Foto: World Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – Com transmissões ao vivo do Watch ESPN, a etapa da Nova Zelândia do Circuito Mundial de Sevens Feminino (World Rugby Sevens Series) começou com a seleção brasileira mostrando qualidade contra a Austrália, potência do circuito.

As Yaras foram derrotadas por 24 x 14, mas deram muito trabalho às campeãs olímpicas e mostraram que o mês e meio de trabalhos em solo neozelandês foram produtivos. Thalia “Mulan” abriu a partida com lindo try correndo 90 metros, após offload de Mari Nicolau, e levantando a torcida neozelandesa. A resposta da Austrália veio ainda no primeiro tempo com 2 tries da sempre artilheira Emilee Cherry, que voltou ao circuito após ser mãe, abrindo 10 x 07 antes do intervalo. Tonegato e Green, sempre com muita potência, cravaram outros 2 tries para as australianas, mas o Brasil ainda brilhou com bela bola aberta para Rafa disparar e marcar o segundo try das Yaras. Vitória da Austrália, mas com dificuldade.


No outro duelo do grupo do Brasil, os Estados Unidos derrotaram a Rússia por 19 x 12, sugerindo a dificuldade da chave. França e Canadá tiveram mais facilidade no Grupo C contra Espanha e Irlanda, respectivamente, mas no Grupo A Fiji venceu a Inglaterra, mantendo as inglesas na má fase, e a Nova Zelândia se impôs sobre a China, mas teve trabalho no primeiro tempo contra a seleção convidada, que mostrou muita evolução em seu retorno a um torneio do circuito.

- Continua depois da publicidade -

World Rugby Sevens Series – Circuito Mundial de Sevens – 4ª etapa Feminina – em Hamilton, na Nova Zelândia

Grupo A: Nova Zelândia, Fiji, Inglaterra e China

Grupo B: Austrália, Estados Unidos, Rússia e Brasil

Grupo C: Canadá, França, Espanha e Irlanda

 

Yaras: Aline “Yu” Bednarski (SPAC), Beatriz “Baby” Futuro (Niterói), Bianca Silva (Leoas), Cláudia Teles (Niterói), Haline Scatrut (Melina),Isadora “Izzy” Cerullo (Niterói), Isadora Lopes (Melina), Leila Silva (Leoas), Luiza Campos (Charrua), Mariana Nicolau (São José), Rafaela Zanellato (Curitiba), Raquel Kochhann (Charrua), Thalia “Mulan” Costa (Delta);

 

*Horários de Brasilia

Sexta-feira, dia 24 de janeiro / Sábado, dia 25 de janeiro

17h30 – França 31 x 07 Espanha

17h52 – Canadá 24 x 07 Irlanda

18h14 – Estados Unidos 19 x 12 Rússia

18h36 – Austrália 24 x 14 Brasil

18h58 – Fiji 26 x 19 Inglaterra

19h20 – Nova Zelândia 40 x 07 China

 

23h08 – França x Irlanda

23h30 – Canadá x Espanha

23h52 – Estados Unidos x Brasil

00h14 – Austrália x Rússia

00h36 – Fiji x China

00h58 – Nova Zelândia x Inglaterra

 

Sábado, dia 25 de janeiro / Domingo, dia 26 de janeiro

16h45 – Espanha x Irlanda

17h07 – Canadá x França

17h29 – Rússia x Brasil

17h51 – Austrália x Estados Unidos

18h13 – Inglaterra x China

18h35 – Nova Zelândia x Fiji

 

22h08 – Disputa de 11o lugar

22h30 – Disputa de 9o lugar

22h52 – Disputa de 7o lugar

23h14 – Disputa de 5o lugar

23h36 – Semifinal – 1o Grupo B x 1o Grupo C

23h58 – Semifinal – 1o Grupo A x Melhor 2o colocado

03h37 – Disputa de 3o lugar

04h26 – FINAL