26×20 No último jogo, em Florença, I Medicei derrotaram Viadana por 28×10.

As semifinais serão em jogos de ida e volta e a final será em jogo único o dia 19 de maio de 2018.

 

Guinness PRO14 – Liga de Irlanda, Gales, Escócia, Itália e África do Sul

Kings 12 x 45 Cardiff Blues

Leinster 15 x 17 Treviso

Zebre 34 x 32 Dragons

Edinburgh 52 x 14 Scarlets

Ulster 08 x 00 Ospreys

Cheetahs 17 x 19 Munster

Glasgow Warriors 35 x 22 Connacht

ClubePaísCidadeJogosPontos
Grupo A
Glasgow WarriorsEscóciaGlasgow2075
MunsterIrlandaLimerick/Cork2067
CheetahsÁfrica do SulBloemfontein2058
Cardiff BluesGalesCardiff2053
OspreysGalesSwansea2040
ConnachtIrlandaGalway2034
ZebreItáliaParma2032
Grupo B
LeinsterIrlandaDublin2070
ScarletsGalesLlanelli2065
EdinburghEscóciaEdimburgo2064
UlsterIrlandaBelfast2060
Benetton TrevisoItáliaTreviso2054
DragonsGalesNewport2020
KingsÁfrica do SulPorto Elizabeth2011
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1ºs colocados de cada grupo = classificação direto às Semifinais e à Champions Cup;
- 2ºs e 3ºs lugares de cada grupo - classificação à Repescagem para as Semifinais e à Champions Cup;
- 4ºs colocados - repescagem pela Champions Cup;
- Nota: as equipes sul-africanas não podem se classificar à Champions Cup;

 

eccellenza logo novo

Eccellenza – Campeonato Italiano

Petrarca 29 x 09 Rovigo

Calvisano 50 x 00 Mogliano

Fiamme Oro 48 x 17 Lazio

Reggio Emilia 26 x 20 San Donà

I Medicei 18 x 10 Viadana

ClubeCidadeJogosPontos
Petrarca Padova1874
CalvisanoCalvisano1870
RovigoRovigo1867
Fiamme OroRoma1853
San DonàSan Donà1849
ViadanaViadana1842
ReggioReggio Emilia1833
I MediceiFlorença1830
LazioRoma1820
MoglianoMogliano1812
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
- 1º ao 4º lugares - classificação às Semifinais;

*Não haverá rebaixamento, pois o Eccellenza será expandido para 12 clubes em 2018-19

 

Semifinais:

Ida – Dia 28/29 de abril: Fiamme Oro x Petrarca Padova; Rovigo x Calvisano

Volta – Dia 5/6 de maio: Petrarca Padova x Fiamme Oro; Calvisano x Rovigo