A World Rugby lançou uma grande atualização em seu programa de prevenção de lesões antes do início da Copa do Mundo para desenvolver a consciência em torno do assunto e acelerar seu uso de maneira global.

Em parceira com a Universidade de Bath – que já foi responsável por estudos com relação à prevenções de lesões durante os scrums – e União de Rugby da Inglaterra (RFU), demonstrou que o programa pode reduzir as lesões de tecido macio em até 40% e de concussões em até 60%, se frequentemente utilizadas.

O objetivo é reduzir o risco de lesões ao encorajar os treinadores e jogadores aos hábitos dos exercícios de ativação em suas sessões de treinos e antes dos jogos. Os exercícios possuem 4 variantes dependendo do nível e foram produzidos para serem acessíveis para incrementar a amplitude de movimentos, ativação, força e potencia musculares. Há também diversos exercícios para fortalecimento do pescoço, principalmente para gerar estabilidade e reduzir o efeito de chicote durante uma colisão que pode gerar uma concussão.

O programa pode ser acessado CLICANDO AQUI 

- Continua depois da publicidade -

A World Rugby também encoraja aos praticantes e treinadores acessarem o PLAYER WELFARE onde é possível baixar gratuitamente as diretrizes para prevenção de lesões e bem estar do atleta.