Japão venceu o Uruguai em um jogaço. Foto: Fotojump/World Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – O World Rugby U20s Trophy, o Troféu Mundial M20 (a 2ª divisão mundial), teve o arranque de sua segunda rodada em São José dos Campos com duas chuvas de tries. Primeiro, Tonga atropelou Hong Kong por 64 x 12 e, na sequência, Japão e Uruguai protagonizaram um jogaço encerrado em 46 x 31 para os Baby Blossoms, que se aproximaram da grande final do torneio.

 

Baby Blossoms com um pé na final

- Continua depois da publicidade -

Japão e Uruguai fizeram um jogo memorável no Estádio Martins Pereira, que terminou com os japoneses vencendo os rivais diretos por 46 x 31. O jogo começou com os Teritos pressionando, rejeitando dois chutes de penalidade para por a bola pela lateral e tentar o try cedo. E ele saiu, com Aguiar finalizando após o maul. 7 x 0.

Mas os japoneses responderam rápido, com Hamada finalizando após bela jogada de Yamaguchi. O Uruguai já havia se safado de try japonês com tackle salvador, mas dessa vez não deu. Os Teritos ainda foram reduzidos a 14 homens por amarelo e os japoneses não perdoaram, virando o marcador com try do scrum-half Tamura, encontrando o espaço após scrum. E os espaços abertos só beneficiaram os asiáticos, com Vailea correndo ainda para mais 2 tries, o primeiro em maul e o segundo em outra jogadaça de Yamaguchi. 26 x 07. Mas antes da pausa os uruguaios responderam, optando por chutarem penal para a lateral, para Aguiar finalizar o maul. 26 x 14.

Na segunda etapa, o Japão começou matador, com Fukui recebendo após fase a 5 metros. E o próprio Fukui guardou mais um na sequência, com o Uruguai começando com dificuldades na defesa. Mas os Teritos ainda tinham fôlego e emplacaram sua reação, com Amaya correndo para novo try e Sonneveld, pouco tempo, finalizando maul para o bônus celeste. Mas os japoneses souberam lidar com a reação sul-americana, mantiveram a posse de bola no ataque e arrancaram dois preciosos penais para Fukuyama converter e esfriar o momento uruguaio. No fim, o Uruguai ainda aproveitou um amarelo do lado japonês para reduzir de novo com maul finalizado por Pussi, mas não havia tempo para mais. Vitória nipônica de gala: 46 x 31.

 

46versus copiar31

Japão 46 x 31 Uruguai

Árbitro: Federico Vedovelli (Itália) / Assistentes: Damian Schneider (Argentina) e Cauã Ricardo (Brasil)

Japão

Tries: Fukui (2), Vailea (2), Harada e Tamura

Conversões: Fukuyama (5)

Penais: Fukuyama (2)

15 Ryosuke Kawase, 14 Yuichiro Wada, 13 Tomoki Osada, 12 Taihei Kusaka, 11 Futo Yamaguchi, 10 Ryuto Fukuyama, 9 Kaisei Tamura, 8 Takamasa Maruo, 7 Shota Fukui (c), 6 Halatoa Vailea, 5 Ryusei Koike, 4 Ougi Yamamoto, 3 Sho Maeda, 2 Mamoru Harada, 1 Yota Kamimori;

Suplentes: 16 Daiki Nishiyama, 17 Gun Tajima, 18 Shohei Tsujimura, 19 Terutaka Oka, 20 Kohki Matsumoto, 21 Akito Okui, 22 Hayato Fukunishi, 23 Ryota Tomoike, 24 Takumi Aoki, 25 Moeki Fukushi, 26 Keita Inayoshi;

Uruguai

Tries: Aguiar (2), Amaya, Sonneveld e Piussi

Conversões: D’Avanzo (3)

15 José Iruleguy, 14 Juanpi Costabile, 13 Felipe Arcos Perez, 12 Alfonso Costa, 11 Balta Amaya, 10 Mati D’Avanzo, 9 Piojo Cat, 8 Juanma Aguiar, 7 Pipe Lombardo, 6 Maxime Sonneveld, 5 Felipe Aliaga, 4 Juanjuan Garese (c), 3 Fausto Etchegorry, 2 Juanchi Rippe, 1 Ezequiel Ramos;

Suplentes: 16 Charlie Gruss, 17 Jorge Bonasso, 18 Chona Péculo, 19 Reinaldo Piussi, 20 Santi Nicolich, 21 Charly Deus, 22 Cote Slinger, 23 Santi Del Cerro, 24 Nacho Rodriguez, 25 Pollo Pollio, 26 Manu Barreiro;

 

Tonga atropela Hong Kong

O primeiro jogo da segunda rodada do Troféu Mundial M20 foi entre Tonga e Hong Kong. O Sipi Tau tonganês entoou a abertura da jornada e o primeiro tempo foi apertado, com Hong Kong fazendo Tonga suar muito. Tsoi abriu o placar com try para os asiáticos, mas logo Tonga virou o marcador com dois tries seguidos do fullback Tafolo, na base do contra-ataque em velocidade. No contato, Hong Kong ainda era capaz de se igualar com os polinésios e Down cravou o try do empate. Mas era questão de tempo para a intensidade do jogo de Tonga falasse mais alto. Afungia, Fono, Mafi e Uasi cravaram mais 4 tries para os vermelhos antes da pausa, com a porta da defesa asiática se abrindo de vez, com o maul tonganês sendo imparável.

No segundo tempo, o domínio foi total de Tonga, que ainda correu para mais 4 tries, com Folau, Tongotea duas vezes e Lolesio. 64 x 12 para Tonga, placar final e sem reação de Hong Kong.

 

64versus copiar12hong kong rfu logo

Tonga 64 x 12 Hong Kong

Árbitro: Nehuen Jauri (Argentina) / Assistentes: Cauã Ricardo (Brasil) e Matías Esteban (Uruguai)

Tonga

Tries: Tafolo (2), Tongotea (2), Lolesio, Fono, Afungia, Folau, Uasi e Mafi

Conversões: Samate (7)

15 Hateni Tafolo, 14 Lisiate Folau, 13 Rodney Tongotea, 12 Malakai Uasi (c), 11 Taniela Filimone, 10 Filipe Samate, 9 Alan Tukuafu, 8 Lopini Kioa, 7 Roy Lolesio, 6 Aisea Makasini, 5 Aisea Makasini, 4 Solomone Fono, 3 Tevita Sole, 2 Fifita Mafi, 1 Apitoni Toia;

Suplentes: 16 Mesake Toumohuni, 17 Falamani Mafi, 18 Lisivani Tuifua, 19 Otunuku Pauta, 20 Lote Fakatou, 21 Siaosi Nai, 22 Tuatao Savou, 23 Hesitoni Fa, 24 Pita Halaifonua, 25 Mordecai Pulu;

Hong Kong

Tries: Tsoi e Down

Conversões: Altier (1)

15 Thaddeus Summers, 14 Oliver Duffy, 13 Kyle Kitney, 12 William Panday, 11 Samuel Down, 10 Paul Altier (c), 9 Henry Poon, 8 Hugo Christopher, 7 Joe Knight, 6 Sam Tsoi, 5 Jon Howells, 4 James Rivers, 3 Mikkel Christensen, 2 Callum Tam, 1 Nicholas McGregory;

Suplentes: 16 Ng Cheuk Wai, 17 David Tang, 18 Rory Cinnamond, 19 Wai Shing, 20 Oliver Overman, 21 Tomek Tsang, 22 Harry Laidler, 23 Lucas Lacamp, 24 Tiernan Neville, 25 Julian Onderwater, 26 Kyle McCallum;

 

 SeleçaoPtsJVED4+7-PPPCSP
Grupo A
Japão153300301508961
Uruguai113201301466779
Quênia531021071135-64
Brasil230031158134-76
Grupo B
Portugal103200201084860
Tonga10320020903753
Canadá731022112410123
Hong Kong130031065201-136