Foto: 6 Nations

ARTIGO COM VÍDEO – Inglaterra e França, Le Crunch, o maior clássico europeu. Mas a realidade do confronto atual é de doer o coração do torcedor francês. Neste domingo, em Londres, pela 2ª rodada do Six Nations, a Inglaterra deu um recado afirmativo de que é a favorita ao título europeu e brigará seriamente pelo título mundial no fim do ano. Isso porque os ingleses por 1 ponto não bateram o recorde histórico de vitória sobre a França, de 37 pontos de diferença, que dura desde 1911.

A vitória foi maiúscula, 44 x 08, isto é, 36 pontos de diferença, impondo aos Bleus mais um ponto baixo em sua história recente, que já é a de maior seca de títulos desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

A Inglaterra começou avassaladora e logo no primeiro ataque Elliot Daly chutou para Jonny May correr e mergulhar para o primeiro try, punindo um knock-on e desarrumação da defesa francesa. O impacto do primeiro try foi evidente e Owen Farrell aproveitou os erros franceses para chutar 2 penais no início, enquanto Morgan Parra descontou com 1 penal para os Bleus.

A superioridade inglesa era evidente e, aos 23′, Jonny May recebeu um mágico passe longo de Farrell para marcar na ponta seu segundo try. E, aos 28′, a Inglaterra emplacou 16 fases até Chris Ashton chutar para Jonny May voar para seu hat-trick! 3º try do ponta, em joga de dois pontas na mesma… ponta! Um passeio.

- Continua depois da publicidade -

Para evitar o nocaute prematura a França ensaiou uma reação e, aos 34′, sua linha mostrou qualidade, com Huget (que jogou desnorteado de fullback, que não é sua posição favorita) rompendo a defesa inglesa para servir Penaud para o primeiro (e único) try azul. 23 x 08.

No entanto, antes mesmo do intervalo a Inglaterra afastou a reação francesa e cravou o 4º try (do bônus) com Henry Slade achando o espaço entre a defesa visitante para abrir 30 x 08.

No segundo tempo a Rosa ensaiou quebrar recordes. Logo aos 48′, Slade interceptou passe e chutou para Ashton marcar o try, mas Gaël Fickou (também jogando em posição desconfortável na ponta) o impediu de marcar, segurando o ponta inglês sem bola. Penal try e 14 homens para a sequência do pesadelo francês.

Com um jogador a menos, a França viu Farrell marcar o seu try aos 54′, mergulhando no in-goal após Dupont e May disputarem bola chutado para o in-goal. 44 x 08. Mas, incrivelmente, já com o jogo ganho, os ingleses reduziram o ritmo e os franceses conseguiram impedir um desastre ainda maior, com os 25 minutos finais passando sem mais pontos no placar e com a França tendo em vão o domínio da posse de bola.

Fim de papo e vitória maiúscula da Inglaterra, renascida para brigar por todos os títulos. No próximo fim de semana não haverá rodada do Six Nations e a Inglaterra voltará a campo apenas no dia 23, fora de casa, em jogo decisivo contra Gales. Já a França receberá a Escócia.

44versus copiar05

Inglaterra 44 x 05 França, em Londres

Árbitro: Nigel Owens (Gales)

Inglaterra

Tries: May (3), Slade, penal try e Farrell

Conversões: Farrell (3)

Penais: Farrell (2)

15 Elliot Daly, 14 Chris Ashton, 13 Henry Slade, 12 Manu Tuilagi, 11 Jonny May, 10 Owen Farrell (c), 9 Ben Youngs, 8 Billy Vunipola, 7 Tom Curry, 6 Mark Wilson, 5 George Kruis, 4 Courtney Lawes, 3 Kyle Sinckler, 2 Jamie George, 1 Mako Vunipola;

Suplentes: 16 Luke Cowan-Dickie, 17 Ben Moon, 18 Dan Cole, 19 Joe Launchbury, 20 Nathan Hughes, 21 Dan Robson, 22 George Ford, 23 Jack Nowell;

França

Try: Penaud

Penais: Parra (1)

15 Yoann Huget, 14 Damian Penaud, 13 Mathieu Bastareaud, 12 Geoffrey Doumayrou, 11 Gaël Fickou, 10 Camille Lopez, 9 Morgan Parra, 8 Louis Picamoles, 7 Arthur Iturria, 6 Wenceslas Lauret, 5 Sébastien Vahaamahina, 4 Paul Willemse, 3 Demba Bamba, 2 Guilhem Guirado (c), 1 Jefferson Poirot;

Suplentes: 16 Pierre Bourgarit, 17 Dany Priso, 18 Dorian Aldegheri, 19 Paul Willemse, 20 Gregory Alldritt, 21 Antoine Dupont, 22 Romain Ntamack, 23 Thomas Ramos;

 SeleçãoJogosPontos
Gales523
Inglaterra518
Irlanda514
França510
Escócia59
Itália50
- Grand Slam = 3 pontos;
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;