Foto: Lais Zampiere

Jogos equilibrados na rodada do Universitário Paulista consolidam a UNIP como líder após vencer a Mauá, sendo a primeira equipe a conquistar a vaga para as semifinais do torneio; Direito Mackenzie recupera o caminho das vitórias ao derrotar o UFABC.

O duelo entre Leprechauns e Direito Mack valia muito: se para o Direito era a chance de voltar a vencer, para o UFABC poderia ser a oportunidade de não deixar escapar a vaga para as semis. O primeiro tempo foi tenso com apenas um try convertido para cada lado: Gabriel Silvano para o UFABC aos 12′, Guilherme de Carvalho para o Direito aos 21′.

O segundo tempo começou de forma peculiar, com um cartão amarelo para Nicolas Mohor com cronômetro zerado. Sem a condução ideal, o Direito se complicou e permitiu o UFABC assumir o controle da partida. Aos 8′, try do oitavo Thomas Magagnin para colocar a equipe do UFABC na frente. Um cartão amarelo aos 12′ para Matheus Baldacim do UFABC fez o Direito retomar o controle do jogo e aos 26′ iniciou a reação com João Victor de Araújo, 12×14 para o Direito. No final do jogo, o UFABC leva outro cartão amarelo em momento crucial, do autor do try Thomas Magagnin, e viu o Direito se animar no fim e aos 40′ marcar o try para consolidar a vitória, com Nicolas Mohor, 21×12.

UNIP e Mauá protagonizaram um dos melhores jogos da temporada no universitário, com a equipe da capital fazendo campanha invicta e sendo líder com menos jogos que os rivais, mas que Mauá possui dois dos artilheiros do torneio podendo atrapalhar os planos da UNIP.
O primeiro tempo começou com um dos artilheiros, Daniel Dalla Vecchia caindo no ingoal aos 8′, seguido aos 12′ Raphael Andrade que colocou um drop goal na conta, 10×00 em grande início da Mauá. A reação da UNIP veio pouco tempo depois com dois tries, de Franklin Rios e Bruno Sabino para empatar a partida, 10×10. Nos 10 minutos finais, as equipes fizeram um jogo de ataques clínicos e defesas pouco inspiradas permitindo marcarem – e sofrerem – dois tries cada: o segundo de Daniel Dalla Vecchia e de Rodrigo Macedo pela Mauá, Vinicius Fernandes e Renato Costa pela UNIP pra fechar o primeiro tempo em 24×22 para a Mauá.

- Continua depois da publicidade -

O jogo continuou disputado no segundo tempo com as substituições dando fôlego novo e apenas nos momentos finais que ambas equipes voltaram a conseguir vencer as defesas. Em um momento de brilho, aos 23′ e aos 27′, a UNIP marcou dois tries com Fernando Gomes e Jorge Willian Bonifacio, deixando a UNIP na frente por 34×24. A Mauá aos 35′ marca o try para deixar tudo com 34×31, deixando a partida tensa nos últimos lances, mas a UNIP conseguiu resistir e prevalecer no final.

Paulista Universitário 2019 – Classificação

 ClubeCidadePJVED4+7-PPPCSP
UNIPSão Paulo38880060262110152
Direito MackenzieSão Paulo34970260355145210
MauáSão Caetano do Sul29950472322192130
FEISão Bernardo do Campo21940550175309-134
UFABCSanto André16930631161220-59
MedicinaSão Paulo01000100028327-299