ARTIGO COM VÍDEOS – Chegou a hora! Sábado o mundo oval irá parar e assistiremos às grande final da Copa do Mundo de Rugby de 2019! Em Yokohama, no Japão, se enfrentarão Inglaterra e África do Sul, reeditando a grande final de 2007, quando os sul-africanos se sagraram bicampeões do mundo. Em campo, três títulos mundiais. A África do Sul (os Springboks) já ergueram duas vezes a taça (1995 e 2007) e têm incríveis 100% de aproveitamento em finais (jamais perderam uma decisão). Já a Inglaterra conquistou o título apenas uma vez (2003) e vai à sua quarta final de Mundial (tendo sido vice em 1991 e 2007). Fora de campo, as casas de aposta na Inglaterra e online como a 1xbet já estão com tudo, dando o favoritismo para os ingleses, apesar do histórico de 3 vitórias para cada lado nos últimos seis encontros.



Os ingleses chegam à decisão invictos, depois de despacharem a Nova Zelândia (atual campeã) na semifinal, ao passo que a África do Sul já perdeu uma partida, na estreia (justamente contra os neozelandeses, 23 x 13) e poderão ser os primeiros campeões do mundo não-invictos da história. Até hoje, todas as seleções campeãs venceram todos os seus jogos.

A Inglaterra chega à final como a número 1 do Ranking Mundial e com leve favoritismo, uma vez que produziu umas das maiores semifinais já vistas na história dos Mundiais. Além disso, o retrospecto mais recente é favorável aos ingleses, que venceram 3 dos últimos 5 confrontos contra os Springboks. Em 2018, os dois países duelaram nada menos que 4 vezes, com 2 vitórias para cada lado. A Inglaterra venceu o último confronto, em casa, por sofridos 12 x 11, em jogo célebre pelo tackle de ombro dado por Owen Farrell no fim do duelo.


Já a África do Sul venceu 2 jogos em casa em junho de 2018, mas perdeu o último para os ingleses. Naquelas três partidas, a África do Sul provou que estava renascendo, após momentos muito ruins nos anos anteriores.



Para a partida decisiva de sábado, Eddie Jones, técnico da Inglaterra, manteve o mesmo time que derrotou a Nova Zelândia por 19 x 07 na semifinal, com apenas o scrum-half Ben Spencer aparecendo de novidade no banco. Por sua vez, Rassie Erasmus, técnico da África do Sul, trocou apenas um nome da vitória por 19 x 16 sobre Gales: o ponta Cheslin Kolbe, recuperado de lesão, retorna ao time no lugar de Nkosi.

- Continua depois da publicidade -

O que esperar do embate?

A Inglaterra foi sublime até aqui, provando ser uma equipe completa. Os ingleses contam hoje com um dos melhores – senão o melhor – pack de forwards do mundo, móvel, forte nas formações fixas, no contato, e capaz de jogar com alta intensidade, em velocidade.  primeira linha inglesa de Mako Vunipola, Jamie George e Kyle Sinckler (talvez o melhor primeira linha de todo o Mundial) vem sendo uma atração à parte. A primeira linha sul-africana é forte fisicamente, mas precisará reduzir a velocidade do time inglês, pois poderá ter vantagem apenas no embate física, mas não na mobilidade, com Mtawarira, Mbonambi (escolhido ao invés de Marx) e Malherbe.

Na segunda linha, a história é a mesma. No embate física, os titânicos Etzebeth e De Jager podem levar vantagem para os Boks, sobretudo no maul, mas a Inglaterra é móvel, com Lawes e Itoje em forma exuberante. Ambos atuam com funções semelhante à terceira linha, oferecendo aos ingleses muita força no breakdown, com agilidade.

Já a terceira linha inglesa foi o grande destaque da semifinal, com Underhill, Curry e Billy Vunipola dando show. Trata-se de um trio móvel, de força física e agressividade, que oferecerá um imenso desafio aos Springboks. Porém, os verdes têm potência em Vermeulen e em Piet-Steph Du Toit, que buscarão reduzir a velocidade do breakdown inglês, em busca da dominação no setor. Kolisi, o capitão (que pode ser o primeiro capitão negro campeão do mundo), fecha a terceira linha sendo o atleta mais veloz, desempenhando função crucial na disputa com os ingleses – e na pressão que precisa impor sobre o scrum-half Ben Youngs.

A camisa é ponto onde a África do Sul pode levar vantagem. Youngs é experiente e fenomenal nos chutes táticos, mas Faf de Klerk estão elevando seu desempenho e é capaz de dominar o ritmo do jogo como poucos no mundo. Se conseguir fugir de Curry e Underhill, De Klerk será o homem central para a tática de Erasmus.

Na batalha dos aberturas, George Ford e Handré Pollard, a vantagem parece levemente pender para o lado sul-africano, com Pollard – mais forte fisicamente – genial no jogo de chutes. No entanto, Ford está em seu melhor momento e a escolha de Eddie Jones de repetir a escalação com Owen Farrell na camisa reflete como os ingleses pretendem trabalhar com dois homens criativos no meio do campo e criar possibilidade de abertura de bola e de chutes táticos para todos os lados. Já a África do Sul opta por um esquema mais ortodoxo, com um primeiro centro mais rompedor: Damian De Allende, que vive igualmente grande fase.

No fundo, Manu Tuilagi é pura potência como segundo centro – e mestre no offloads – sendo capaz de complicar demais a vida de Lukhanyo Am. Na pontas, a qualidade de Mapimpi e Kolbe é inquestionável, ambos em momentos brilhantes – e fazendo um Mundial até superior ao de May e Watson. Já a camisa 15 é da Inglaterra, com Elliot Daly – chutador exímio de longa distância – em momento muito superior ao de Willie Le Roux – que é, sem dúvida, no momento o ponto de fragilidade dos Springboks.

No banco, os sul-africanos novamente terão 6 forwards – entre eles o perigoso RG Snyman e o líder Malcolm Marx – e apenas 2 homens para a linha, com o scrum-half Herschel Jantjies e o polivalente François Steyn – que é o único remanescente do time campeão do mundo de 2007. A Inglaterra oferece nomes de grande qualidade no banco, como Kruis, entre os avançados, e Henry Slade, como mais uma peça criativa para a linha.

No saldo geral, capaz de responder perfeitamente à tática do oponente, a Inglaterra é mais versátil que a África do Sul. O elenco inglês está mais acostumado aos títulos, seja no rugby de clubes ou na seleção (campeã da Six Nations em 2016 e 2017). Já os Springboks não ganhavam nada havia muito tempo quando quebraram neste ano o jejum com o título do Rugby Championship. Porém, no Super Rugby seus times não vencem, e em momentos de decisão tais experiências podem fazer a diferença. Os Springboks têm plenas chances de título, mas precisarão encontrar a fórmula de como neutralizar os ingleses e tornar o jogo mais a seu gosto.

Apostas?
Sábado, dia 02 de novembro (horário de Brasília)

versus copiar

06h00 – Inglaterra x África do Sul, em Yokohama – ESPN AO VIVO

Árbitro: Jérôme Garcès (França)

Assistentes: Romain Poite (França) e Ben O’Keefe (Nova Zelândia) / TMO: Ben Skeen (Nova Zelândia)

Histórico: 42 jogos, 25 vitórias da África do Sul, 15 vitórias da Inglaterra e 2 empates. Último jogo: Inglaterra 12 x 11 África do Sul, em 2018 (amistoso);

Inglaterra: 15 Elliot Daly, 14 Anthony Watson, 13 Manu Tuilagi, 12 Owen Farrell (c), 11 Jonny May, 10 George Ford, 9 Ben Youngs, 8 Billy Vunipola, 7 Sam Underhill, 6 Tom Curry, 5 Courtney Lawes, 4 Maro Itoje, 3 Kyle Sinckler, 2 Jamie George, 1 Mako Vunipola;

Suplentes: 16 Luke Cowan-Dickie, 17 Joe Marler, 18 Dan Cole, 19 George Kruis, 20 Mark Wilson, 21 Ben Spencer, 22 Henry Slade, 23 Jonathan Joseph;

África do Sul: 15 Willie Le Roux, 14 Cheslin Kolbe, 13 Lukhanyo Am, 12 Damian de Allende, 11 Makazole Mapimpi, 10 Handré Pollard, 9 Faf de Klerk, 8 Duane Vermeulen, 7 Pieter-Steph du Toit, 6 Siya Kolisi (c), 5 Lood de Jager, 4 Eben Etzebeth, 3 Frans Malherbe, 2 Mbongeni Mbonambi, 1 Tendai Mtawarira;

Suplentes: 16 Malcolm Marx, 17 Steven Kitshoff, 18 Vincent Koch, 19 RG Snyman, 20 Franco Mostert, 21 François Louw, 22 Herschel Jantjies, 23 François Steyn;

 

Lista de campeões do mundo

AnoSedeFinalCampeãoVice campeão3º colocado4º colocado
1987Nova Zelândia e AustráliaNova Zelândia 29 x 9 FrançaNova ZelândiaFrançaGalesAustrália
1991Cinco NaçõesAustrália 12 x 6 InglaterraAustráliaInglaterraNova ZelândiaEscócia
1995África do SulÁfrica do Sul 15 x 12 Nova ZelândiaÁfrica do SulNova ZelândiaFrançaInglaterra
1999Cinco NaçõesAustrália 35 x 12 FrançaAustráliaFrançaÁfrica do SulNova Zelândia
2003AustráliaInglaterra 20 x 17 AustráliaInglaterraAustráliaNova ZelândiaFrança
2007FrançaÁfrica do Sul 15 x 6 InglaterraÁfrica do SulInglaterraArgentinaFrança
2011Nova ZelândiaNova Zelândia 8 x 7 FrançaNova ZelândiaFrançaAustráliaGales
2015InglaterraNova Zelândia 34 x 17 AustráliaNova ZelândiaAustráliaÁfrica do SulArgentina
2019JapãoÁfrica do Sul 32 x 12 InglaterraÁfrica do SulInglaterraNova ZelândiaGales
2023França-----
RankingTítulosVices3ºs lugares4ºs lugares5º a 8º lugares (Quartas de final)
Nova Zelândia31311
África do Sul30202
Austrália22113
Inglaterra13013
França03123
Gales00123
Argentina00112
Escócia00016
Irlanda00007
Fiji00002
Samoa00002
Japão00001
Canadá00001
[1] Em 1991 e 1999 a Copa do Mundo foi compartilhada pelas "Cinco Nações" europeias: França, Inglaterra, Gales, Escócia e Irlanda. A final de 1991 foi na Inglaterra e a final de 1999 em Gales;

[2] Entre 1987 e 1995 a Copa do Mundo teve 16 participantes. Desde 1999 são 20 participantes;

[3] A África do Sul não disputou o Mundiais de 1987 e 1991 por conta do boicote internacional ao regime de segregação racial do apartheid

 

Copa do Mundo de 2019

DiaHoraCidadeSeleção  X  SeleçãoGrupo/FaseÁrbitro CentralAssistente 1Assistente 2TMO
20/0907:45TóquioJAPÃO30X10RÚSSIAGrupo ANigel Owens (Gales)Nic Berry (Austrália)Matthew Carley (Inglaterra)Ben Skeen (Nova Zelândia)
21/0901:45SapporoAUSTRÁLIA39X21FIJIGrupo DBen O'Keefe (Nova Zelândia)Luke Pearce (Inglaterra)Andrew Brace (Irlanda)Rowan Kitt (Inglaterra)
21/0904:15TóquioFRANÇA23X21ARGENTINAGrupo CAngus Gardner (Austrália)Jaco Peyper (África do Sul)Brendon Pickerill (Nova Zelândia)Marius Jonker (África do Sul)
21/0906:45YokohamaNOVA ZELÂNDIA23X13ÁFRICA DO SULGrupo BJérôme Garcès (França)Romain Poite (França)Karl Dickson (Inglaterra)Graham Hughes (Inglaterra)
22/0902:15OsakaITÁLIA47X22NAMÍBIAGrupo BNic Berry (Austrália)Nigel Owens (Gales)Federico Anselmi (Argentina)Marius Jonker (África do Sul)
22/0904:45YokohamaIRLANDA27X03ESCÓCIAGrupo AWayne Barnes (Inglaterra)Pascal Gaüzère (França)Alexandre Ruiz (França)Graham Hughes (Inglaterra)
22/0907:15SapporoINGLATERRA35X03TONGAGrupo CPaul Williams (Nova Zelândia)Mathieu Raynal (França)Shuhei Kubo (Japão)Ben Skeen (Nova Zelândia)
23/0907:15Toyota (Nagoya)GALES43X14GEÓRGIAGrupo DLuke Pearce (Inglaterra)Ben O'Keefe (Nova Zelândia)Matthew Carley (Inglaterra)Rowan Kitt (Inglaterra)
24/0907:15Kumagaya (Saitama)RÚSSIA09X34SAMOAGrupo ARomain Poite (França)Jérôme Garcès (França)Brendon Pickerill (Nova Zelândia)Graham Hughes (Inglaterra)
25/0902:15KamaishiFIJI27X30URUGUAIGrupo DPascal Gaüzère (França)Angus Gardner (Austrália)Andrew Brace (Irlanda)Marius Jonker (África do Sul)
26/0904:45FukuokaITÁLIA48X07CANADÁGrupo BNigel Owens (Gales)Wayne Barnes (Inglaterra)Karl Dickson (Inglaterra)Rowan Kitt (Inglaterra)
26/0907:45KobeINGLATERRA45X07ESTADOS UNIDOSGrupo CNic Berry (Austrália)Paul Williams (Nova Zelândia)Federico Anselmi (Argentina)Ben Skeen (Nova Zelândia)
28/0901:45OsakaARGENTINA28X12TONGAGrupo CJaco Peyper (África do Sul)Ben O'Keefe (Nova Zelândia)Brendon Pickerill (Nova Zelândia)Rowan Kitt (Inglaterra)
28/0904:15ShizuokaJAPÃO19X12IRLANDAGrupo AAngus Gardner (Austrália)Jérôme Garcès (França)Matthew Carley (Inglaterra)Ben Skeen (Nova Zelândia)
28/0906:45Toyota (Nagoya)ÁFRICA DO SUL57X03NAMÍBIAGrupo BMathieu Raynal (França)Nic Berry (Austrália)Andrew Brace (Irlanda)Graham Hughes (Inglaterra)
29/0902:15Kumagaya (Saitama)GEÓRGIA33X07URUGUAIGrupo DWayne Barnes (Inglaterra)Paul Williams (Nova Zelândia)Alexandre Ruiz (França)Marius Jonker (África do Sul)
29/0904:45TóquioAUSTRÁLIA25X29GALESGrupo DRomain Poite (França)Luke Pearce (Inglaterra)Karl Dickson (Inglaterra)Ben Skeen (Nova Zelândia)
30/0907:15KobeESCÓCIA34X00SAMOAGrupo APascal Gaüzère (França)Nigel Owens (Gales)Federico Anselmi (Argentina)Graham Hughes (Inglaterra)
02/1004:45FukuokaFRANÇA33X09ESTADOS UNIDOSGrupo CBen O'Keefe (Nova Zelândia)Wayne Barnes (Inglaterra)Shuhei Kubo (Japão)Rowan Kitt (Inglaterra)
02/1007:15OitaNOVA ZELÂNDIA63X00CANADÁGrupo BRomain Poite (França)Pascal Gaüzère (França)Alexandre Ruiz (França)Marius Jonker (África do Sul)
03/1002:15OsakaGEÓRGIA10X45FIJIGrupo DPaul Williams (Nova Zelândia)Jaco Peyper (África do Sul)Matthew Carley (Inglaterra)Graham Hughes (Inglaterra)
03/1007:15KobeIRLANDA35X00RÚSSIAGrupo AJérôme Garcès (França)Mathieu Raynal (França)Brendon Pickerill (Nova Zelândia)Ben Skeen (Nova Zelândia)
04/1006:45ShizuokaÁFRICA DO SUL49X03ITÁLIAGrupo BWayne Barnes (Inglaterra)Romain Poite (França)Alexandre Ruiz (França)Rowan Kitt (Inglaterra)
05/1002:15OitaAUSTRÁLIA45X10URUGUAIGrupo DMathieu Raynal (França)Jérôme Garcès (França)Karl Dickson (Inglaterra)Ben Skeen (Nova Zelândia)
05/1005:00TóquioINGLATERRA39X10ARGENTINAGrupo CNigel Owens (Gales)Ben O'Keefe (Nova Zelândia)Andrew Brace (Irlanda)Marius Jonker (África do Sul)
05/1007:30Toyota (Nagoya)JAPÃO38X19SAMOAGrupo AJaco Peyper (África do Sul)Angus Gardner (Austrália)Federico Anselmi (Argentina)Graham Hughes (Inglaterra)
06/1001:45TóquioNOVA ZELÂNDIA71X09NAMÍBIAGrupo BPascal Gaüzère (França)Luke Pearce (Inglaterra)Shuhei Kubo (Japão)Rowan Kitt (Inglaterra)
06/1004:45KumamotoFRANÇA23X21TONGAGrupo CNic Berry (Austrália)Paul Williams (Nova Zelândia)Matthew Carley (Inglaterra)Ben Skeen (Nova Zelândia)
08/1007:15KobeÁFRICA DO SUL66X07CANADÁGrupo BLuke Pearce (Inglaterra)Angus Gardner (Austrália)Andrew Brace (Irlanda)Rowan Kitt (Inglaterra)
09/1001:45Kumagaya (Saitama)ARGENTINA42X17ESTADOS UNIDOSGrupo CPaul Williams (Nova Zelândia)Jaco Peyper (África do Sul)Brendon Pickerill (Nova Zelândia)Graham Hughes (Inglaterra)
09/1004:15ShizuokaESCÓCIA61X00RÚSSIAGrupo AMathieu Raynal (França)Wayne Barnes (Inglaterra)Federico Anselmi (Argentina)Marius Jonker (África do Sul)
09/1006:45OitaGALES29X17FIJIGrupo DJérôme Garcès (França)Romain Poite (França)Karl Dickson (Inglaterra)Ben Skeen (Nova Zelândia)
11/1007:15ShizuokaAUSTRÁLIA27X08GEÓRGIAGrupo DPascal Gaüzère (França)Jérôme Garcès (França)Shuhei Kubo (Japão)Marius Jonker (África do Sul)
12/10CANCELADO POR TUFÃOToyota (Nagoya)NOVA ZELÂNDIA00X00ITÁLIAGrupo BLuke Pearce (Inglaterra)Wayne Barnes (Inglaterra)Alexandre Ruiz (França)Graham Hughes (Inglaterra)
12/10CANCELADO POR TUFÃOYokohamaINGLATERRA00X00FRANÇAGrupo CJaco Peyper (África do Sul)Nigel Owens (Gales)Andrew Brace (Irlanda)Ben Skeen (Nova Zelândia)
12/1007:45FukuokaIRLANDA47X05SAMOAGrupo ANic Berry (Austrália)Romain Poite (França)Brendon Pickerill (Nova Zelândia)Rowan Kitt (Inglaterra)
13/10CANCELADO POR TUFÃOKamaishiNAMÍBIA00X00CANADÁGrupo BPaul Williams (Nova Zelândia)Pascal Gaüzère (França)Federico Anselmi (Argentina)Marius Jonker (África do Sul)
13/1002:45OsakaESTADOS UNIDOS19X31TONGAGrupo CNigel Owens (Gales)Jérôme Garcès (França)Shuhei Kubo (Japão)Graham Hughes (Inglaterra)
13/1005:15KumamotoGALES35X13URUGUAIGrupo DAngus Gardner (Austrália)Luke Pearce (Inglaterra)Karl Dickson (Inglaterra)Rowan Kitt (Inglaterra)
13/1007:45YokohamaJAPÃO28X21ESCÓCIAGrupo ABen O'Keefe (Nova Zelândia)Mathieu Raynal (França)Matthew Carley (Inglaterra)Ben Skeen (Nova Zelândia)
19/1004:15OitaINGLATERRA40X16AUSTRÁLIAQuartas de finalJérôme Garcès (França)Romain Poite (França)Mathieu Raynal (França)Ben Skeen (Nova Zelândia)
19/1007:15TóquioNOVA ZELÂNDIA46X14IRLANDAQuartas de finalNigel Owens (Gales)Pascal Gaüzère (França)Angus Gardner (Austrália)Graham Hughes (Inglaterra)
20/1004:15OitaGALES20X19FRANÇAQuartas de finalJaco Peyper (África do Sul)Nic Berry (Austrália)Paul Williams (Nova Zelândia)Marius Jonker (África do Sul)
20/1007:15TóquioJAPÃO03X26ÁFRICA DO SULQuartas de finalWayne Barnes (Inglaterra)Ben O'Keefe (Nova Zelândia)Luke Pearce (Inglaterra)Rowan Kitt (Inglaterra)
26/1005:00YokohamaINGLATERRA19X07NOVA ZELÂNDIASemifinalNigel Owens (Gales)Romain Poite (França)Pascal Gaüzère (França)Marius Jonker (África do Sul)
27/1006:00YokohamaGALES16X19ÁFRICA DO SULSemifinalJérôme Garcès (França)Wayne Barnes (Inglaterra)Ben O'Keefe (Nova Zelândia)Ben Skeen (Nova Zelândia)
01/1106:00TóquioNOVA ZELÂNDIA40X17GALES3º lugarWayne Barnes (Inglaterra)Jaco Peyper (África do Sul)Pascal Gaüzère (França)Marius Jonker (África do Sul)
02/1106:00YokohamaINGLATERRA12X32ÁFRICA DO SULFINALJérôme Garcès (França)Romain Poite (França)Ben O'Keefe (Nova Zelândia)Ben Skeen (Nova Zelândia)
Horários de Brasília