Dupont foi um dos grandes nomes do duelo. Foto: ©INPHO/Billy Stickland

ARTIGO COM VÍDEO – Neste domingo, a França recebeu em Paris e a Itália e conquistou esperada vitória bonificada por 35 x 22 que lhe assegurou a liderança do Six Nations (pelo saldo de pontos) e manteve os italianos na lanterna.

Os Bleus, no entanto, viram a Itália fazer jogo consistente, com os Azzurri tendo mais posse de bola ao final do jogo e equilibrando os números de corridas, tackles certos e penais cedidos. A principal diferença estatística acabaram sendo os turnovers, que favoreceram os franceses largamente, mostrando a qualidade do breakdown liderado por Ollivon e Alldritt.

A França começou com tudo, abrindo o placar com penal aos 3′. E logo aos 7′ o abertura Ntamack desferiu chute para o in-goal para Teddy Thomas cravar o primeiro try da partida.

Aos 15′, Ntamack desperdiçou penal (em um dia ruim seu nos chutes aos postes), mas os Bleus seguiram um ritmo forte e, aos 18′, o capitão Ollivon marcou o segundo try em pick and go no ruck, após linda jogada do scrum-half brilhante Dupont, que criou o espaço na defesa visitante.

- Continua depois da publicidade -

Aos 24′, no entanto, a Itália respondeu com linha de passes perfeita que teve Tommaso Allan servindo Minozzi para o try. Allan ainda chutou penal logo na sequência, fazendo os Azzurri encostarem no placar.

Entretanto, a França logo voltou a controlar as ações. Aosa 32′, Ntamack converteu penal e, aos 39′, Dupont deu outro passe magistral para Alldritt aparecer na ponta a marcar o terceiro try francês, 23 x 10.

Depois de fechar o primeiro tempo com mais território e volume de jogo, a França viu a Itália reverter o quadro no segundo tempo. O equilíbrio do duelo foi rompido aos 59′ com Ntamack furando a defesa italiana para marcar o precioso try do bônus. No entanto, a Itália conseguiu exercer pressão e foi recompensada aos 65′ com try no pick and go de Zani.

Somente no fim, com as substituições se efetivando, a França soube imprimir um ritmo mais forte novamente e conseguiu novo try, para garantir um saldo bom, aos 74′, com o scrum-half Baptiste Serin criando uma obra prima ao conduzir com os pés e cravar no in-goal.

No fim, a Itália ainda teve um último brilho com Bellini correndo na ponta para o terceiro try – insuficiente para dar bônus aos italianos. Fim de jogo, 35 x 22.

A França ainda celebrou a manutenção da posse do Troféu Giuseppe Garibaldi, a taça anual entre os dois países. No próximo fim de semana não haverá Six Nations e a Itália só voltará a campo no dia 22 deste mês em casa contra a Escócia. Já a França visitará no mesmo dia Gales, em jogo crucial pela luta pelo título.

35versus copiar22

França 35 x 22 Itália, em Paris – Troféu Giuseppe Garibaldi

Árbitro: Andrew Brace (Irlanda)

França

Tries: Thomas, Ollivon, Alldritt, Ntamack e Serin

Conversões: Ntamack (1) e Jalibert (1)

Penais: Ntamack (2)

15 Anthony Bouthier, 14 Teddy Thomas, 13 Arthur Vincent, 12 Gael Fickou, 11 Vincent Rattez, 10 Romain Ntamack, 9 Antoine Dupont, 8 Grégory Alldritt, 7 Charles Ollivon (c), 6 François Cros, 5 Paul Willemse, 4 Bernard Le Roux, 3 Mohamed Haouas, 2 Julien Marchand, 1 Cyril Baille;

Suplentes: 16 Peato Mauvaka, 17 Jefferson Poirot, 18 Demba Bamba, 19 Romain Taofifenua, 20 Boris Palu, 21 Cameron Woki, 22 Baptiste Serin, 23 Matthieu Jalibert;

Itália

Tries: Minozzi, Zani e Bellini

Conversões: Allan (2)

Penais: Allan (1)

15 Jayden Hayward, 14 Mattia Bellini, 13 Luca Morisi, 12 Carlo Canna, 11 Matteo Minozzi, 10 Tommaso Allan, 9 Callum Braley, 8 Abraham Steyn, 7 Sebastian Negri, 6 Jake Polledri, 5 Dean Budd, 4 Niccolò Cannone, 3 Giosuè Zilocchi, 2 Luca Bigi (c), 1 Andrea Lovotti;

Suplentes: 16 Federico Zani, 17 Danilo Fischetti, 18 Marco Riccioni, 19 Jimmy Tuivati, 20 Federico Ruzza, 21 Giovanni Licata, 22 Guglielmo Palazzani, 23 Giulio Bisegni;

 

 SeleçãoJogosPontos
França313
Inglaterra39
Irlanda39
Gales36
Escócia36
Itália30
- Grand Slam = 3 pontos;
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;