Boredaux segue absoluto na liderança. Foto:https://www.ubbrugby.com/actualites/7355-victoire-face-a-castres.html

ARTIGO COM VÍDEOS- Entre Six Nations, chuva e coronavirus o Top 14 teve um das rodadas mais emocionantes da temporada. Na ponta da tabela o Bordeaux (1º) segue dominante, a equipe bateu em casa o Castres (10º) e se aproveitou do vacilo fora de casa do Lyon (2º) diante do Brive (11º) para expandir a liderança. Com a liderança praticamente decidida o assunto tem sido a zona de rebaixamento, a luta contra o descenso está emocionante, ao contrário dos outros anos, e nessa rodada dos sete jogos três foram vencidos por equipes que estavam abaixo do décima posição, assim apenas três pontos separam Stade Français (14º), Agen (13º) e Section Paloise (12º).

O bom momento do Bordeaux parece não ter fim com a equipe batendo em casa o Castres por 26 a 24, disparando na liderança, graças a derrota do Lyon. Apesar disso a equipe não fez um bom jogo, o Castres começou melhor anotando dois tries nos primeiros vinte minutos e abrindo uma boa distância no placar. Mas a confiança do time da terra dos vinhos fez toda a diferença e a equipe teve a calma necessária para se reorganizar e dominar a partida na segunda etapa. Com resultado o Castres e vê mais próximo da zona de rebaixamento, graças principalmente ao bom resultado das equipes de baixo.

O Lyon foi surpreendido fora de casa pelo Brive e acabou derrotado por 30 a 16. Os lobos não contavam com a apresentação de gala dos donos da casa, que mesmo lutando contra o rebaixamento fizeram um primeiro tempo de campeão, com destaque para o jovem ponta Joris Jurand que anotou os três tries da equipe, em menos de vinte minutos, aos 18’, 33,’ 38. O Lyon ainda tem muita gordura para queimar, mas vê o Bordeaux se distanciar ainda mais na liderança.

- Continua depois da publicidade -

Horas antes do Racing (3º) entrar em campo em Paris para enfrentar o La Rochelle (5º) ainda havia dúvidas se a partida ocorria ou se seria cancelada devido às novas restrições impostas pelo governo para tentar conter o surto de Coronavirus. No final o jogo acabou acontecendo e os corajosos torcedores que se aventuram pelas ruas de Paris foram recompensados com uma atuação épica do time da capital, que bateu os visitantes por 49 a 0. O duelo valia a terceira colocação e poucos esperavam que um jogo desse nível tivesse um placar tão elástico, o time da cidade luz dominou em todos os quesitos do começo ao fim. Para os atlânticos é difícil explicar uma atuação dessas, sendo a pior derrota da equipe desde novembro de 2016, incondizente com um time que esta na terceira colocação.

A rodada teve os pequenos triunfando sobre os grandes, com o Bayonne (9º) abrindo os trabalhos batendo em casa o campeão Toulouse (7º) por 20 a 10. Os bascos que vinham de uma vitória precisavam de um resultado positivo para se manter fora da zona de rebaixamento e diante de um Toulouse levemente desfigurado fizeram uma partida taticamente perfeita. Sob chuva e vento os basco se aproveitaram dos muitos scrum e dos chutes, anulando o jogo rápido de mãos dos occitanos. Com duas vitórias seguidas e na nona colocação o Bayonne vê a zona de rebaixamento um pouco mais longe, o Toulouse sai da zona de classificação e espera pelo retorno das suas estrelas para retomar o caminho das vitórias.

Em uma rodada de zebras o Toulon (4º) precisou de sorte para bater o desesperado Stade Français (14º) em casa, por 19 a 18. Jogando com um time reformulado, entre atletas convocados para o Six Nations e lesionados, a equipe controlou a partida até os 30’ da segunda etapa, quando vencia por 16 a 6, mas em um levou dois tries quase seguidos e só venceu no ultimo lance, com um penal convertido pelo abertura Louis Carbonel. O Toulon com o resultado se beneficia da derrota dos adversários diretos e da um salto na tabela, os parisiense por outro lado perderam a chance de conquistar uma vitória importante longe de casa e retornam a ultima colocação.

O Agen (13º) não conseguiu repetir a boa atuação da ultima rodada e acabou derrotado em casa pelo Clermont (6º) por 32 a 15. A equipe fez um bom primeiro tempo, indo para o vestiário com um empate em 15 a 15, mas não marcou nenhum ponto na segunda etapa cedendo a vitória para os amarelos. A vitória é excelente para o Clermont que volta a zona de classificação beneficiado pelos resultados ruins dos adversários enquanto para o Agen é o oposto com os rivais diretos na luta contra o rebaixamento tendo uma boa rodada.

O Montpellier (8º) viajou para enfrentar o lanterna da competição, a Section Paloise (12º) e volta para casa com uma derrota por 19 a 15. Os visitantes deixam escapar pontos importantes e lamentam a falta de frieza, à frente em alguns momentos o time não soube controlar a partida, mesmo diante de uma equipe nervosa e tecnicamente inferior, a derrota distancia o time da zona de classificação e aproxima a zona de rebaixamento. Com o resultado a Section Paloise deixa a lanterna e embola a luta contra o descenso.

Top 14 – Campeonato Francês 2019-20

Racing 49 x 0 La Rochelle
Bayonne 20 x 10 Toulouse
Agen 15 x 32 Clermont
Pau 16 x 15 Montpellier
Brive 30 x 16 Lyon
Bordeaux 26 x 24 Castres
Toulon 19 x 18 Stade Français

 ClubeCidadeJogosPontos
Bordeaux-BèglesBordeaux1761
Lyon Lyon1753
Racing Paris1746
ToulonToulon1745
La RochelleLa Rochelle1742
clermont copy copyClermontClermont-Ferrand1741
ToulouseToulouse1740
Montpellier logo novo copyMontpellierMontpellier1737
BayonneBayonne1733
CastresCastres1733
brive copyBriveBrive-la-Gaillarde1733
PauPau1728
AgenAgen1726
Stade FrançaisParis1725
- Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
- Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;
- Derrota por mais 6 pontos ou mais = 0 pontos;