Foto: ©INPHO/Laszlo Geczo

Tempo de leitura: 3 minutos

Sábado é dia do melhor do rugby XV europeu com a rodada final e decisiva do Women’s Six Nations ao vivo no Star+. França e Inglaterra, as duas grandes potências da categorias, ambas invictas aqui aqui, duelam em solo francês pelo título, naquele que promete ser um Le Crunch épico.

A última vitória francesa foi em 2018, com as inglesas acumulando 9 vitórias seguidas desde então – e quase todas por um try ou menos de diferença, o que garante emoção ao espetáculo. Ainda mais com as Bleues jogando em casa.

A favorita Inglaterra chega ao duelo com números superiores e elenco estrelado. A centro Emily Scarratt lidera o time com currículo monumental de uma das maiores da história do esporte, tendo a seu lado as artilheiras Lydia Thompson e Jess Breach e nomes da maior qualidade técnica como a abertura Zoe Harrison e a fullback Helena Rowland. Porém, é no pack onde a Inglaterra parece imbatível, com Zoe Aldcroft e Abbie Ward na segunda linha e Marlie Packer e Poppy Cleall na terceira linha entre os grandes nomes da competição.

- Continua depois da publicidade -

A França tem antídotos. No pack, para tentar igualar a batalha com as Red Roses, as Bleues contam com as experientes Romane Ménager e Gaëlle Hermet na terceira linha e com a fortaleza chamada Madoussou Fall na segunda linha. Porém, o nome que promete virar o jogo a favor das franceses é a brilhante scrum-half Laure Sansus, talvez a melhor do mundo na posição no momento. Na ponta, Caroline Boujard é outro nome para se prestar atenção, sempre decisiva.

 

versus copiar

30/04 – 10h15 (Brasília) – 🇫🇷França x Inglaterra🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿, em Bayonne🇫🇷Star+

Histórico: 51 jogos, 37 vitórias da 🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿Inglaterra e 14 vitórias da 🇫🇷França. Último jogo: 🇫🇷França 15 x 17 Inglaterra🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿, em 2021 (amistoso);

🇫🇷França: 15 Chloé Jacquet, 14 Caroline Boujard, 13 Maëlle Filopon, 12 Gabrielle Vernier, 11 Marine Ménager, 10 Caroline Drouin, 9 Laure Sansus, 8 Romane Ménager, 7 Gaëlle Hermet (c), 6 Céline Ferer, 5 Audrey Forlani, 4 Madoussou Fall, 3 Clara Joyeux, 2 Agathe Sochat, 1 Annaëlle Deshaye;

Suplentes: 16 Laure Touye, 17 Coco Lindelauf, 18 Yllana Brosseau, 19 Julie Annery, 20 Emeline Gros, 21 Alexandra Chambon, 22 Jessy Tremoulière, 23 Émilie Boulard;

🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿Inglaterra: 15 Helena Rowland, 14 Lydia Thompson, 13 Emily Scarratt (c), 12 Holly Aitchison, 11 Jess Breach, 10 Zoe Harrison, 9 Leanne Infante, 8 Poppy Cleall, 7 Marlie Packer, 6 Alex Matthews, 5 Abbie Ward, 4 Zoe Aldcroft, 3 Sarah Bern, 2 Lark Davies, 1 Vickii Cornborough;

Suplentes: 16 Amy Cokayne, 17 Hannah Botterman, 18 Maud Muir, 19 Rosie Galligan, 20 Sarah Beckett, 21 Sadia Kabeya, 22 Natasha Hunt, 23 Ellie Kildunne;

 

Histórico:

 PaísNúmero de títulos Número de Grand Slams**Número de Tríplices Coroas***Número de Colheres de Pau****Número de participações
Inglaterra181521027
França65-024
Irlanda212527
Escócia111827
Gales001827
Itália00-316
Espanha*00-27
* A Espanha participou do torneio de 1996 a 2002, mas não participa mais

** Grand Slam = Quando uma equipe vence todas as partidas do torneio

*** Tríplice Coroa (Triple Crown) = Quando Inglaterra, Escócia, Gales ou Irlanda derrotam todos as demais nações dos Ilhas Britânicas. França e Itália não disputam a Tríplice Coroa;

**** Colher de Pau = Quando uma seleção perde todas as partidas na competição.