Foto: Stuart Walmsley/Rugby Australia

Tempo de leitura: 3 minutos

ARTIGO COM VÍDEO – A Nova Zelândia é campeã do Tri Nations! 16º título dos All Blacks na competição do Hemisfério Sul em 24 anos – e ele veio sem os neozelandeses estarem em campo. O jogo que definiu o título foi em Sydney, na Austrália, com Austrália e Argentina empatando pela segunda vez seguida, 16 x 16. Ambos precisavam vencer por larga margem, mas acabaram igualados. O resultado foi melhor para os Pumas, que pela primeira vez na história foram vice campeões. Porém, com o asterisco da ausência da África do Sul neste ano.

O Western Sydney Stadium viveu noite de muita chuva, que acabou por impor um jogo físico de poucos espaços. Os Wallabies tiveram o controle territorial da partida toda, terminando o duelo com 79% de território e 70% de posse de bola, mas pararam na defesa argentina, na indisciplina e em seus erros na hora de definir as jogadas dentro das 22 de ataque.

O jogo começou com Reece Hodge e Nicolás Sánchez trocando penais, antes que o abertura argentino tivesse que ser substituído. A Argentina foi a primeira a pagar o preço do excesso no contato, com Kremer recebendo amarelo por tackle alto. A Austrália, no entanto, não soube aproveitar a superioridade e teve Michael Hooper, aos 28′, também recebendo amarelo por contato com a cabeça na hora do tackle.

Os Pumas sim souberam capitalizar sobre a vantagem numérica. Primeiro, Miotti converteu penal para os argentinos e, depois, após maul brilhantemente conduzido por Montoya, o scrum-half Ezcurra disparou, pegando desarmada a defesa australiana, e serviu Delguy para o primeiro try do duelo. Antes da pausa, Hodge ainda descontou para a Austrália com penal: 13 x 06.

- Continua depois da publicidade -

O segundo tempo largou com Hodge reduzindo de novo com penal para os anfitriões, mas o revés veio aos 60′, com Salakaia-Loto recebendo cartão vermelho por tackle alto na cabeça. Miotti puniu os aussies com novo penal e a vitória parecia sorrir para os Pumas.

Contudo, a Argentina também foi reduzida a 14 homens com Paulos recebendo amarelo aos 66′, impedindo que os Pumas de fato tirassem proveito do vermelho na reta final do jogo. Assim, a Austrália finalmente conquistou seu try, aos 67′, com Michael Hooper no pick and go, após longa pressão física dos Wallabies na linha do in-goal.

A última chance de vencer o jogo foi dos donos da casa, que tiveram o penal da vitória aos 79′, mas Hodge não foi feliz no arremate e o empate foi decretado: 16 x 16, colocando fim à temporada do Hemisfério Sul.

 

16versus copiar16

Austrália 16 x 16 Argentina, em Sydney

Árbitro: Angus Gardner (Austrália)

Austrália

Try: Hooper

Conversão: Hodge (1)

Penais: Hodge (3)

15 Reece Hodge, 14 Tom Wright, 13 Jordan Petaia, 12 Hunter Paisami, 11 Marika Koroibete, 10 James O’Connor, 9 Nic White, 8 Harry Wilson, 7 Michael Hooper (c), 6 Ned Hanigan, 5 Matt Philip, 4 Rob Simmons, 3 Allan Alaalatoa, 2 Brandon Paenga-Amosa, 1 Scott Sio;

Suplentes: 16 Folau Fainga’a, 17 Angus Bell, 18 Taniela Tupou, 19 Lukhan Salakaia-Loto, 20 Rob Valetini, 21 Jake Gordon, 22 Irae Simone, 23 Tom Banks;

Argentina

Try: Delguy

Conversão: Miotti (1)

Penais: Miotti (2) e Sánchez (1)

15 Santiago Carreras, 14 Bautista Delguy, 13 Matías Orlando, 12 Jerónimo de la Fuente (c), 11 Emiliano Boffelli, 10 Nicolás Sánchez, 9 Felipe Ezcurra, 8 Rodrigo Bruni, 7 Facundo Isa, 6 Santiago Grondona, 5 Marcos Kremer, 4 Matías Alemanno, 3 Francisco Gómez Kodela, 2 Julián Montoya, 1 Nahuel Tetaz Chaparro;

Suplentes: 16 José Luis González, 17 Mayco Vivas, 18 Juan Pablo Zeiss, 19 Lucas Paulos, 20 Francisco Gorrissen, 21 Gonzalo Bertanou, 22 Domingo Miotti, 23 Santiago Chocobares;

 

Classificação final

 PaísApelidoJogosPontos
Nova ZelândiaAll Blacks411
ArgentinaLos Pumas48
AustráliaWallabies48

 

Lista de campeões do Tri Nations/Rugby Championship

PaísNúmero de títulosVices3ºs4ºs
Nova Zelândia16530
Austrália41370
África do Sul46121
Argentina0117
1996 - 2011 - Tri Nations Series (Nova Zelândia, Austrália e África do Sul);

2012 - hoje - The Rugby Championship (Nova Zelândia, Austrália, África do Sul e Argentina);