Brasil batalha mas perde em grande jogo contra o Uruguai no Sul-Americano M19

ARTIGO ATUALIZADO – A Seleção Brasileira M19 foi a campo nesta quarta-feira em Santiago, no Chile, para a segunda rodada do Campeonato Sul-Americano Juvenil. Depois de perder por parelhos 16 x 0 para o Chile na estreia, os Curumins foram novamente derrotados, desta vez pelo Uruguai, mas novamente em outro placar nada folgado para o oponente: 37 x 25.

 

Sem jamais ter vencido o Uruguai em jogos pela competição, o Brasil entrou como franco atirador, confiante de que a diferença histórica pudesse seguir caindo. O duelo começou apertado, com o 0 x 0 se prolongando no placar, com o vento atrapalhando os chutadores nos primeiros minutos. O placar foi inaugurado apenas aos 18′, com o asa uruguaio Manuel Ardao rompendo para o primeiro try, 7 x 0.

 

A resposta brasileira veio rapidamente, com Felipe Cunha, que ganhou a camisa 10 para a partida, chutando com precisão o primeiro penal. Mas, o momento era dos Teritos, que cravaram dois tries em sequência, nocauteando momentaneamente a defesa brasileira, com Ardao novamente e o segundo centro Marcos Pastore caindo no in-goal. Aos 32′, pouco antes do intervalo (já que o rugby M19 é jogado em dois tempos de 35 minutos), Pastore correu para seu segundo try, colocando 24 x 03 no marcador (mas, sem valer ponto bônus, que não é utilizado pela Sudamérica Rugby em suas competições).

 

O Uruguai largou o segundo tempo deixando seu recado com penal do scrum-half Piazza e com o terceiro try de Ardao, embalado. A situação parecia deteriorar para o Brasil, com o asa sul-africano Devon Muller recebendo seu segundo amarelo no torneio. Porém, Leindekar também deixou pouco depois o Uruguai com 14 homens por novo amarelo e com os espaços abertos o Brasil prosperou. Aos 53′, o asa Matheus Cláudio caiu para o primeiro try brasileiro no torneio e as esperanças voltaram ao lado verde. Felipe Cunha logo aproveitou nova chance de penal e, aos 19′, Ariel correu para o segundo try dos Curumins, deixando o placar em desvantagem de somente 32 x 18.

 

Contudo, a força da base uruguaia se provou com a rápida resposta aos 66′, com Maurício Bruno fazendo o sexto try dos azuis, com a tensão na partida já subindo e as infrações se excedendo. O Brasil ainda descontaria com brio mais uma vez, pelas mãos do asa Igor de Campos, quando o Uruguai jogava de novo com um homem a menos, por amarelo a Joaquin Freitas. Mas, já não havia mais tempo para a virada. Brasil 25 x 37 Uruguai, em placar que poderia ter sido maior se os uruguaios não tivessem desperdiçado tantas conversões, mas que provou com 6 x 3 em tries o potencial brasileiro.

 

No segundo duelo do dia, o Chile sofreu mais que o Uruguai para bater o Paraguai. Os paraguaios haviam largado no domingo com pesada derrota por 95 x 00 diante dos uruguaios, mas desempenharam melhor contra os chilenos, inclusive levando a partida ao intervalo em somente 17 x 0 para os Condoritos. Mas os donos da casa deslancharam no segundo tempo, fechando o placar em 41 x 12.

 

Campeonato Sul-Americano M19 de 2016 – em Santiago, Chile

uru novo copy copy37versus(14)25tupi logo

Uruguai 37 x 25 Brasil

 

Uruguai

Tries: Manuel Ardao (3), Marcos Pastore (2) e Maurício Bruno

Conversões: Alejo Piazza (2)

Penais: Alejo Piazza (1)

 

Brasil

Tries: Matheus Cláudio, Ariel da Silva e Igor de Campos

Conversões: Felipe Cunha (2)

Penas: Felipe Cunha (2)

15 Luiz Felipe Trindade (SPAC), 14 Federico Padilla (Curitiba), 13 Frederico Pasquali (Charrua), 12 Thiago Evaristo (Curitiba), 11 Daniel Lima (Rio Branco), 10 Felipe Cunha (Pasteur), 9 Douglas Rauth (Curitiba), 8 Matheus Cláudio (Jacareí), 7 Devon Muller (Sharks Academy, África do Sul), 6 Igor de Campos (São José), 5 Felipe Rosa (Jacareí), 4 Arthur Etlin (Pasteur), 3 Matheus Rocha (Jacareí), 2 Brendon Pinheiro (Pasteur), 1 Levy da Silva (São José).

Suplentes: 16 Michael Oliveira (Iguanas), 17 David Páscoa (BH Rugby), 18 Pedro Badin Franco (Tornados Indaiatuba), 19 João Vitor Silva (São José), 20 Thiago Campos (São José), 21 Lucas Spago (Pasteur), 22 Ariel da Silva (Jacareí), 23 Victor Guilherme Silva (São José).

 

chile logo41versus(14)12paraguai copy

Chile 41 x 12 Paraguai

 

Sábado, 17 de setembro

14h00 – Brasil x Paraguai

16h00 – Chile x Uruguai

 

SeleçãoPJVEDPPPCSP
Uruguai9330014938111
Chile63201703436
Brasil331025466-12
Paraguai0300325160-135

– Vitória = 3 pontos;
– Empate = 1 ponto;
– Derrota = 0 pontos;

– O campeão garante vagas para enfrentar a Argentina na Sudamérica Rugby Cup de 2017 e para disputar o Troféu Mundial M20 de 2017 (a segunda divisão mundial);
– O último colocado enfrentará a Colômbia em Repescagem para permanência na competição;

 

Foto – Revista Rugbiers – https://twitter.com/RevistaRugbiers

Comentários