Foto: Bruno Ruas

O Japão fez seu último jogo antes antes da Copa do Mundo e o resultado foi doloroso diante de sua torcida na cidade de Kumagaya, Grande Tóquio. O jogo foi contra a África do Sul, sendo apenas o segundo jogo na história entre os dois times – e o primeiro desde a histórica vitória japonesa na Copa do Mundo de 2015. Porém, os Springboks de hoje são focados e a vitória foi sul-africana sem sustos: 41 x 07.

Os Brave Blossoms tiveram superioridade na posse de bola e domínio territorial durante todo o jogo, mostraram um scrum sólido, como esperado, mas cometerem erros em excesso com a bola em mãos e pararam em uma sólida e impassível defesa sul-africana.

Os Springboks souberam transformar seus momentos de ataque em pontos. O primeiro try saiu logo no começo com Cheslin Kolbe em linda finalização. E depois começou o show de Makazole Mapimpi, que correu para 2 tries antes do intervalo, aos 23′ e aos 31′, enquanto os japoneses eram neutralizados pelos verde e ouros. Pollard ainda chutou penal que abria 22 x 00 para os visitantes.

O Japão evoluiu no segundo tempo, mas seguiu errando no manuseio. Mapimpi não tardou a concluir seu hat-trick, com try aos 53′. O try de honra dos donos da casa saiu somente aos 61′, com Matsushima. Mas no fim do jogo a África do Sul ainda selou a vitória com mais 2 tries: com Kolbe, interceptando passe japonês, e Herschel Jantjies, já com o tempo esgotado.

- Continua depois da publicidade -

A estreia do Japão na Copa do Mundo em casa será no dia 20, contra a Rússia, na partida que abre o Mundial, ao passo que a África do Sul irá a campo no dia 21 contra a Nova Zelândia, num dos jogos mais aguardados da competição.

CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS DO JOGO

07versus copiar41

Japão 07 x 41 África do Sul, em Kumagaya

Árbitro: Nic Berry (Austrália)

Japão

Try: Kotaro

Conversões: Tamura (1)

15 Will Tupou, 14 Kotaro Matsushima, 13 Timothy Lafaele, 12 Ryoto Nakamura, 11 Kenki Fukuoka, 10 Yu Tamura, 9 Kaito Shigeno, 8 Amanaki Mafi, 7 Pieter Labushagne, 6 Michael Leitch (c), 5 Uwe Helu, 4 Luke Thompson, 3 Jiwon Koo, 2 Atsushi Sakate, 1 Keita Inagaki;

Suplentes: 16 Takuya Kitade, 17 Isileli Nakajima, 18 Asaeli Ai Valu, 19 James Moore, 20 Kazuki Tokunaga, 21 Yutaka Nagare, 22 Rikiya Matsuda, 23 Ataata Moeakiola;

África do Sul

Tries: Mapimpi (3), Kolbe (2) e H Jantjies

Conversões: Pollard (3) e Steyn (1)

Penais: Pollard (1)

15 Willie le Roux, 14 Cheslin Kolbe, 13 Lukhanyo Am, 12 Damian de Allende, 11 Makazole Mapimpi, 10 Handré Pollard, 9 Faf de Klerk, 8 Duane Vermeulen, 7 Pieter-Steph du Toit, 6 Siya Kolisi (c), 5 Franco Mostert, 4 Eben Etzebeth, 3 Frans Malherbe, 2 Malcolm Marx, 1 Steven Kitshoff;

Suplentes: 16 Bongi Mbonambi, 17 Tendai Mtawarira, 18 Trevor Nyakane, 19 RG Snyman, 20 Francois Louw, 21 Herschel Jantjies, 22 Frans Steyn, 23 Jesse Kriel;