Bulls atropelam no superclássico sul-africano. Foto: Super Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – Foi dado o pontapé inicial no Super Rugby 2019! As potências Crusaders, Lions e Hurricanes começaram com vitórias, mas destaque mesmo foi a avassaladora vitória do Bulls no superclássico sul-africano sobre os Stormers.

O jogo de abertura foi um dérbi neozelandês, que teve os Chiefs sendo derrotados em casa pelos Highlanders, em resultado que poderá cobrar seu preço aos Chiefs lá na frente. 30 x 27, com os Highlanders sobrevivendo ao fim de jogo com 14 homens após cartão vermelho. Aaron Smith foi o autor do try decisivo.

Na sexta também rolou dérbi australiano, com os Brumbies recebendo o reforçado Rebels, que só teve o que comemorar. Vitória por 34 x 27, com o abertura Quade Cooper (lembra dele?) dando a volta por cima e sendo determinante ao lado do scrum-half Will Genia. Mas o maior destaque foi Jack Maddocks, com 2 tries para o time de Melbourne.

Abrindo o sábado, em Auckland, Blues e Crusaders fizeram clássico neozelandês, com times que vivem situações opostas. Os Blues desapontaram nos últimos anos sendo os piores da Nova Zelândia, enquanto os Crusaders foram os campeões do Super Rugby em 2017 e 2018. Mas os Blues venderam muito caro uma derrota por apenas 24 x 22. Os Crusaders pareciam prontos para uma tranquila vitória no primeiro tempo, com Mataele marcando o primeiro try, após o chute cruzado, e um penal try no maul ampliando a frente dos visitantes. Mas os Blues reagiram logo após o intervalo com Akira Ioane e Tuungafasi cruzando o in-goal para virarem o placar, 17 x 12. Porém, aos 54′, Mataele marcou mais um para os Crusaders e outro penal try, aos 63′, parecia definir a sorte do jogo. Parecia apenas, porque Pulu marcou try aos 73′ para os Blues e o fim de jogo foi de arrepiar, com os campeões resistindo à virada.

Já os Hurricanes vencerem no exterior e em jogo dificílimo. 20 x 19 em Sydney, na Austrália, sobre o forte Waratahs, provando seu poderio. Jogão no Brookvale Oval (nova casa dos ‘Tahs, enquanto o Sydney Football Stadium é reconstruído), com Ardie Savea marcando o único try do primeiro tempo para os visitantes e Curtis Rona (após arrancada de Folau) respondendo para os australianos na segunda etapa. Foi somente aos 75’ que Kirifi marcou o try da vitória neozelandesa, aproveitando falha defensiva dos anfitriões no lateral.

A partida seguinte se deu em Singapura, onde o time japonês do Sunwolves mandou seu jogo contra os sul-africanos do Sharks e sofreu pesada derrota por 45 x 10. Foram 6 tries para os Sharks, com direito a dobradinha de Armand van der Merwe, e público inferior a 5 mil torcedores, que faz o Super Rugby repensar jogos em Singapura.

Na África do Sul, o sábado foi mesmo do maior clássico do país, a batalha sempre quente entre Bulls e Stormers. E os Bulls (usando uniforme inspirado no Capitão América) mandaram um recado poderoso: 40 x 03, que coloca o time de Pretória em condições de sonhar no Super Rugby e liga o alerta no time da Cidade do Cabo. Show de 4 tries sem resposta, com o astro do sevens Specman marcando duas vezes, Kotze marcando um e Jesse Kriel (recebendo lindo chute de Handré Pollard) fazendo o try final.

Por fim, em Buenos Aires, o vice campeão de 2018, o Lions, começou 2019 perfeito, derrotando fora de casa os argentinos do Jaguares por 25 x 16. O pilarzão Medrano fez o único try argentino no jogo, mas o espetáculo ficou com Schoeman, asa do Lions, que simplesmente marcou todos os 3 tries dos sul-africanos no jogo, aproveitando o domínio do pack vermelho. Hat-trick para a vitória no campo do Vélez Sarsfield. 65% de posse de bola para os Jaguares, mas muitos penais e pouca eficiência dos donos da casa na estreia oficial do novo técnico Gonzalo Quesada.

Com 15 equipes, o Super Rugby tem toda a rodada ao menos um time folgando e na 1ª jornada quem não entrou em campo foram os australianos do Reds.

- Continua depois da publicidade -

Super Rugby 2019

Chiefs 27 x 30 Highlanders

Brumbies 27 x 34 Rebels

Blues 22 x 24 Crusaders

Waratahs 19 x 20 Hurricanes

Sunwolves 10 x 45 Sharks

Bulls 40 x 03 Stormers

Jaguares 16 x 25 Lions

 EquipeConferênciaPaísCidadeJogosPontos
CrusadersNova ZelândiaNova ZelândiaChristchurch1349
BullsÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulPretória1232
Brumbies logo copyBrumbiesAustrália/JapãoAustráliaCanberra1229
HurricanesNova ZelândiaNova ZelândiaWellington1340
JaguaresÁfrica do Sul/ArgentinaArgentinaBuenos Aires1232
LionsÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulJoanesburgo1230
sharks SR copy copySharksÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulDurban1229
Highlanders NZ rugby union team logo.svgHighlandersNova ZelândiaNova ZelândiaDunedin1329
RebelsAustrália/JapãoAustráliaMelbourne1228
WaratahsAustrália/JapãoAustráliaSydney1226
BluesNova ZelândiaNova ZelândiaAuckland1226
Stormers_Rugby.svgStormersÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulCidade do Cabo1226
RedsAustrália/JapãoAustráliaBrisbane1223
ChiefsChiefsNova ZelândiaNova ZelândiaHamilton1323
SunwolvesAustrália/JapãoJapãoTóquio1212
- Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Vencer marcando 3 ou mais tries que o oponente = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

- Classificam-se às quartas de final o 1º colocado de cada uma das 3 conferências + os 5 melhores da classificação geral;