Tupis enfrentarão Pumas e All Blacks em Twickenham

No próximo fim de semana, dias 21 e 22 de maio, o estádio de Twickenham, em Londres, receberá a 10ª e última etapa da temporada 2015-16 da Série Mundial de Sevens Masculina. O Brasil estará no torneio como convidado e caiu no Grupo D ao lado de Argentina, Nova Zelândia e Rússia. Essa será a primeira vez na história que o Brasil irá encarar os All Blacks, que deverão ter Sonny Bill Williams em campo. A Rússia, que luta contra o rebaixamento, também será um oponente inédito para os Tupis.

 

Muito próximo do título da temporada, Fiji terá pela frente na primeira fase a seleção da casa, Gales e a Austrália. Já Samoa, vencedora da etapa de Paris, irá encarar a África do Sul, que espera por um milagre para ser campeã do circuito, Estados Unidos e Canadá. Por fim, o Grupo C terá França, Quênia, Escócia e o desesperado Portugal, que joga suas últimas fichas para tentar fugir do rebaixamento.

 

Craque do League e da NFL jogará em Londres e poderá estar no Rio

Enquanto os grupos de Londres eram sorteados, o mundo do sevens recebeu uma grande notícia: o mito do rugby league australiano Jarryd Hayne decidiu defender Fiji e quer ir aos Jogos Olímpicos. Hayne, de 28 anos, nasceu na Austrália, mas é filho de fijiano, e fez sua carreira no Rugby League, defendendo o Parramatta Eels da NRL australiana de 2006-14, ganhando o prêmio de melhor jogador da NRL duas vezes, em 2009 e em 2014, e o prêmio de melhor jogador do mundo em 2009. Além de ter defendido os Kangaroos, a Seleção Australiana de Rugby League por 12 vezes, Hayne teve como ápice de sua carreira o título de 2014 do State of Origin, o duelo anual entre as seleções dos estados de Nova Gales do Sul e Queensland, considerado o maior evento do esporte australiano, liderando Nova Gales do Sul a um histórico título que colocou fim a um jejum que se prolongava desde 2005.

 

Depois do título do State of Origin, Hayne optou por se aventurar no futebol americano, defendendo o San Francisco 49ers na NFL na última temporada. Diante da possibilidade de jogar o Rio 2016, Hayne aceitou a proposta de defender Fiji, mas terá pouco tempo para se adaptar.

 

SWS 2015-16 logo

London Sevens – 10ª etapa da Série Mundial de Sevens Masculina 2015-16 – em Londres, Inglaterra

Grupo A: Samoa, África do Sul, Estados Unidos e Canadá

Grupo B: Fiji, Austrália, Inglaterra e Gales

Grupo C: França, Quênia, Escócia e Portugal

Grupo D: Argentina, Nova Zelândia, Rússia e Brasil

 

Seleção* Pontos – Classificação Geral Etapa 10 (Inglaterra) Etapa 9 (França) Etapa 8 (Singapura) Etapa 7 (Hong Kong) Etapa 6 (Canadá) Etapa 5 (Estados Unidos) Etapa 4 (Austrália) Etapa 3 (Nova Zelândia) Etapa 2 (África do Sul) Etapa 1 (Emirados Árabes)
Fiji 181 15 19 19 22 15 22 17 17 13 22
África do Sul 171 19 13 17 17 19 17 15 19 22 13
Nova Zelândia 158 13 10 12 19 22 13 22 22 10 15
Austrália 134 07 12 10 15 17 19 19 13 10 12
Argentina 119 12 15 15 08 05 10 13 12 19 10
Estados Unidos 117 17 05 07 12 12 15 10 10 12 17
Quênia 98 03 10 22 10 01 10 12 10 15 05
Inglaterra 92 10 07 05 13 05 01 10 15 07 19
Samoa 89 05 22 13 05 13 03 07 08 03 10
Escócia 87 22 08 08 07 10 05 05 07 08 07
França 85 10 17 10 05 07 07 01 03 17 08
Gales 54 08 02 02 10 10 08 03 01 05 05
Canadá 40 05 01 01 02 08 02 08 05 05 03
Rússia 28 02 05 03 03 03 05 02 02 02 01
Portugal 21 01 03 05 01 02 01 05 01 01 01
*Apenas as seleções centrais
Etapa Campeão
Etapa 1 (Emirados Árabes) Fiji
Etapa 2 (África do Sul) África do Sul
Etapa 3 (Nova Zelândia) Nova Zelândia
Etapa 4 (Austrália) Nova Zelândia
Etapa 5 (Estados Unidos) Fiji
Etapa 6 (Canadá) Nova Zelândia
Etapa 7 (Hong Kong) Fiji
Etapa 8 (Singapura) Quênia
Etapa 9 (França) Samoa
Etapa 10 (Inglaterra) Escócia

– 15º colocado = rebaixamento.

Pontuação:
1º – 22 pontos; 2º – 19 pts; 3º – 17 pts; 4º – 15 pts;
5º – 13 pts; 6º – 12 pts; 7º e 8º – 10 pts;
9º – 8 pts; 10º – 7 pts; 11º e 12º – 5 pts;
13º – 3 pts; 14º – 2 pts; 15º e 16º – 1 pt.


 

Jarryd Hayne

NRL

NFL

Comentários