Quade Cooper de fora do Sydney Sevens

A expectativa era imensa para a estreia de Quade Cooper na seleção australiana de sevens, para enfrentar Sonny Bill Williams no Sydney Sevens, quarta etapa da Série Mundial de Sevens, nesse fim de semana. Porém, Quade Cooper foi cortado do elenco aussie. A dupla de treinadores Scott Bowen e Andy Friend optou por deixá-lo de fora para não agravar uma lesão. Com isso, Cooper fará sua estreia no sevens apenas em maio, em Paris, e terá apenas dois torneios para provar que poderá jogar o Rio 2016.

 

Outro astro australiano que deverá estrear em breve é Nick Cummins, que deverá estar disponível em março, para o torneio de Las Vegas.

 

Irlanda perde Fitzgerald

A Irlanda também teve uma baixa para o Six Nations. É o centro Luke Fitzgerald, que teve ruptura em ligamentos do joelho e foi cortado pelo técnico Joe Schmidt. O Trevo não terá substituto para Fitzgerald na primeira rodada do torneio.

 

Victor Vito e Isaia Toeava no Top 14 francês

Enquanto isso, dois neozelandês fecharam contrato com clubes do Top 14 francês. São eles o terceira linha campeão mundial com os All Blacks Victor Vito, que se mudará para o La Rochelle após o término do Super Rugby (que disputará pelos Hurricanes), e o fullback Isaia Toeva, que estava no rugby japonês (no Canon Eagles) e acertou transferência imediata para o Clermont, para substituir o lesionado Nick Abendanon, que ficará três meses de fora dos gramados.

 

Já na Inglaterra, o Wasps acertou contrato com o centro Siale Piutau, que jogou a última Copa do Mundo por Tonga, e é irmão mais velho do All Black Charles Piutau. Siale Piutau estava no Yamaha Jubilo, da Top League japonesa, e já se apresentará ao clube da Premiership.

 

Mais um japonês no Super Rugby

O pilar Hiroshi Yamashita, um dos destaques do Japão na Copa do Mundo, acertou sua transferência para o Chiefs, da Nova Zelândia. O atleta que joga a Top League pelo Kobelco Steelers tem 29 anos e 49 jogos pelo Japão, tendo optado por não assinar contrato com o Sunwolves, times japonês do Super Rugby.

 

Comentários