Foto: SLAR / Gaspafotos

Tempo de leitura: 2 minutos

No segundo jogo da 6ª rodada da SLAR – a liga profissional sul-americana – os Jaguares, da Argentina, venceram os Cafeteros, da Colômbia, por 26 x 17, em jogo realizado no Uruguai. Os Jaguares são os atuais campeões e arrancaram uma preciosa vitória bonificada, mas não convenceram, indo ao intervalo em desvantagem de 10 x 07. Os Cafeteros, recheados de argentinos no elenco, provaram, apesar da derrota, que podem mesmo brigar por vaga nas semifinais até o fim.

O time colombiano abriu 10 x 00 no primeiro tempo. O primeiro try saiu com o scrum-half Eliseo Morales, aos 8′, em linda arrancada após linha quebrada, seguido de drop goal preciso de Hernández. A situação dos campeões se deteriorou com amarelo contra Bernstein. Porém, logo os Cafeteros também foram reduzidos a 14 jogadores com amarelo a Hernández. Antes da pausa, Santiago Ruiz devolveu os Jaguares ao jogo com o primeiro try do time laranja, em maul.

Na segunda etapa, os Jaguares controlaram as ações e logo no comecinho Bogado furou a defesa, após assistência de Iriarte, para o try da virada argentina. Morales desperdiçou penal do lado colombiano e os Cafeteros logo lamentaram o terceiro try argentino, com Tomás Cubilla.

O momento decisivo veio aos 69′ com o segundo try de Bogado, que acabou com o sonho de reação colombiana. Ceballos ainda fez um último try para os Cafeteros, aproveitando amarelo de Bildosola, alimentando a esperança do bônus, que acabou não vindo. Os Jaguares não foram brilhantes, mas fizeram o necessário: 26 x 17, placar final.

- Continua depois da publicidade -

 

26versus copiar17

🇦🇷Jaguares 26 x 17 Cafeteros🇨🇴, em Montevidéu🇺🇾

Árbitro: 🇦🇷Nehuen Jauri Rivero / Assistentes: 🇦🇷Gonzalo De Achaval e 🇧🇷Cauã Ricardo / TMO: 🇺🇾Francisco Pesce;

🇦🇷Jaguares

Tries: Bogado (2), S Ruiz, Bogado e Cubilla

Conversões: Mare (2)

15 🇦🇷Gerónimo Prisciantelli, 14 🇦🇷Iñaki Delguy, 13 🇦🇷Tomás Cubilla (c), 12 🇦🇷Juan Pablo Castro, 11 🇦🇷Martín Bogado, 10 Santiago Mare, 9 🇦🇷Rafael Iriarte, 8 🇦🇷Santiago Ruiz, 7 🇦🇷Manuel Bernstein, 6 🇦🇷Pedro Rubiolo, 5 🇦🇷Rodrigo Fernández Criado, 4 🇦🇷Lucio Anconetani, 3 🇦🇷Lautaro Castro, 2 🇦🇷Ignacio Ruiz, 1 🇦🇷Mayco Vivas;

Suplentes: 16 🇦🇷Andrea Panzarini, 17 🇦🇷Santiago Pulella, 18 🇦🇷 Martin Villar, 19 🇦🇷Aitor Bildosola, 20 🇦🇷Juan Bautista Pedemonte, 21 🇦🇷Joaquín Pellandini, 22 🇦🇷Agustín Segura, 23 🇦🇷Ramiro D’Agostino;

🇨🇴Cafeteros

Tries: Morales e Ceballos

Conversão: Morales (2)

Drop goal: Hernández (1)

15 🇦🇷Franco Giudice (c), 14 🇨🇴Andrés Álvarez, 13 🇦🇷Valentín Fernández, 12 🇦🇷Manuel Alfaro, 11 🇨🇴Alain Altahona, 10 🇦🇷Julián Hernández, 9 🇦🇷Eliseo Morales, 8 🇦🇷Felipe Puertas, 7 🇨🇴Diver Ceballos, 6 🇦🇷José Ignacio Gálvez, 5 🇦🇷Eliseo Fourcade, 4 🇦🇷Gregorio Hernández, 3 🇦🇷Tomás Bertot, 2 🇦🇷Alvaro Llaver, 1 🇦🇷Javier Corvalán;

Suplentes: 16 🇦🇷Boris Wenger, 17 🇨🇴Diego Posada, 18 🇦🇷Brian González, 19 🇦🇷Federico Lavanini, 20 🇦🇷Joaquin Sánchez, 21 🇦🇷Juan Bautista Mernes, 🇦🇷Marcos Amorisa, 23 🇨🇴Juan Agudelo;

 

EquipePaísPtsJVED4+-7PPPCSP
PeñarolUruguai401080262307122149
SelknamChile371080241299150142
Jaguares XVArgentina311060461342200185
CafeterosColômbia201040622168295-127
OlimpiaParaguai151030712202286-84
CobrasBrasil61010911145380-235
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

- 4 primeiros colocados avançarão às semifinais;