Foto: SLAR

Tempo de leitura: 4 minutos

ARTIGO COM VÍDEO – Ninguém fez um primeiro tempo tão bom contra os Jaguares, mas ninguém sofreu tantos pontos do time argentino até aqui como o Olimpia. O time paraguaio foi a campo em Santiago com 5 titulares paraguaios e 10 argentinos e fez um primeiro tempo notável de derrota parcial por apenas 21 x 13. No entanto, um cartão vermelho no começo do segundo tempo acabou com as chances do Olimpia, que viu os Jaguares atropelarem e selarem vitória por 77 x 13. Com o resultado, o time argentino liderada invicto e com 100% de aproveitamento a SLAR.

O Olimpia, do técnico argentino Raúl Pérez (ex head coach dos Jaguares, entre 2016 e 2017), fez a melhor estratégia contra os Jaguares no primeiro tempo, levando o time argentino aos penais e mostrando poderosa defesa. Quem abriu o placar foi justamente o Olimpia, que fez o primeiro try com o pilar paraguaio Quinteros, finalizando como primeiro recebedor após maul.

- Continua depois da publicidade -

O clube de Assunção conseguiu manter os Jaguares longe de suas 22 de defesa e abriu 10 x 00 com penal certeiro de Ledesma. No entanto, a resistência durou até os 29′, quando saiu o primeiro try argentino, em jogada na ponta com Martin Cancelliere. O Olimpia acusou o golpe e não conseguiu segurar mais os argentinos na reta final, com mais dois tries saindo para os Jaguares, com Daireaux, após Ezcurra bater penal rápido, e Bavaro, após bela corrida de Martín Cancelliere, o nome do jogo. Antes da pausa, Ledesma chutou penal para levar o jogo em 21 x 13.

O segundo tempo começou com o quarto try argentino, do hooker Vaca. Logo na sequência, a expulsão de Gandini comprometeu de vez as pretensões do Olimpia. Os Jaguares marcaram o quinto try com González Samso, aos 51′, após scrum, e a porta se abriu.

Ao todo, nos 30 minutos finais, os argentinos marcaram mais 6 tries. Primeiro com Ezcurra, depois com Martin Cancelliere mais duas vezes (hat-trick), Albornoz, Bernasconi e Cubilla. Albornoz foi perfeito com 11 conversões certeiras. 77 x 13.

No próximo domingo, os Jaguares XV defendem a liderança diante do Peñarol, ao passo que o Olimpia defende o quarto lugar contra os Cafeteros.

 

77versus copiar13

🇦🇷Jaguares XV 77 x 13 Olimpia🇵🇾, em Santiago🇨🇱

Árbitro: Felipe Balbontín🇨🇱 / Assistentes: Esteban Filipanics🇦🇷 e Rodrigo Puelma🇨🇱 / TMO: Ignacio Calle🇨🇱

Jaguares XV

Tries: M Cancelliere (3), Daireaux, Bavaro, Vaca, González Samso, Ezcurra, Albornoz, Bernasconi e Cubilla

Conversões: Albornoz (11)

15 Juan Bautista Dalreaux🇦🇷, 14 Sebastián Cancelliere🇦🇷, 13 Tomás Cubilla🇦🇷, 12 Santiago Chocobares🇦🇷, 11 Martín Cancelliere🇦🇷, 10 Tomás Albornoz🇦🇷, 9 Felipe Ezcurra🇦🇷 (c), 8 Joaquín Oviedo🇦🇷, 7 Juan Martín González Samso🇦🇷, 6 Lautaro Bavaro🇦🇷, 5 Rodrigo Fernández🇦🇷, 4 Franco Molina🇦🇷, 3 Joel Sclavi🇦🇷, 2 Martín Vaca🇦🇷, 1 Francisco Minervino🇦🇷;

Suplentes: 16 Bautista Bernasconi🇦🇷, 17 Federico Wegrzyn🇦🇷, 18 Luciano Torres🇦🇷, 19 Tomás Bernasconi🇦🇷 20 Francisco Gorrissen🇦🇷, 21 Rafael Iriarte🇦🇷, 22 Teo Castiglioni🇦🇷, 23 Juan Pablo Castro🇦🇷;

Olimpia

Try: Quinteros

Conversão: Ledesma (1)

Penais: Ledesma (2)

15 Francisco Diez🇦🇷, 14 Leopoldo Herrera🇦🇷, 13 Diego Argaña🇵🇾, 12 Franco Bullentini🇦🇷, 11 Juan Daniel González🇵🇾, 10 Máximo Ledesma🇦🇷, 9 Joaquín Pellandini🇦🇷, 8 Marcos Riquelme🇵🇾, 7 Lucas Santa Cruz🇦🇷, 6 Matías Gómez Vara🇦🇷, 5 Mauro Rebussone🇦🇷, 4 Mariano Garcete Ellí🇵🇾, 3 Luís Quinteros🇵🇾, 2 Axel Zapata🇦🇷 (c), 1 Javier Díaz🇦🇷;

Suplentes: 16 Mariano Muntaner🇦🇷, 17 Daniel Cabral🇵🇾, 18 Lucas Favre🇦🇷, 19 Carlos Plate🇵🇾, 20 Ignacio Gandini🇦🇷, 21 Renato Cardona🇵🇾, 22 Sebastián Urbieta🇵🇾, 23 Martín Bogado🇦🇷;

 EquipePaísPtsJVED4+7-PPPCSP
Jaguares XVArgentina4088008048993396
PeñarolUruguai31870130244141103
SelknamChile218404322342295
OlimpiaParaguai18840420173254-81
CobrasBrasil6810711111298-187
CafeterosColômbia4800822120356-236
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

- 4 primeiros colocados avançarão às semifinais;