Aaron Cruden vai liderança o grande início de Super Rugby dos Chiefs. Foto: Super Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – O Hemisfério do Sul vem se perguntando nos últimos anos se alguém será capaz de derrubar os Crusaders e a resposta está na própria Nova Zelândia.

Os Chiefs, comandado agora pelo treinador Warren Gatland (ex Gales), receberam neste sábado os atuais campeões e venceram por 25 x 15, assumindo a ponta da chave.

Os Crusaders começaram o jogo com tudo com 2 tries de Reece, com Havili brilhando com a camisa 10, mas os Chiefs responderam com Alaimalo ainda no primeiro tempo e viraram o placar na segunda etapa com Tahuriorangi e Wainui (após lindo offload de Weber). Festa em Waikato.

Outro neozelandês que só teve o que festejar foi o Blues, que foi à Austrália e bateu o Waratahs por 32 x 12, em jogo na cidade de Newcastle (e não em Sydney, onde normalmente jogam os ‘Tahs). Beauden Barrett não jogou, mas Joe Marchant e Perofeta fizeram excelente dupla criativa e o ponta Telea (de 23 anos) brilhou com hat-trick (3 tries) para os visitantes.

Alegria neozelandesa também do lado dos Hurricanes, que visitaram os Jaguares argentinos em Buenos Aires e triunfaram de virada por 26 x 23, em jogo emocionante. Jordie Barrett abriu o placar com um imenso penal de 63 metros, mas o primeiro try foi dos Jaguares, com Kremmer, abrindo 10 x 09 para os argentinos antes da pausa. Quando aos 62′ os Jaguares entraram de maul com Creevy para o segundo tempo, parecia que a vitória seria dos anfitriões, mas a reação dos ‘Canes no fim com tries de Fidow e Booth assegurou a virada para os kiwis.

Por fim, os Highlanders, que folgaram na primeira rodada, receberam na Nova Zelândia os sul-africanos e sofreram pesada derrota por 42 x 20. Os Sharks voaram baixo mostrando um rugby muito mais aberto e dinâmico que seu histórico recente e Mapimpi e Fassi foram destaques com 2 tries cada. Destaque para offload de Notshe para Mapimpi no fim do primeiro tempo.

- Continua depois da publicidade -

Já em solo sul-africano, Stormers e Bulls se encontraram na Cidade do Cabo para o maior clássico do país e os Stormers festejaram vitória por 13 x 00. Ntubeni e Senatla marcaram os únicos tries do jogo. Os Bulls vestiram seu uniforme de Capitão América e os Stormers de Thor, como parte de parceria com a Marvel.

Por sua vez, o Lions também comemorou vitória na África do Sul, fazendo 27 x 20 sobre os australianos do Reds. Skosan marcou o try da vitória na reta final da partida.

O único australiano que venceu na rodada foi o Brumbies, que triunfou em casa em dérbi do sul do país contra o Rebels: 39 x 26 empolgantes. Foram 4 tries o time de Canberra só na primeira etapa.


Nesta rodada, a equipe que folgou foi o Sunwolves, do Japão.

 

Super Rugby – Liga do Hemisfério Sul

Highlanders 20 x 42 Sharks

Brumbies 39 x 26 Rebels

Chiefs 25 x 15 Crusaders

Waratahs 12 x 32 Blues

Lions 27 x 20 Reds

Stormers 13 x 00 Bulls

Jaguares 23 x 26 Hurricanes

 EquipeConferênciaPaísCidadeJogosPontos
Stormers_Rugby.svgStormersÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulCidade do Cabo417
CrusadersNova ZelândiaNova ZelândiaChristchurch414
Brumbies logo copyBrumbiesAustrália/JapãoAustráliaCanberra413
ChiefsChiefsNova ZelândiaNova ZelândiaHamilton413
sharks SR copy copySharksÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulDurban412
JaguaresÁfrica do Sul/ArgentinaArgentinaBuenos Aires410
BluesNova ZelândiaNova ZelândiaAuckland49
HurricanesNova ZelândiaNova ZelândiaWellington38
RedsAustrália/JapãoAustráliaBrisbane37
LionsÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulJoanesburgo35
RebelsAustrália/JapãoAustráliaMelbourne44
Highlanders NZ rugby union team logo.svgHighlandersNova ZelândiaNova ZelândiaDunedin34
SunwolvesAustrália/JapãoJapãoTóquio34
BullsÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulPretória31
WaratahsAustrália/JapãoAustráliaSydney30
- Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Vencer marcando 3 ou mais tries que o oponente = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

- Classificam-se às quartas de final o 1º colocado de cada uma das 3 conferências + os 5 melhores da classificação geral;