Brasil convocado para jogo do dia 17 contra o Quênia no Amapá

A partida entre Brasil e Quênia tem data nova: será no dia 17 de junho, e não mais no dia 18. O duelo amistoso ocorrerá no Estádio Zerão, em Macapá, capital do Amapá, e terá transmissão pelo SporTV.

 

A partida será organizada pela CBRu, pela Total, patrocinadora da entidade, e pelo Governo do Estado do Amapá, valendo a Taça dos Hemisférios, em alusão aos fatos de tanto Brasil como o Quênia serem cortados pelo equador e de o Estádio Zerão ter sua linha de meio campo passando em cima da linha do equador, fazendo com que o estádio esteja metade em cada hemisfério.

 

Hoje, o Amapá é o único estado que não possui um clube de rugby e a chegada da Seleção Brasileira Masculina de Rugby XV em Macapá trará diversos eventos à capital do estado, incluindo uma clínica par 100 jovens da cidade junto dos Tupis, um curso de formação para professores de educação física da região, com o objetivo de capacitá-los em rugby escolar, e um jogo amistoso de rugby na lama entre o Guanabara, clube do Rio de Janeiro patrocinado pela Total, e um time da associação de Futlama, tradicional forma de futebol amador jogado às margens do Rio Amazonas.

 

Antes do pontapé inicial entre Brasil e Quênia, haverá um triangular de sevens envolvendo a seleção da Guiana, a seleção do Norte do Brasil e o Guanabara.

 

A partir do dia 14 de junho, os atletas ficarão concentrados no Centro de Treinamento da Seleção, em São José dos Campos, antes do embarque para Macapá. A lista indicada por Rodolfo Ambrosio é composta 30 jogadores, muitos que participaram recentemente do Americas Rugby Championship, maior torneio da categoria no continente, e do Campeonato Sul-Americano, em que os Tupis conquistaram uma vitória diante do Paraguai, empate diante do Chile e foram superados pelo Uruguai. Uma lista final de 23 nomes ainda serão anunciada.

 

“Temos treinado forte desde o fim do Sul-Americano para esta partida, portanto, nossas expectativas são bastante positivas e estamos confiantes em nosso trabalho. O embate físico vai ser duro, como sempre, mas tenho certeza de que vamos desempenhar o nosso melhor”, afirma Nick Smith, capitão da Seleção Masculina. “É essencial para o esporte essa disseminação. Conseguiremos atingir um número expressivo de interessados e praticantes de rugby e precisamos de mais estádios disponíveis e pessoas interessadas. O rugby não mostrará apenas o esporte em si, mas também os valores que ele te agrega e como pode ajudar alguém ao longo da sua vida”, completa Smith.

 

Entre as novidades da convocação de Rodolfo Ambrosio estão a volta do segunda linha Luiz Gustavo “Monstro”, que joga no time B do Oyonnax, da França, e as estreias do segunda e terceira linha italiano Matteo Dell’Acqua, que jogou a temporada pelo Reggio, campeão da Serie A, segunda divisão do Campeonato Italiano, e Pedro  Bengaló, do Cascais, de Portugal. Vários nomes jovens farão parte do campo, como Leo Ceccarelli, do Jacareí, Texugo, do Desterro, Maranhão, do Rio Branco, e Luan Soares Smanio, do Asa Branca (agora NaFor), do Ceará.

 

Convocados:

André Arruda (Desterro);

Alexandre ‘Texugo’ Alves (Desterro);

Beukes Cremer (Poli);

Caique Silva (NaFor);

Cléber ‘Gelado’ Dias (Wallys);

Daniel ‘Maranhão’ Lima da Silva (Rio Branco);

Daniel Sancery (São José);

Diego Lopez (Pasteur);

Felipe Sancery (São José);

Guilherme Coghetto (Desterro);

João Luiz da Ros ‘Ige’ (Desterro);

Jonatas ‘Chabal’ Paulo (Bandeirantes Saracens);

Laurent Bourda-Couhet (Bandeirantes Saracens);

Leonardo Cecarelli (Jacareí);

Luan ‘Big Mike’ Almeida (Jacareí);

Luan Soares Smanio (NaFor);

Lucas Abud (SPAC);

Luiz Gustavo ‘Monstro’ Lemes Vieira (Oyonnax, França);

Mark “Wacko” Jackson (Desterro);

Mateus Estrela (Niterói);

Matheus Cruz (Jacareí);

Matheus Wolf (Joaca);

Matteo Dell’Acqua (Reggio, Itália);

Moisés Duque (São José);

Nick Smith (SPAC);

Pedro Bengaló (Cascais, Portugal);

Robert Tenório (Pasteur);

Stefano Giantorno (NaFor);

Philip Ramos Veeren (Desterro);

Wilton “Nelson” Rebolo (São José)

 

Comentários