Por dentro da Copa: Leicester, cidade de campeões

População: 508.000

Estádio: Leicester City Stadium

Capacidade: 32.300

Principais times de rugby: Leicester Tigers (Premiership)

Jogos na Copa do Mundo:

04/10 – Argentina x Tonga;

06/10 – Canadá x Romênia;

11/10 – Argentina x Namíbia.

 

Se o rugby inglês tem um bicho-papão, esse clube é o Leicester Tigers. Dono da maior média de público da Inglaterra e casa de um dos mais populares times do país, capaz de agregar pessoas de todas as origens sociais, o Leicester Tigers é um genuíno gigante da Inglaterra. Maior campeão da Premiership, com dez conquistas, bicampeão europeu e cinco vezes campeão da Copa da Inglaterra (Copa Anglo-Galesa), o clube fundado em 1880 coleciona também vitórias sobre grandes seleções do mundo, como o triunfo recente sobre os Springboks em 2009, além de ser um dos quatro únicos clubes que jamais foram rebaixados da Premiership. Em 2013, o Leicester Tigers chegou ao incrível feito de alcançar onze finais consecutivas do campeonato nacional, com a sequência sendo quebrada no ano seguinte.

 

Fundada em épocas de domínio romano, Leicester é um importante centro regional, sendo a segunda maior cidade da região das East Midlands e décima primeira maior região metropolitana do Reino Unido, com mais de 500 mil habitantes. Dona de rico patrimônio arquitetônico, Leicester é famosa no campo da cultura, sobretudo por conta da qualidade de suas universidades, que se notabilizaram por estudos justamente na área do esporte. Por conta do sucesso de suas equipes de rugby, críquete e, em menor escala, futebol, Leicester chegou a receber o apelido de capital esportiva do Reino Unido.

 

O estádio escolhido para receber os jogos da Copa do Mundo é o moderno Leicester City Stadium, construído em 2002, casa do Leicester City, clube local de futebol. Porém, a cidade já tem história na Copa do Mundo de Rugby com o estádio de Welford Road, casa do Leicester Tigers, que recebeu duas partidas no Mundial de 1991 (Nova Zelândia 31 x 21 Itália e Itália 25 x 28 Tonga).

 

Para saber mais sobre as demais sedes da Copa do Mundo, clique aqui.

Comentários