Foto: Laís Girotto/Rugby São Carlos

A rodada do final de semana definiu os primeiros semifinalistas do Campeonato Paulista Série B de 2019! Com 2 jogos para o fim da fase de classificação, Engenharia Mackenzie e São Carlos garantiram seus lugares para a tentar conquistar do título e a vaga para à elite estadual. As outras duas vagas serão disputadas por nada menos que seis times que estão bem próximos no meio da tabela, botando fogo nos jogos restantes!

 

Engenharia garante a vaga e mando de jogo na semi

Os engenheiros do Mackenzie foram até Jaguariúna enfrentar o lanterna do torneio, o Jaguars, que ainda está por vencer e se mantém com perigosos 4 pontos na tabela. Apesar da disparidade na situação de ambos, o começo do jogo foi duro, surpreendendo os visitantes. A intensidade imposta pelo time da casa segurou o líder da série B, que não conseguia finalizar as jogadas. Somente após 15 minutos de jogo que os primeiros pontos foram marcados pelo segundo centro Josué Bennati, tanto try quanto a conversão, acrescentando mais pontos para se firmar na vice-artilharia geral. A equipe de Jaguariúna continuou a manter a pressão na defesa, aproveitando o nervosismo do Engenharia que não conseguia encaixar o jogo. Somente oróximo do fim do primeiro tempo que os visitantes encontraram na terceira linha, com os asas George Perez e Felippe Buratto o caminho para o ingoal e finalizar na frente com 21×0.

- Continua depois da publicidade -

Após o intervalo, porém, a equipe da capital parece ter aproveitado a pausa para acalmar os ânimos e fazer os ajustes necessários para conseguir jogar o rugby que os coloca em primeiro lugar no campeonato de forma invicta. Logo no início, aos 2′, o primeiro centro e destaque da segunda etapa Guilherme Higutsi, inicia a saraivada de 6 tries convertidos que os engenheiros iriam impor em cima do Jaguars, que não conseguiu manter a intensidade da primeira etapa, para garantir uma vitória por 63×05, o sexto ponto bônus em sete jogos – chegando à 34 pontos – e a vaga para as semis e mando de jogo nas semis de forma antecipada.

 

São Carlos se garante em casa e volta a sonhar com a elite

O outro classificado foi o São Carlos, após vitória contra o Lechuza em casa, com mais um show de Luis Cameirão. O primeiro tempo foi duro para as equipes, em momento de defesas inspiradas e ataques sem conseguirem finalizar suas posses de bola, o começo do jogo foi truncado entre os forwards e nas disputas de rucks. Até que aos 14′, Pedro Coutinho pelo Lechuza crava o primeiro try do jogo, mas que bastou apenas 5 minutos para que o pack de forwards de São Carlos, liderados pelo try do oitavo Jean Ferrarini, passasse a ter o controle da partida e armasse condições para que o primeiro centro Glauco Anelli pudesse aumentar a vantagem aos 23′, três minutos após. Somente no final do primeiro tempo, Bruno Barros do Lechuza conseguiu vencer a defesa de São Carlos para colocar os visitantes em uma diferença de apenas 1 ponto, com o placar de 15×14 para os donos da casa.

No segundo tempo, e como vem acontecendo nas últimas três partidas do São Carlos, foi o momento do artilheiro aparecer em mais um desempenho brilhante de Luis Cameirão, o primeiro a romper a marca centenária de pontos marcados nesta Série B. Foram 12 pontos, a partir dos 2′, variando entre try, conversão e penal, em um início avassalador do São Carlos no segundo tempo, que dominou as ações até o final do jogo, negando a reação do Lechuza que não conseguiu produzir nenhum ponto a mais. São Carlos encerrou a partida com uma sólida vitória por 32×14, com o último try sendo marcado pelo ponta Pedro Vincenzi e se torna o segundo time a se classificar para as semis com 31 pontos.

 

Tucanos vence a segunda e briga pela classificação

Em São João da Boa Vista, Tucanos e Rio Branco se enfrentaram em busca das vagas restantes para as semis, mas que ambos terão que de vencer seus futuros jogos para ainda ter a chance. Podendo estar mais próximo da classificação, o Rio Branco tropeçou fora de casa e adiou a confirmação para a semi após a brilhante vitória do Tucanos por 23×05. O jogo no primeiro tempo foi igualmente aos jogos anteriores bem disputado, com os times entrosados para pressionar a posse de bola e impedir as finalizações do adversário. O primeiro try do jogo foi marcado pelo ponta Carlos Martins, após boa infiltração, respondido somente no final por um try também na ponta por André da Silva, após bom set piece do Rio Branco, para finalizar o primeiro tempo em 5×5.

No segundo tempo, o Tucanos começou com tudo, com o try do oitavo e capitão Diego Goes. Com a partida bem truncada, mas com situação mais favorável ao time da casa, Diego Souza optou por um raro drop goal para aumentar a vantagem no placar, não uma, mas duas vezes, aos 32′ e aos 36′, minando as esperanças do Rio Branco de alguma reação para virar o jogo. Com a vitória, Tucanos vai a 14 pontos ainda com esperanças de conseguir uma vaga e o Rio Branco se mantém na terceira colocação com 21 pontos.

 

Urutu se aproxima do G4 e complica São Bento

Na Arena Paulista, Urutu conseguiu manter a boa fase e superar o São Bento por 43×26, na tarde de sábado. Em um primeiro tempo amplamente dominado pelo time da zona oeste, o Urutu começou com tudo logo de cara e sua linha conseguiu com bons set pieces e infiltrações pelo meio para aplicar dois tries, marcados pelos centros Renato Leis e Fernando “Jaca” Pereira. Próximo do final do primeiro tempo, o asa Tiago Pedroso ampliou para fechar a vantagem na etapa inicial por 22×0.

No segundo tempo, o São Bento passou a reagir após o try do Urutu marcado pelo ponta e tryman do torneio, Jadson dos Santos. A reação veio após as substituições que deram a energia necessária para encaixar a força que os forwards precisavam, aproveitando momento que o Urutu havia diminuído o ritmo de jogo, com os tries de Larry Erthal, Marcio Santana e Pedro Neto. A reação fez com que o Urutu acordasse e voltasse ao jogo e mostraram que os forwards sacudiram a poeira e mostraram que ainda tinham fôlego para produzir mais dois tries, com o asa Caio Cunha e o oitavo Gustavo Massaini deixando suas marcas para finalizar o jogo em 43×26.

Separados por apenas um ponto, Piratas e ABC fazem confronto isolado da próxima semana, crucial para as pretensões de ambos na disputa pelas semis.

 

Campeonato Paulista Série B – Semana 14

Dia 03/08/2019 às 15h00 – São Carlos 32 x 14 Lechuza
Árbitro: João Pantano
Auxiliares: Gabriel Perri, Luis Bergamasco; Marcela Coffacci
Local: Água Vermelha – São Carlos, SP

 

Dia 03/08/2019 às 15h00 – Tucanos 23 x 05 Rio Branco
Árbitro: Victor Hugo Barboza
Auxiliares: Fernando Zemann, Luciano Sampaio ; Karol Fusco
Local: CSU Durval – São João da Boa Vista, SP

 

Dia 03/08/2019 às 17h00 – Urutu 43 x 26 São Bento
Árbitro: Renato Scalérico
Auxiliares: Murilo Bragotto, Guilherme de Queiroz ; Isabela Bijotti
Local: Arena Paulista – CERET – São Paulo, SP

 

Dia 04/08/2019 às 10h00 – Jaguars 05 x 63 Engenharia Mackenzie
Árbitro: Rafael Nichioka
Auxiliares: João Pantano, Guilherme Zaparoli; Guilherme Wadt
Local: Campo do Padre – Jaguariúna, SP

 

Classificação

 ClubeCidadePJVED4+7-PPPCSP
Engenharia MackenzieSão Paulo39880070332116216
São CarlosSão Carlos3177003019663133
Rio BrancoSão Paulo2685034222216260
PiratasAmericana2284045126619868
TucanosSão João da Boa Vista2284043322015169
UrutuSão Paulo218404412162160
ABCSanto André15730430171237-66
LechuzaSorocaba/Votorantim11720530176235-59
São BentoSão BentoSão Paulo7710630147333-186
JaguarsJaguariúna5800832155387-232
Vitória = 4 pontos
Empate = 2 pontos
Derrota = 0 pontos
Marcar 4 ou mais tries no jogo = 1 ponto
Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto

1º ao 4º colocados = Semifinais
9º colocado = Repescagem de Rebaixamento contra o vice do Paulista C
10º colocado = Rebaixamento direto