Foto: Lucas Sakai

A Confederação Brasileira de Rugby revelou ontem os novos uniformes das seleções brasileiras de rugby. A entidade fechou contrato com a empresa argentina de material esportivo FLASH, que já está no mercado do rugby no país vizinho.

O uniforme amarelo segue como o titular e o verde como reserva, mas ambos ganharam design em degradê, com verde no peito da camisa titular e amarelo no peito da reserva. A estreia das camisas ocorrerá no dia 5 de outubro pela seleção feminina, que jogará a primeira etapa da Série Mundial de Sevens nos Estados Unidos, e no dia 9 de novembro pela seleção masculina, que enfrentará Portugal. O jogo tão aguardado contra os Barbarians, no dia 20 de novembro, também será com o novo uniforme.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Novo uniforme de #Tupis e #Yaras @brasilrugby É da @flashsports.arg #culturaderugby #fanaticosporrugby

Uma publicação compartilhada por Portal Do Rugby (@portaldorugby) em

“A Flash é uma fornecedora especializada em materiais de rugby, produz os uniformes para alguns dos principais clubes da Argentina, então entendem perfeitamente as necessidades que nós temos. E eles abraçaram nossa parceria com muita energia, por isso assinamos um contrato de quatro anos com eles, que inclui a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e a Copa do Mundo de Rugby 2023, que é uma meta que temos. Tenho certeza que é o início de uma parceria duradoura”, afirma Agustin Danza, CEO da CBRu.

- Continua depois da publicidade -

“O uniforme que lançamos é um reforço do nosso vínculo com a identidade dos Tupis, que carrega os traços indígenas, e como a Flash é uma empresa especializada em rugby, traz tecnologia superior em tecido, que respira muito mais e gruda no corpo muito bem, e vai acrescentar aquele ‘1%’ de melhoria, que a medida que fazemos jogos mais difíceis, faz toda diferença e ajuda na definição de uma partida”, complementa Danza.

 

CBRu fecha patrocínio com a TIM

A empresa é a primeira do setor de telecomunicações a apoiar o rugby brasileiro, com um contrato válido até setembro de 2020. Os valores não foram revelados.

A marca da TIM já estará estampada nas costas do novo uniforme, que será lançado justamente nesta noite, em evento no Novotel Morumbi. “Para nós é uma honra contar com a TIM como patrocinadora da CBRu, pois trata-se de uma marca conhecida por ser inovadora e por apoiar o esporte. Esperamos que esse seja o início de um relacionamento de longo prazo e temos certeza que a TIM conseguirá aproveitar ao máximo o extenso cardápio de eventos de rugby que conseguimos oferecer ao longo do ano”, afirma Agustin Danza, CEO da CBRu. “Agradecemos a TIM pela confiança e ressaltamos que esse apoio será muito importante para o sucesso dos nossos grandes desafios, que são ter um grande resultado nos Jogos de Tóquio 2020 com a Seleção Feminina e buscar uma vaga na Copa do Mundo de Rugby 2023 com a Seleção Masculina”, complementa.

“O rugby tem valores muito alinhados ao que a TIM acredita. É um esporte que vem crescendo no Brasil, com mais de 5 milhões de fãs, segundo pesquisa recente, e esperamos nos aproximar desse público e reforçar nosso posicionamento de marca. Estamos felizes em apoiar também a equipe feminina, em linha com o nosso compromisso com a diversidade e inclusão”, destaca Ana Paula Castello Branco, diretora de Advertising e Management da TIM Brasil.

Foto: Lucas Sakai