Técnico mais vencedor da história do sevens mundial, o neozelandês Sir Gordon Tietjens deixou o comando da seleção de sevens de Samoa.

Tietjens ganhou quase tudo comandando o sevens dos All Blacks, vencendo 12 vezes o Circuito Mundial, 4 vezes a medalha de ouro dos Jogos da Commonwealth e 2 vezes o título da Copa do Mundo de Sevens (2001 e 2013), mas se despediu da seleção da Nova Zelândia em 2016 sem a medalha olímpica. O treinador assumiu naquele ano o comando de Samoa, mas em 4 temporadas não conseguiu nenhum título relevante com a equipe e colecionou resultados inexpressivos. O treinador optou por “deixar Samoa planejar seu futuro”, apontando as incertezas da pandemia como motivo para decidir deixar o cargo.

Aos 64 anos e nomeados para o Hall da Fama do World Rugby, Tietjens ainda não revelou seu futuro. Samoa, por sua vez, ainda não tem vaga em Tóquio 2020 e buscará a classificação aos Jogos Olímpicos na repescagem, isto é, no Pré Olímpico Mundial.

 

- Continua depois da publicidade -