O World Rugby lança diretriz para as leis de jogo e suporte a materiais educacionais para facilitar a interpretação de tackles altos e sanções.

Para reduzir o risco de concussão, a “estrutura de tomada de decisões para tackles altos” foi desenvolvida em parceria com participantes do simpósio de jogadores na França no mês passado e inclui jogador, técnico entrada oficial e médico.

O material desenvolvido tem por objetivo melhorar a coerência na aplicação de sanções em campo, distinguindo entre dispositivos perigosos que justificam uma penalização, cartão amarelo ou cartão vermelho.

Pesquisas demonstram que 76% das concussões ocorrem no tackle, com 72% delas para o tackleador, e que o risco de lesão na cabeça é 4,2 vezes maior quando os tackleadores estão em pé. A estrutura visa mudar o comportamento do jogador nessa área através da promoção de técnicas mais seguras e baseia-se no edital de janeiro de 2017 sobre a sanção mais severa às investidas altas.

- Continua depois da publicidade -

Todas as competições do World Rugby e partidas internacionais irão adotar o guia de aplicação da lei, com efeito imediato, juntamente com qualquer competição que ainda não tenha sido iniciada. As competições atualmente em andamento podem ser implementadas imediatamente ou no início da próxima temporada da competição.

O material pode ser acessado por aqui