Foto: World Rugby

Tudo pronto para o show do M20 começar! Nessa terça, dia 4, será dado o pontapé inicial para o World Rugby U20s Championship, o Campeonato Mundial M20, a máxima competição do M20 mundial, com as 12 melhores seleções da categoria jogando neste ano na Argentina, ao longo de 5 jornadas, com a grande final em Rosario no dia 22 de junho. Os jogos serão exibidos ao vivo na World Rugby TV (clique aqui).

Ao todo, 3 campos serão utilizados para as partidas. A cidade de Rosario terá duas sedes: o estádio do Jockey Club, que será o palco dos jogos mais importantes, e o clube Old Resian. Já a cidade vizinha de Santa Fe receberá as partidas no CRAI.

O Mundial M20 é disputado anualmente desde 2008 e esta é a 2ª vez que a Argentina recebe a competição – a vez anterior foi em 2010. A maior campeã é a Nova Zelândia, com 6 títulos, mas a atual campeã é a França, que conquistou seu primeiro título em 2018. Inglaterra, com 3 conquistas, e África do Sul, com 1, completam a lista de ex campeãs. A melhor colocação dos Pumitas até hoje foi o 3º lugar em 2016.

- Continua depois da publicidade -

 

Mas, como funciona o Mundial M20?

  • 12 seleções divididas em 3 grupos com 4 times cada;
  • O 1º colocado de cada grupo e o melhor 2º colocado do geral jogarão as semifinais pelo título;
  • Os outros dois 2ºs colocados e os 2 melhores 3ºs colocado jogarão as semifinais pelo 5º lugar;
  • O pior 3º colocado e os 4ºs colocados jogarão as semifinais pelo 9º lugar, sendo que o 12º colocado será rebaixado ao World Rugby U20s Trophy (Troféu Mundial M20, a 2ª divisão mundial) de 2020;

 

E quem são os favoritos?

O Mundial M20 deste ano parece ser o mais equilibrado da história – ao menos no papel. A Nova Zelândia, sempre favorita, sofreu uma pesada derrota para a Austrália no mês passado e isso deixou muitas dúvidas sobre o elenco neozelandês – que não deixa de ser forte. Com isso, a Austrália, normalmente discreta na categoria, ganhou peso para o torneio.

Ainda no Sul, a África do Sul, potência na categoria, também irá ferida ao torneio, após perder em casa amistoso por 34 x 33 para um impressionante time da Argentina, que certamente vai mirar alto no torneio – sobretudo por jogar em casa. Os Pumitas do técnico José Pellicena são sim favoritos inclusive a título neste ano.

Na Europa, a Inglaterra, equipe europeia mais forte historicamente na competição, e a França, que mostrar um elenco poderoso em 2018 ao faturar o título inédito, foram ambas superadas pela Irlanda no Six Nations M20. A Irlanda foi brilhante com o Grand Slam no torneio, mas ingleses e franceses não são cartas fora do barulho – ainda mais a França, que ainda tem muitos nomes do time campeão de 2018.

Entre os demais times, Gales, apesar do 4º lugar no Six Nations, teve vitória sobre a Inglaterra, ao passo que a Itália deu muito trabalho à França e venceu a Escócia. Geórgia e Fiji completam o torneio buscando por pressão sobretudo sobre escoceses e italianos na luta contra o rebaixamento, que promete ser imprevisível.

Com isso:

  • O Grupo A promete uma briga de arrepiar entre Argentina e França pelo primeiro lugar, mas com ambos cientes da ameaça que pode ser Gales;
  • O Grupo B verá disputas imprevisíveis entre Inglaterra, Austrália e Irlanda;
  • E o Grupo C terá as gigantes feridas Nova Zelândia e África do Sul buscando reencontrar o caminho das vitórias. De todos os grupos, o C é o que tem mais probabilidades de produzir o melhor 2º colocado;
 SeleçãoJogosPontos
Grupo A
Argentina311
França311
Gales39
Fiji31
Grupo B
Austrália311
Irlanda310
Inglaterra39
Itália31
Grupo C
África do Sul314
Nova Zelândia310
Geórgia34
Escócia32
- Semifinais: 1ºs colocados de cada grupo + melhor 2º colocado;
- Semifinais pelo 5º lugar: Demais 2ºs colocados + 2 melhores 3ºs;
- Semifinais pelo 9º lugar: Pior 3º colocado e 4ºs colocados;

 

Tabela

*Horários de Brasília

1ª rodada – Terça, dia 04 de junho

10h30 – Austrália x Itália, em Santa Fe

10h30 – África do Sul x Escócia, em Rosario (Jockey Club)

13h00 – Nova Zelândia x Geórgia, em Santa Fe

13h00 – Argentina x Gales, em Rosario (Jockey Club)

15h30 – Inglaterra x Irlanda, em Santa Fe

15h30 – França x Fiji, em Rosario (Jockey Club)

 

2ª rodada – Sábado, dia 08 de junho

10h30 – Austrália x Irlanda, em Santa Fe

10h30 – África do Sul x Geórgia, em Rosario (Jockey Club)

13h00 – Argentina x Fiji, em Santa Fe

13h00 – França x Gales, em Rosaro (Jockey Club)

15h30 – Inglaterra x Itália, em Santa Fe

15h30 – Nova Zelândia x Escócia, em Rosario (Jockey Club)

 

3ª rodada – Quarta-feira, dia 12 de junho

10h30 – Itália x Irlanda, em Santa Fe

10h30 – Geórgia x Escócia, em Rosario (Jockey Club)

13h00 – Gales x Fiji, em Santa Fe

13h00 – França x Argentina, em Rosario (Jockey Club)

15h30 – Inglaterra x Austrália, em Santa Fe

15h30 – África do Sul x Nova Zelândia, em Rosario (Jockey Club)

 

Semifinais – Segunda-feira, dia 17 de junho

10h30 – 10º x 11º – Semifinal de 9º lugar, em Rosario (Old Resian)

10h30 – 5º x 8º – Semifinal pelo 5º lugar, em Rosario (Jockey Club)

13h00 – 9º x 12º – Semifinal pelo 9º lugar, em Rosario (Old Resian)

13h00 – 2º x 3º – Semifinal pelo 1º lugar, em Rosario (Jockey Club)

15h30 – 6º x 7º – Semifinal pelo 5º lugar, em Rosario (Old Resian)

15h30 – 1º x 4º – Semifinal pelo 1º lugar, em Rosario (Jockey Club)

 

Finais – Sábado, dia 22 de junho

10h30 – Decisão de 11º lugar, em Rosario (Old Resian)

10h30 – Decisão de 5º lugar, em Rosario (Jockey Club)

13h00 – Decisão de 9º lugar, em Rosario (Old Resian)

13h00 – Decisão de 3º lugar, em Rosario (Jockey Club)

15h30 – Decisão de 7º lugar, em Rosario (Old Resian)

15h30 – FINAL, em Rosario (Jockey Club)

 

Histórico

AnoSedeCampeão
2008GalesNova Zelândia
2009JapãoNova Zelândia
2010ArgentinaNova Zelândia
2011ItáliaNova Zelândia
2012África do SulÁfrica do Sul
2013FrançaInglaterra
2014Nova ZelândiaInglaterra
2015ItáliaNova Zelândia
2016InglaterraInglaterra
2017GeórgiaNova Zelândia
2018FrançaFrança
2019ArgentinaFrança
2020Itália-
CampeõesTítulos
Nova Zelândia6
Inglaterra3
França2
África do Sul1