Brasil medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos Toronto 2015. Expectativas semelhantes para Lima 2019. Foto: Gaspar Nobrega/inovafoto

Nesse domingo as seleções brasileiras de rugby sevens embarcarão para Lima, no Peru, onde disputarão os Jogos Pan-Americanos. A cerimônia de abertura do Pan será na sexta-feira, dia 26 de julho, e o sevens será jogado logo tanto no dia da abertura, 26, como no sábado, dia 27, e no domingo, dia 28.

A Seleção Feminina é a atual medalhista de bronze, tendo ficado com o terceiro lugar em Toronto 2015, quando a categoria debutou em Jogos Pan-Americanos. Já o rugby sevens masculino estreou uma edição antes, em Guadalajara 2011, e o Brasil esteve tanto em 2011 como em 2015, mas ainda busca sua primeira medalha.

Para o torneio feminino, o técnico Reuben Samuel manteve exatamente as mesmas 12 atletas do Pré Olímpico, seguindo com seu trabalho de mesclar jogadoras experientes com atletas mais jovens, mas enfatizando a nova geração. Das 12 jogadoras convocadas, apenas Izzy e Raquel foram medalhistas em 2015, sendo que o time tem nomes ascendentes como Mulan, Bianca, Leila e Rafa. Na fase de grupos, as Yaras encararão Canadá, México e Peru.

Já o time masculino conta com somente dois atletas que estiveram em Toronto 2015, quando a seleção ficou com o 7º lugar: os irmãos Moisés e Lucas “Tanque” Duque. Os dois, aliás, se tornarão os primeiros rugbiers brasileiros a jogaram três edições do Pan, pois também estiveram na campanha de Guadalajara 2011. O técnico Rodolfo Ambrosio também convocou para Lima 2019 exatamente o mesmo grupo que brilhou no Pré Olímpico com o vice campeonato, isto é, basicamente a linha da seleção de XV, recheada de nomes de peso, como os irmãos Sancery, Zé, Josh, Maranhão, entre outros. Mas também com espaço para um forward do XV, Buda.

- Continua depois da publicidade -

 

Yaras: Aline “Yu” Bednarski (SPAC), Aline Furtado (USP), Bianca dos Santos Silva (Leoas), Eshyllen “Esh” Coimbra (Guanabara), Isadora “Izzy” Cerullo (Niterói), Isadora Lopes (Melina), Leila Silva (Leoas), Mariana Nicolau (São José), Milena “Mille” Mariano (São José), Rafaela “Rafa” Zanellato (Curitiba), Raquel Kochhann (Charrua), Thalia “Mulan” Costa (Delta);

Tupis: André “Buda” Arruda (Desterro), Daniel Sancery (São José), Daniel “Maranhão” Lima (Poli), Felipe Sancery (São José), Josh Reeves (Utah Warriors, EUA), Laurent Bourda-Couhet (Band Saracens), Lorenzo Massari (Parabiago, Itália), Lucas “Tanque” Duque (São José), Lucas “Zé” Tranquez (Poli), Moisés Duque (São José), Robert Tenório (Poli), Stefano Giantorno (São José);