Foto: Federazione Italiana de Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – Nesta sexta-feira a Inglaterra fez seu último amistoso pré Copa do Mundo ao encarar a Itália em um raro jogo em casa dos ingleses fora de Londres. A Inglaterra optou por jogar no norte do país, em Newcastle, e presenteou seu torcedor com uma vitória sólida por 37 x 00.

A Inglaterra rodou seu elenco mais uma vez, mas a Rosa contou com Owen Farrell na camisa 10 e o abertura fez os únicos 9 pontos do primeiro tempo, marcado por um jogo duro dos italianos, que tiveram mais posse de bola e território, mas foram incapazes de criar espaços na defesa anfitriã. Os Azzurri acabaram pecando pelos penais, mas tiveram o que celebrar nos primeiros 40 minutos, pelo bom trabalho defensivo.

Já na segunda etapa tudo mudou, com os ingleses revertendo a posse de bola e território a seu favor até que Ben Youngs mergulhou na base do ruck para o primeiro try do duelo, aos 44′.

- Continua depois da publicidade -

A Inglaterra aproveitou o momento e aos 52′ Youngs criou o espaço para Marchant disparar pela linha e cravar o segundo e decisivo try para a Rosa. A Itália não teve mais reação.


Aos 67′, o maul inglês foi fulminante e Ellis Genge cravou o terceiro try (seu primeiro em test matches). E aos 73′, já cansada, a defesa italiana abriu espaço para Anthony Watson correr para o último try da partida.

A Inglaterra estreará na Copa do Mundo no dia 22 contra Tonga, ao passo que a Itália jogará no mesmo dia com a Namíbia.

 

37versus copiar00

Inglaterra 37 x 00 Itália, em Newcastle

Árbitro: Ben O’Keefe (Nova Zelândia)

Inglaterra

Tries: Young, Marchant, Genge e Watson

Conversões: Farrell (4)

Penais: Farrell (3)

15 Anthony Watson, 14 Ruaridh McConnochie, 13 Joe Marchant, 12 Piers Francis, 11 Jonny May, 10 Owen Farrell (c) 9 Ben Youngs, 8 Billy Vunipola, 7 Mark Wilson, 6 Tom Curry, 5 Courtney Lawes, 4 Joe Launchbury, 3 Dan Cole, 2 Jamie George, 1 Joe Marler;

Suplentes: 16 Luke Cowan-Dickie, 17 Ellis Genge, 18 Kyle Sinckler, 19 Charlie Ewels, 20 Matt Kvesic, 21 Willi Heinz, 22 George Ford, 23 Joe Cokanasiga;

Itália

15 Jayden Hayward, 14 Mattia Bellini, 13 Giulio Bisegni, 12 Tommaso Benvenuti, 11 Edoardo Padovani, 10 Carlo Canna, 9 Callum Braley, 8 Jimmy Tuivaiti, 7 Abraham Steyn, 6 Sebastian Negri, 5 Dean Budd (c), 4 David Sisi, 3 Simone Ferrari, 2 Oliviero Fabiani, 1 Nicola Quaglio;

Suplentes: 16 Federico Zani, 17 Andrea Lovotti, 18 Marco Riccioni, 19 Federico Ruzza, 20 Alessandro Zanni, 21 Maxime Mbanda, 22 Guglielmo Palazzani, 23 Tommaso Allan;