Foto: ©INPHO/James Crombie

ARTIGO COM VÍDEO – Choveu e ventou muito em Edimburgo neste sábado, mas a Inglaterra saiu da capital escocesa com uma apertada vitória por 13 x 06 que a colocou de volta na briga pelo título do Six Nations, enquanto a Escócia conheceu sua segunda derrota em duas rodadas.

As condições do meteorológicas deixaram o jogo absolutamente fechado e com erros dos dois lados. O vento tirou de Owen Farrell o primeiro penal aos 9′, mas o centro inglês chutou com precisão em sua segunda chance, aos 11′, naqueles que foram os únicos pontos do primeiro tempo.

As chances rarearam para os dois lados, com a Inglaterra abusando do jogo de chutes para tentar levar a Escócia aos erros. Os escoceses, de fato, entregaram um amontoado de 21 turnovers, contra apenas 7 do lado inglês (ao longo do jogo todo), mas mesmo assim a Rosa não foi capaz de alargar o placar. Aos 39′, Ford ainda arriscou um drop goal sem sucesso para a Inglaterra.

O segundo tempo começou com Adam Hastings igualando o placar com penal para a Escócia aos 46′ e o placar se arrastou inalterado até a reta final. Aos 65′, Farrell não teve sucesso em novo penal e, aos 68′, finalmente a tática de jogar pressão com chutes sobre os donos da casa vingou para os ingleses, com Hogg cometendo erro de recepção que só não resultou em try porque o fullback escocês anulou no in-goal com a barriga (algo permitido pela regra).

- Continua depois da publicidade -

Porém, após o erro de Hogg, a Inglaterra soube capitalizar com o scrum e na saída da formação Ellis Genge atropelou para o único try da partida. Momento decisivo aos 69′.

A Escócia sentiu o golpe e, aos 77′, Farrell não desperdiçou chance preciosa de penal. No entanto, o torcedor que foi a Murrayfield ao menos viu seu time sair de campo com um bônus defensivo pelo último penal arrematado por Hastings. Fim de papo: Escócia 06 x 13 Inglaterra. Não foi um jogo bonito, mas a Rosa celebrou a conquista da Calcutta Cup, que deixou as mãos escocesas após dois anos.

Não haverá rodada no próximo fim de semana. O Six Nations voltam no dia 22 de fevereiro com a Escócia visitando a Itália. A Inglaterra joga no dia 23 em casa com a Irlanda.

06versus copiar13

Escócia 06 x 13 Inglaterra, em Edimburgo – Calcutta Cup

Árbitro: Pascal Gaüzère (França)

Escócia

Penais: Hastings (2)

15 Stuart Hogg (c), 14 Sean Maitland, 13 Huw Jones, 12 Sam Johnson, 11 Blair Kinghorn, 10 Adam Hastings, 9 Ali Price, 8 Magnus Bradbury, 7 Hamish Watson, 6 Jamie Ritchie, 5 Jonny Gray, 4 Scott Cummings, 3 Zander Fagerson, 2 Fraser Brown, 1 Rory Sutherland;

Suplentes: 16 Stuart McInally, 17 Allan Dell, 18 Simon Berghan, 19 Ben Toolis, 20 Nick Haining, 21 George Horne, 22 Rory Hutchinson, 23 Chris Harris;

Inglaterra

Try: Genge

Conversão: Farrell (1)

Penais: Farrell (2)

15 George Furbank, 14 Jonny May, 13 Jonathan Joseph, 12 Owen Farrell (c), 11 Elliot Daly, 10 George Ford, 9 Willi Heinz, 8 Tom Curry, 7 Sam Underhill, 6 Lewis Ludlam, 5 George Kruis, 4 Maro Itoje, 3 Kyle Sinckler, 2 Jamie George, 1 Mako Vunipola;

Suplentes: 16 Tom Dunn, 17 Ellis Genge, 18 Will Stuart, 19 Joe Launchbury, 20 Courtney Lawes, 21 Ben Earl, 22 Ben Youngs, 23 Ollie Devoto;

 

 SeleçãoJogosPontos
França313
Inglaterra39
Irlanda39
Gales36
Escócia36
Itália30
- Grand Slam = 3 pontos;
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;