Lachlan Cunningham - World Rugby/World Rugby via Getty Images

Ainda estamos em 2018, mas a partir desse fim de semana as melhores seleções femininas do mundo já estarão pensando nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Dias 20 e 21 de outubro serão agitados pela 1ª etapa da temporada 2018-19 da Série Mundial de Sevens Feminina, com Denver, nos Estados Unidos, abrindo as disputas mais cedo do que o usual.

A temporada 2018-19 da Série Mundial de Sevens terá valor redobrado, pois as 4 melhores equipes do circuito garantirão classificação aos Jogos Olímpicos. Serão 11 seleções jogando por 4 vagas ao longo de 6 etapa, de outubro de 2018 a junho de 2019. As disputas prometem e terão transmissão ao vivo pela World Rugby TV.

Já Série Mundial de Sevens Masculina – que também valerá vagas em Tóquio – só começará em dezembro.

 

- Continua depois da publicidade -

Como funciona a Série Mundial de Sevens Feminina?

  • A Série Mundial Feminina é um circuito com 6 torneios, a serem disputados de outubro deste ano a junho do ano que vem;
  • Cada torneio conta com 12 seleções: 11 fixas e 1 convidada por etapa;
  • Em cada torneio, as equipes são divididas em 3 grupos com 4 times cada e avançam às quartas de final os 2 primeiros de cada grupo e os 2 melhores 3ºs colocados. Os times que não avançarem às quartas jogam o Challenge Trophy (as disputas pelo 9º lugar);
  • As 11 seleções fixas são: Austrália (atual campeã), Nova Zelândia, Fiji, China, Rússia, França, Inglaterra, Irlanda, Espanha, Estados Unidos e Canadá;
  • Das 11 seleções fixas, as 4 primeiras ao final da temporada garantirão vaga nos Jogos Olímpicos de 2020, enquanto a última colocada será rebaixada;
  • A 2ª divisão mundial será disputa em um torneio em Hong Kong em abril, com 12 times (incluindo 2 sul-americanos), e o campeã será promovido para a temporada 2019-20;
  • O sistema de pontuação por etapa da Série Mundial de Sevens é a seguinte:
    • 1º lugar = 20 pontos / 2º = 18 / 3º = 16 / 4º = 14 / 5º = 12 / 6º = 10 / 7º = 8 / 8º = 6 / 9º = 4 / 10º = 3 / 11º = 2 / 12º = 1;
  • O Brasil não é equipe fixa neste ano e poderá participar como convidado em maio da etapa do Canadá, que terá vaga para um time sul-americano, a ser definido em novembro;

 

Quem são as favoritas da temporada?

  • Mais uma vez, Austrália (atual campeã da Série Mundial) e Nova Zelândia (campeã da Copa do Mundo de Sevens de 2018) são as grandes favoritas ao título e às vagas em Tóquio 2020;
  • A briga por terceiro e quarta lugares será totalmente imprevisível. O Canadá se acostumou a ser a terceira potência, mas ganhou concorrência forte da França na temporada passada;
  • Estados Unidos, Rússia e Inglaterra sempre entram no circuito pensando alto e brigarão diretamente com canadenses e francesas;
  • Irlanda e Fiji correrão por fora, ao passo que a realidade de Espanha e da incógnita China, ao que tudo indica, deverá ser de luta apenas contra o rebaixamento;

 

O que esperar do torneio de Denver?

  • O torneio de Denver será disputado em Glendale, cidade da região metropolitana, no Infinity Park, com capacidade para 5 mil torcedores;
  • O Grupo A terá a Austrália como ampla favorita, enquanto Rússia e Espanha terão chance clara de irem às quartas de final, uma vez que o grupo tem ainda o México, time convidado que está bem abaixo do restante do torneio. Todas têm a obrigação de vitórias largas;
  • A Nova Zelândia é a favorita do Grupo B e o time a ser batido no momento após o título incontestável da Copa do Mundo. Os EUA aparecem como a segunda força, uma vez que atuam em casa e chegaram às semis em casa na Copa do Mundo em julho passado;
  • A Inglaterra é dúvida no Grupo B, pois tem histórico de protagonismo, mas o elenco é jovem e a última temporada foi fraca. Já a China é a incógnita, recém promovida à elite mundial. Na Copa do Mundo, as chinesas não impressionaram;
  • No Grupo C, França e Canadá prometem uma batalha intensa e reveladora sobre a real condição de cada uma para o circuito. Fiji e Irlanda correm por fora;

 

HSBC Womens Sevens Series 2018-19 – Série Mundial de Sevens Feminina – 1ª etapa, em Denver, Estados Unidos

Grupo A: Austrália, Rússia, Espanha e México

Grupo B: Nova Zelândia, Estados Unidos, Inglaterra e China

Grupo C: França, Canadá, Irlanda e Fiji

 

Sábado, dia 20 de outubro

Das 13h30 às 21h15, hora de Brasília

Canadá x Fiji

França x Irlanda

Estados Unidos x Inglaterra

Nova Zelândia x China

Rússia x Espanha

Austrália x México

 

Canadá x Irlanda

França x Fiji

Estados Unidos x China

Nova Zelândia x Inglaterra

Rússia x México

Austrália x Espanha

 

Fiji x Irlanda

França x Canadá

Inglaterra x China

Nova Zelândia x Estados Unidos

Espanha x México

Austrália x Rússia

 

Domingo, dia 21 de outubro

Das 13h30 às 21h00, hora de Brasília

Finais

 

Série Mundial de Sevens Feminina 2018-19

Etapa 1 – Glendale (Denver), Estados Unidos – dias 20 e 21 de outubro de 2018

Etapa 2 – Dubai, Emirados Árabes Unidos – dias 29 e 30 de novembro de 2018

Etapa 3 – Sydney, Austrália – dias 1º a 03 de fevereiro de 2019

2ª divisão – Hong Kong, Hong Kong (China) – dias 05 a 07 de abril de 2019

Etapa 4 – cidade a definir, Japão – dias 20 e 21 de abril de 2019

Etapa 5 – Langford (Victoria), Canadá – dias 11 e 12 de maio de 2019

Etapa 6 – Paris, França – dias 31 de maio a 3 de junho de 2019

 

Lista de campeões da Série Mundial de Sevens Feminina

TemporadaNúmero de torneiosCampeão
2012-134Nova Zelândia
2013-145Nova Zelândia
2014-156Nova Zelândia
2015-165Austrália
2016-176Nova Zelândia
2017-185Austrália
2018-196-
RankingTítulos
Nova Zelândia4
Austrália2