A Copa do Mundo de 2019, mais de 1/3 dos jogos serão realizados na mesma região: Kanto, que engloba toda a área metropolitana de Tóquio, a capital do país (com mais de 30 milhões de habitantes), que inclui as prefeituras “províncias” de Chiba (no leste), Kanagawa (no sudoeste, onde fica a cidade de Yokohama) e Saitama (no norte, onde fica a Kumagaya) – sendo Tóquio, Yokohama e Kumagaya as três sedes de Kanto na Copa do Mundo de Rugby.

Saitama é uma grande região urbana a norte do centro de Tóquio. Trata-se de uma grande planície para onde a mancha urbana se estendeu ao longo do século XX, cobrindo uma das mais importantes planícies agrícolas da ilha de Honshu. A região ainda tem importância agrícola e é frequente nos subúrbios de Saitama a mistura de áreas urbanas com rurais – como ao redor do estádio de Kumagaya, uma das sedes do Mundial e casa do Panasonic Wild Knights, terceiro maior campeão da era moderna da Top League japonesa de rugby e um dos mais ricos do país.

Como não poderia deixar de ser, o esporte desempenha papel fundamental na identidade dos habitantes de Saitama, com a região sendo ainda casa de um dos mais populares times de futebol do país, o Urawa Red Diamonds, e do segundo maior campeão do beisebol japonês, o Saitama Seibu Lions.

 

- Continua depois da publicidade -

Agricultura, cobre, papel e doces

Durante sua existência, Saitama foi por séculos a grande região agrícola de Kanto, com as principais famílias nobres do Japão tendo terras na região, produzindo de acordo com um sistema análogo ao feudal. A região ainda foi por muito tempo famosa pela mineração de cobre e pela manufatura de papel, com o Hosokawa-Shi, papel feito a mão e considerado um dos mais duráveis no mundo, tendo sido recentemente reconhecido pela UNESCO como patrimônio da humanidade.

A pequena cidade suburbana de Kawagoe, em Saitama, é um dos grandes pontos turísticos de Saitama por seu famoso centro histórico, com edificações dos século XVII, XVIII e XIX, entra elas o famoso templo Shoden-zan Kangi-in Shoden-do. Kumagaya, por sua vez, é famoso Gokabo, famoso doce típico da cidade.

 

Kumagaya: nova capital do rugby na Grande Tóquio

A tradição do rugby em Kumagaya vem de sua longa história como uma das regiões onde o rugby escolar é mais forte. A cidade recebe anualmente um dos mais importantes festivais juvenis do país, na primavera. Já no rugby adulto, a força da região vem do velho time da Sanyo Eletric, fundado m 1960 para fomentar o rugby entre os funcionários da empresa de eletrônicos.

O rugby da Sanyo esteve baseado por anos a norte de Kumagaya, já fora de Saitama, na cidade de Ota, na prefeitura de Gunma, que é a região mais a norte de Kanto – e já fora dos limites da Grande Tóquio. O time da Sanyo começou a se destacar nos anos 70 e conquistou pela primeira vez o Campeonato Japonês de Empresas em 1995, após uma série incômoda de 7 vice campeonatos. Foi somente com a transformação da competição na atual Top League, a partir de 2004, que a equipe passou a ser uma potência vencedora, aproveitando o investimento que a Sanyo destinou a seu time. Os Wild Knights celebraram suas primeiras conquistas do All Japan Rugby Championship (a competição envolvendo os melhores da Top League e os melhores times universitários) em 2008 e 2011, mas ainda assim foram precisos mais 4 vices para finalmente, em 2013, os Wild Knights serem campeões da Top League – enfileirando três conquistas seguidas, com 2014 e 2015 também sendo conquistados pela equipe, para afastar os anos de jejum.

No entanto, os tricampeonato não foi mais sob o nome da Sanyo. Em 2009, a companhia foi comprada pela gigante Panasonic, que trocou em 2012 o nome da equipe para Panasonic Wild Knights (e também suas cores, de rubronegro para azul) e, de quebra, contratou o campeoníssimo técnico neozelandês Robbie Deans, campeão do Super Rugby com os Crusaders. Além de Deans, desembarcaram nos Wild Knights em 2012 o All Black popstar Sonny Bill Williams e em 2013 o australiano Berrick Barnes, que jogara os Mundiais de 2007 e 2011 com os Wallabies e permanece até hoje no time da Panasonic.

Os planos dos Wild Knights seguem ambiciosos e contrataram os craques Damian De Allende (Springboks), David Pocock (Wallabies) e Sam Whitelock (All Blacks) para a próxima temporada. A Panasonic chegou a postular um lugar no Super Rugby para seu time e agora, com a prefeitura de Saitama renovando o velho estádio de Kumagaya para se tornar uma moderna arena, os Wild Knights optaram por passarem seus jogos à região, desenvolvendo sua marca. Com a demolição do velho estádio Príncipe Chichibu, em Tóquio, Kumagaya se tornou o maior estádio específico para o rugby em Kanto.