Neste domingo o torneio feminino do Rio 2016 conheceu seus classificados às quartas de final. E não houve surpresas: as quatro melhores da temporada da Série Mundial de Sevens Feminina asseguraram suas vagas e nas semifinais teremos a Austrália medindo forças com o Canadá e a Grã-Bretanha duelando com a Nova Zelândia. As medalhas ficarão entre elas!

 

A primeira partida das quartas foi a mais tranquilo. A Austrália, campeã do circuito mundial, muito superior, se impôs sobre a Espanha por 24 x 00, com Charlotte Caslick cruzando duas vezes o in-goal, enquanto Tonegato e Green fizeram um try cada, sem sustos.

 

- Continua depois da publicidade -

Depois, França e Canadá fizeram um dos duelos mais aguardados – e se provou uma batalha épica. Le Pesq, caindo no canto do in-goal e com direito a TMO, abriu o marcador para as francesas, mas antes do intervalo Moleschi arrancou para o try de empate, colocando 5 x 5 no marcador. No segundo tempo, o jogo esquentou, os dois times tiveram suas chances e com 2 minutos para o fim o Canadá cruzou o in-goal com Bianca Farella, rompendo entre duas defensoras. A França foi com tudo para cima, mas levou o golpe de misericórdia no fim, com Ghislaine Landry pondo um ponto final no embate, 15 x 05, e muita festa vermelha.

 

Depois, a Grã-Bretanha encarou Fiji e viu sua inexpugnável defesa ser uma vez rompida, com Naiqato fazendo as britânicas sofrerem o primeiro try no Rio. Mas, a Grã-Bretanha tinha clara vantagem física e tática e se impôs, com McLean, Richardson e Watmore fazendo os tries antes do intervalo, enquanto Brown fez o último try na segunda etapa, com linda corrida, para selar o 26 x 7.

 

O melhor estava reservado inesperadamente para o fim. Na última partida, a Nova Zelândia suou frio diante dos Estados Unidos e se classificou com um sofrido 5 x 0. O prmeiro try das Ferns saiu apenas na última bola da primeira etapa, com a artilheiro de Deodoro, Portia Woodman, seu 6º até aqui, punindo erro de Folayan, em uma primeira etapa que teve as americanas com maior posse de bola e território. No segundo tempo, fecharam a defesa e colocaram em campo Jessica Javelet, que levou perigo constante às kiwis. Nathan-Wong recebeu amarelo no momento decisivo e a Nova Zelândia teve que defender heroicamente nos instantes derradeiros. Sarah Goss, perfeita no ruck, salvou as neozelandesas.

 

rio 2016

Rio 2016 – Jogos Olímpicos – Torneio de Rugby Sevens

Torneio Feminino

SeleçaoJogosPontos
Grupo A
Samoa215
Fiji210
Uruguai207
Zimbábue200
Grupo B
Espanha214
Namíbia210
Estados Unidos208
Hong Kong200

2 COMENTÁRIOS