ATUALIZADO COM ERRATA – O dia 1º de agosto de 2017 ficou para a história dos Curumins! Pela primeira vez, uma Seleção Brasileira Juvenil venceu o Chile em uma partida oficial, com um 7 x 5 sofrido e heroico em Montevidéu, Uruguai.

A partida abriu o dia final de jogos do Torneio Internacional M20, o Camp Sul-Americano, torneio realizado pela Sudamérica Rugby como transição do modelo M19 para o M20 para as competições juvenis da entidade.

Depois de serem derrotados por Uruguai e Argentina, respectivamente, Brasil e Chile disputaram o 3º lugar no campo do Carrasco Polo, após um início de semana de capacitações e treinamentos conjuntos com o corpo técnico argentino. Para os Condoritos, o torneio visava à preparação para a disputa do Troféu Mundial M20 no fim deste mês, com os chilenos indo a campo com força máxima. Já para os Curumins, com um elenco M19, os olhos estavam na preparação do time para o Sul-Americano M20 de 2018. Fator a mais para os treinadores Damian Rotondo e Fernando Portugal comemorarem.

O Brasil começou o jogo forte e fez os únicos pontos do primeiro tempo, com o hooker novalimense do BH Rugby David Páscoa fazendo o try e Lucas Spago sendo preciso na conversão. A partida foi em 7 x 0 ao intervalo e os chilenos foram para cima no segundo tempo, com Martín De Oto fazendo o try que poderia ter dado o empate para os andinos, mas a conversão foi perdida. Os Curumins não se abalaram e asseguraram a histórica vitória por 7 x 5, com o apito final consagrando a primeira grande vitória dos Curumins.

- Continua depois da publicidade -

 

Elenco do Brasil: Ariel Rodrigues  (Jacareí), Daniel Lima (Rio Branco), David Páscoa (BH Rugby), Devon Muller (Band Saracens), Douglas Vinícius (Jacareí), Federico Padilla (Curiitba), Felipe Cunha (Pasteur), Felipe Rosa (São José), Henrique Ferreira (Curitiba), João Vitor Silva (São José), Leonardo de Souza (SC Rugby), Leonardo Ceccarelli (Jacareí), Leonardo Diaz (Curitiba), Lucas Spago (Pasteur), Marcos Vinícius Silva (São José), Matheus Augusto Oliveira (Jacareí), Michel Olimpo (São José), Patrick Fonseca (São José), Piero Pozzi (Jacareí), Rafael Henrique dos Santos (São José), Robson de Moraes (Pasteur), Thiago Campos (São José), Túlio de Oliveira (Lobo Bravo Guarapuava), Vitor Domingues (Curitiba), Welinson Silva (Guanabara) e Williams Cripa (Brummers);

 

3º lugar

chile logo novo05versus copiar07tupi logo

Chile 05 x 07 Brasil

 


Vídeo – Fernando Portugal
Foto – URU

3 COMENTÁRIOS

    • Já arrumamos. O David Muller Páscoa do BH estava na lista oficial como David Miller Páscoa (com “i”). Quando o try foi dado a Muller demos ao Devon Muller por isso. Fazemos a cobertura em tempo real pelas fontes de Twitter disponíveis, já que não houve transmissão. O problema não foi a fonte e sim a lista de sobrenomes.

  1. Grande resultado! Isso mostra que nossa evolução no cenário sul americano é consistente e está dando resultados desde a base. Tomara que em alguns anos consigamos nos consolidar numa posição a frente ao Chile e começar a buscar o Uruguai, pois só assim teremos chance de chegar ao sonho da vaga no mundial.