O World Rugby ajustou hoje a Lei 4.6, com implementação imediata. Agora, o árbitro central precisa necessariamente rever com o árbitro de vídeo (TMO) qualquer lance que haja a possibilidade de um cartão vermelho, ambos devendo utilizar o protocolo do World Rugby para tackles altos.

Tal protocolo não foi ainda traduzido ao português.

Durante a Copa do Mundo, câmeras com operação “hawkeye”, isto é, com vista aérea, serão utilizadas e estarão disponível à arbitragem.

- Continua depois da publicidade -