12º título seguido do Desterro, o clube com mais estaduais consecutivos no Brasil.

O rugby brasileiro tem na sua alma o rugby estadual e regional. Uma das marcas da história do rugby XV do país são as grandes hegemonias locais, com nada menos que 10 clubes sendo capazes ao longo de suas histórias de enfileirarem mais de 3 títulos estaduais ou regionais em anos consecutivos. Vamos celebrar os gigantes do rugby estadual com uma lista das 10 maiores sequências de títulos!

Vamos deixar claro que:

  • Estão sendo contados apenas os títulos adultos de rugby XV;
  • Anos que não tiveram campeonato zeram as sequências;

Como não sabemos quando os nossos campeonatos retornarão, vamos aos gigantes “papa-títulos”!

 

- Continua depois da publicidade -

10 – Alphaville (1986-1989): Tetracampeão paulista

O velho Urso, o gigante Alphaville Tênis Clube é um dos clubes históricos do rugby paulista e brasileiro, tendo sido a grande estrela dos anos 80 e 90. O Alpha venceu o Campeonato Paulista 4 anos seguidos, pelo menos, entre 1986 e 1989. Em 1990 e 1991, no entanto, a organização do rugby no país era precária e os dados concretos (para além das memórias) não confirmam campeões oficiais nesse anos. No entanto, o clube voltou a ser campeão estadual em 1992, o que prova o tamanho da hegemonia do Alpha no período.

 

8/9 – Goianos (2010-2015): Hexacampeão do Centro-Oeste

O gigante dos anos iniciais do “Pequi Nations” foi o Goianos. Nascido como Goiânia Rugby Clube, o time da capital de Goiás dominou o Centro-Oeste pro 6 anos seguidos, sendo superado pelo Rugby Sem Fronteiras do Distrito Federal apenas em 2016.

 

8/9 – Niterói (2005-2010): Hexacampeão fluminense

Custou para o Niterói perder a hegemonia no Rio de Janeiro. De 2005 a 2010 o poderoso clube rubronegro venceu todas as edições do Campeonato Fluminense, até em 2011 o título ficar com seu irmão, a UFF, que tinha atletas do clube. O Nikity ainda foi campeão em 2012 e 2013, mas em 2014 a concorrência apertou, com o Guanabara sendo campeão.

 

6/7 – GRUA (2012-2018): Heptacampeão do Norte

Ninguém pode contestar que Manaus tem dominado o rugby da região Norte do país e, mais que isso, o GRUA é o grande nome de Manaus. O Gavião venceu simplesmente todas as edições da Liga Norte, interrompida após 2018. E, mesmo sem a competição de sua região, o GRUA ainda foi campeão do “Pequi Nations” em 2019. Todo ano tem o time amazonense gritando “é campeão”!

 

6/7 – Niterói (1983-1989): Heptacampeão fluminense

O Campeonato Fluminense nasceu em 1977, quando o rugby ganhou novos times no estado. Rio e Guanabara chegaram a colocar em xeque a hegemonia do Niterói nos anos iniciai, mas a partir de 1983 o Nikity se tornou uma máquina imbatível no estado, faturando a competição por 7 anos seguidos, até o Campeonato Fluminense ser interrompido. O tamanho da hegemonia do Niterói é ainda maior se a sequência de títulos de 1983 a 1989 fora somadas às conquistas após o retorno da competição em 2005.

 

5 – São José (2004-2011): Octacampeão paulista

Vencer o Campeonato Paulista é difícil demais. E vencê-lo por 8 anos seguidos? Só o São José foi capaz disso, dominando o estado mais forte do rugby nacional nos anos 2000 para provar que, sem dúvida, “Os caipira é foda”. Hegemonia desse tamanho só foi vista antes em São Paulo nos anos 60, com o SPAC, mas na época não havia distinção entre Paulista e Brasileiro. Com a criação propriamente de um Paulista em 1979, somente o Sanja foi capaz de vencer tantas taças.

 

4 – Curitiba (2011-2019): Eneacampeão paranaense

Os Touros já faturaram 14 vezes o título do Paraná. Em 2010, Maringá fez a festa, mas desde 2011 o Curitiba é o dono absoluto do estado, enfileirando 9 conquistas seguidas.

 

2/3 – BH (2010-2019): Decacampeão mineiro

Já foram disputados 10 campeonatos mineiros e o Tatu segue imparável. O Belo Horizonte Rugby Clube venceu simplesmente todos os títulos até hoje em Minas e teve até desafiante vindo de São Paulo. Mas até agora só deu BH.

 

2/3 – Farrapos (2010-2019): Decacampeão gaúcho

Outro decacampeão é o Farrapos, que não perde um Campeonato Gaúcho desde o titulo de 2009 do Charrua. O alviverde de Bento Gonçalves ergueu seu império da grande terra de São Pedro quando o Gauchão já era realidade, impondo-se sobre os antigos campeões de Porto Alegre.

 

1 – Desterro (2008-2019): Duodecacampeão catarinense

Ninguém venceu mais campeonatos em sequência no país como o Desterro, que venceu o Catarinense por 12 anos seguidos, entre 2008 e 2019. A sequência poderia ser ainda maior se em 2007 tivesse sido disputado o estadual. Ninguém até hoje acabou com a bruxaria em terras barriga-verde!