Último jogo entre Brasil e Argentina XV, em São José dos Campos, pelo Americas Rugby Championship. 28 x 08 para os argentinos, em 03 de março. Foto: João Pires/Fotojump

ARTIGO COM VÍDEO – O Brasil encerrou o Americas Rugby Championship 2018 com um placar positivo diante da Argentina XV em São José dos Campos. A vitória histórica não veio, mas os Tupis chegaram a flertar com uma virada e perderam por somente 20 pontos de diferença, seu melhor resultado contra os argentinos na história da competição. 28 x 08.

O Brasil fez um jogo bom contra os argentinos, sobretudo no início da partida, tendo posse de bola e, quando pressionado, tirando bem os espaços argentinos. Logo aos 7′, o Brasil teve chance de try, com boa troca de passes, faltando pouco para que a assistência de Zé para De Wet encaixasse. O placar só foi mexido aos 17′, quando o Brasil errou no lateral, a Argentina XV trabalhou bem nas 22 até o hooker Zapata achar o espaço para o try.

A resposta brasileira foi rápida, com Josh arrematando com precisão penal logo depois, para reduzir o placar a somente 7 x 3. Aos 26′, os Tupis colocaram mais pressão com boa sequência de fases, flertando com uma virada. E a maré parecia virar toda a favor do Brasil aos 35′, quando o pilar Espinal recebeu cartão vermelho por tackle alto, deixando a Argentina o restante do jogo com um jogador a menos. Mas, os visitantes não sentiram o golpe e logo chegaram ao segundo try, em jogada nascida em contra-ataque veloz, seguido de fases até o scrum-half Ezcurra achar o espaço para guardar no in-goal.

Antes do intervalo, no entanto, o Brasil reduziu. Os argentinos falharam em lateral nas 22 de defesa e Mauri foi esperto, apanhando a bola e cravando no in-goal, para levar o duelo à pausa em 14 x 08.

- Continua depois da publicidade -

Muitas esperanças para o segundo tempo, já que o Brasil tinha superioridade numérica de atletas em campo. Mas a Argentina soube trabalhar na desvantagem e aos 47′ fez o terceiro try, que foi uma ducha de água fria no time brasileira. Ureta saiu da formação de maul e caiu no in-goal brasileiro para o 21 x 08. E não tardou para o quarto try dos visitantes sair, com a linha de passes argentina sendo completada com uma assistência com os pés de González para Resino marcar o try.

Os Tupis reagiram, erguera a cabeça e foram para cima. Ariel teve um belo try anulado, ao receber de Maranhão na ponta e voar para o in-goal. O ponta brasileiro, no entanto, perdeu o controle da bola na hora do apoio sob pressão, aos 59′.

O clima da partida esquentou no quarto final e a partida perdeu em qualidade, com alguns estranhamentos entre brasileiros e argentinos. Blade recebeu amarelo e deixou o Brasil com um a menos no fim, mas o placar não foi movimentado. Fim de jogo, 28 x 08 para os argentinos, mas uma boa partida brasileira para os 1193 torcedores presentes no Estádio Martins Pereira aplaudirem.

 

08versus copiar28

Brasil 08 x 28 Argentina XV, em São José dos Campos

Árbitro: Francisco González (Uruguai) / Assistentes: Murilo Bragotto (Brasil) e Victor Hugo Barboza (Brasil)

Brasil

Try: Mauri

Penais: Josh (1)

15 Lucas “Zé” Tranquez, 14 Ariel Rodrigues, 13 Felipe Sancery, 12 Moisés Duque, 11 De Wet Van Niekerk, 10 Josh Reeves, 9 Will Broderick, 8 André “Buda” Arruda, 7 Matheus Claudio, 6 Arthur Bergo, 5 Cléber “Gelado” Dias, 4 Maurício Canterle, 3 Jardel Vettorato, 2 Yan Rosetti (c), 1 Lucas Abud;

Suplentes: 16 Endy Willian Pinheiro, 17 Michel “Vanzinha” Olimpio, 18 Matheus “Blade” Rocha, 19 Michael “Ilha” Moraes, 20 Matheus “Matias” Daniel, 21 Daniel “Maranhão” Lima, 22 Stefano Giantorno, 23 Valentin Garcia;

Argentina XV

Tries: Zapata, Ezcurra, Ureta e Resino

Conversões: González (4)

15 Juan Cruz Mallía, 14 Julián Dominguez, 13 Santiago Resino, 12 Lucas Mensa, 11 Germán Schulz, 10 Juan Cruz González, 9 Felipe Ezcurra, 8 Santiago Portillo, 7 Lautaro Bavaro (c), 6 Francisco Gorrisen, 5 Ignacio Larrague, 4 Jerónimo Ureta, 3 Benjamín Espinal, 2 Axel Zapata, 1 Santiago Garcia Botta;

Suplentes: 16 Diego Fortuny, 17 Franco Brarda, 18 Lucas Favre, 19 Diego Galetto, 20 Santiago Montagner, 21 Gregorio Delaaa Prete, 22 Santiago Álvarez, 23 Rodrigo Etchart;

 

EquipeApelidoPJVED4+-7PPPCSP
Estados UnidosEagles2455004019768129
ArgentinaArgentina XV2154014116969100
UruguaiTeros1453022016815711
CanadáCanucks115202301321293
BrasilTupis451030063159-96
ChileCóndores150050171218-147
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

1 COMENTÁRIO

  1. Acho que o Brasil fez um grande jogo e bom campeonato, mas algumas escolhas erradas como o penal que chutamos para o h no inicio do segundo tempo podem comprometer o nosso resultado. Além disso nossa indiciplina também atrapalha, mas é totalmente visivel a evolução dos Tupis.