Foto: Thelma Vidale

Tempo de leitura: 1 minuto

Entre os dias 4 e 8 de março, a Seleção Brasileira de Rugby em Cadeira de Rodas disputará em Vancouver, no Canadá, o último torneio qualificatório para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

São 2 vagas em disputa, com 8 seleções participantes. O Brasil (9º colocado do Ranking Mundial) caiu no Grupo A com a França (6ª do mundo), Colômbia (12ª) e Tailândia (21ª). No Grupo B estão o favorito Canadá (5º do mundo), Suécia (8ª), Alemanha (11ª) e Suíça (15ª). A única vez que o Brasil esteve nos Jogos Paralímpicos foi no Rio 2016, como anfitrião.

O Rugby em Cadeira de Rodas é disputado como modalidade mista (homens e mulheres juntos) e terá 8 seleções nos Jogos Paralímpicos, já estando classificados Japão, Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Grã Bretanha e Dinamarca.

- Continua depois da publicidade -

 

Rugby em Cadeira de Rodas nos Jogos Paralímpicos

Ano Sede Ouro Prata Bronze
1996AtlantaEstados UnidosCanadáNova Zelândia
2000SydneyEstados UnidosAustráliaNova Zelândia
2004AtenasNova ZelândiaCanadáEstados Unidos
2008BeijingEstados UnidosAustráliaCanadá
2012LondresAustráliaCanadáEstados Unidos
2016Rio de JaneiroAustráliaEstados UnidosJapão
2020Tóquio---
2024Paris---

 

Você conhece o Rugby em Cadeira de Rodas?

  • Modalidade paralímpica do rugby, jogada em quadras de 28m x 15m
  • 4 jogadores de cada lado, misto: homens e mulheres jogam juntos!
  • 4 tempos de 8 minutos;
  • Objetivo: o atleta com a bola deve entrar com bola na “linha de gol”, área ao final da quadra;
    • Vale 1 ponto;
  • O jogador pode carregar a bola, passá-la ou quicá-la e cada time tem 40 segundos para executar a jogada
  • O Rugby em Cadeira de Rodas é jogado no Brasil desde 2005, com 13 clubes hoje ativos;