A largada histórica do primeiro torneio olímpico feminino de rugby sevens foi dado neste sábado, dia 6, em Deodoro, no Rio de Janeiro. A estreia brasileira foi dura, como esperado. As Yaras encararam a Grã-Bretanha e foram derrotadas por 29 x 03, em partida que começou com domínio brasileiro.

 

O Brasil teve controle de bola superior, trabalhou bem de mãos sem se intimidar com a forte oponente, mas saiu atrás sofrendo um contra golpe de Joane Watmore. As Yaras seguiram atacando com gana e conquistaram um penal antes do intervalo, com Raquel optando pelo chute e se tornando a primeira pontuadora da história do rugby brasileiro nos Jogos Olímpicos. 7 x 3, em um primeiro tempo dominante das brasileiras, de muitos erros britânicos. Porém, a história foi diferente no segundo tempo, com a Grã-Bretanha aproveitado desatenção brasileira em penal para Hunt arrancar e fazer o segundo try. A situação piorou para as brasileiras quando Júlia saiu lesionada. A defesa não resistiu mais à pressão, com as europeias controlando bola e território. Hunt, achando espaço pela ponta após penal, caiu para o terceiro try e o Brasil desmontou. Joyce (a única galesa do time britânico) fez o quarto try na velocidade e Scott no finzinho pôs números finais. 29 x 3.

 

- Continua depois da publicidade -

“Fizemos um grande primeiro tempo, mas faltou finalizar melhor. Sabemos que elas são fortes, erramos muito no segundo tempo e elas souberam capitalizar nesses erros”, afirma Baby Futuro, uma das mais experientes do grupo. “Foi um jogo duro, que mostrou que estamos bem. Precisamos acertar alguns detalhes para encarar o Canadá”, complementa Edninha, destaque da equipe.

 

O resultado não foi ruim para o Brasil. No outro duelo do Grupo C, o Canadá não deu chances ao Japão, fazendo acachapantes 45 x 0, com direito a 7 tries, sendo 2 de Farella e 2 de Landry, deixando as japonesas com um saldo ruim.

 

No Grupo A, a Austrália largou na frente com vitória tranquila sobre a Colômbia por 53 x 0, com 9 tries e hat-trick de Charlotte Caslick. O resultado inesperado da primeira rodada foi o triunfo de Fiji por 12 x 7 sobre os Estados Unidos. O equilíbrio era esperado e a vitória fijiana não foi uma zebra, mas o favoritismo era americano. Tisolo e Ravisa cruzaram o in-goal para as fijianas.

 

No Grupo B a Nova Zelândia começou também sem problemas, fazendo 52 x 0 sobre o Quênia. Portia Woodman fez seu hat-trick, enquanto Kayla McAlister cravou mais 2 tries, de um total de 8 das Ferns. Já a França, que fez o primeiro jogo do dia, derrotou com contundência a Espanha por 24 x 07. Grassineau teve a honra de marcar o primeiro try da história do rugby olímpico.

 

rio 2016

Rio 2016 – Jogos Olímpicos – Torneio de Rugby Sevens

Torneio Feminino

SeleçaoJogosPontos
Grupo A
Samoa215
Fiji210
Uruguai207
Zimbábue200
Grupo B
Espanha214
Namíbia210
Estados Unidos208
Hong Kong200

 

DiaHoraLocalCasa vs Adversário
23/04/201616h00Old Georgians - Santiago, ChileChile68X07Paraguai
23/04/201616h15Allianz Parque - São PauloBrasil14X36Uruguai
30/04/201616h15Estádio do Pacaembu - São Paulo, SPBrasil20X20Chile
30/04/201616h30Estadio Héroes de Curupayty - AssunçãoParaguai15X60Uruguai
07/05/201615h30Estadio Héroes de Curupayty - AssunçãoParaguai21X32Brasil
07/05/201616h00Estadio Charrua - MontevidéuUruguai39X14Chile

 

Foto: Luiz Pires – Fotojump