Dan Carter pelo Kobelco Steelers. Foto: Kobelco Steelers

Tempo de leitura: 4 minutos

O rugby japonês está de volta à cena! Nesse domingo, dia 12, terá início a edição 2020 (na verdade, nominalmente 2019-20) da Top League, o Campeonato Japonês, que reúne grandes craques do rugby mundial – e da seleção japonesa.

Dan Carter, Kieran Read, Brodie Retallick, Sam Whitelock, Ryan Crotty, Stephen Donald, Matt Todd, Matt Giteau, Samu Kerevi, Bernard Foley, David Pocock, Christian Leali’ifano, Duane Vermeulen, Malcolm Marx, Willie Le Roux, Damian De Allende, Jesse Kriel, RG Snyman… Kazuki Himeno, Michael Leitch, Kotaro Matsushima, Kenki Fukuoka, Shota Horie, Keita Inagaki, Ji-Won Koo… só craques!

 

- Continua depois da publicidade -

Como funcionará?

Nada menos que 16 equipes participam da primeira divisão japonesa. Nesta temporada, a Top League será disputada no formato de pontos corridos, sem mata-mata, com o primeiro colocado após 15 rodadas se sagrando campeão. A última rodada será disputada no dia 9 de maio e não haverá rebaixamento, pois a competição deverá ser expandida para a temporada seguinte.

 

Craques por todos os times

As equipes da Top League são todas de propriedade de grandes empresas do país. Elas nasceram como clubes dos funcionários e foram recebendo investimentos, com atletas internacionais sendo contratados aos montes. Ainda assim, muitos jogadores japoneses não são totalmente profissionais, dividindo-se entre o rugby e o emprego convencional dentro das mesmas empresas. Trata-se de um modelo esportivo tradicional do país e que segue mesmo com um campeonato recheado de grandes nomes e com atletas totalmente profissionais da seleção japonesa, que brilharam no Mundial.

Entre os craques estão:

 

Canon Eagles: Jesse Kriel África do Sul), Fumiaki Tanaka (Japão), Yu Tamura (Japão), Kobus van Dyk (África do Sul);

Hino Red Dophins: Augustine Pulu (Nova Zelândia), Nili Latu (Tonga), Gilles Kaka (Nova Zelândia), Jack Debreczeni (Austrália);

Honda Heat: RG Snyman (África do Sul), Ji-Won Koo (Japão), Lomano Lemeki (Japão);

Kobelco Steelers: Dan Carter (Nova Zelândia), Andrew Ellis (Nova Zelândia), Brodie Retallick (Nova Zelândia), Richard Buckman (Nova Zelândia), Isileli Nakajima (Japão), Ataata Moeakiola (Japão), Timothy Lafaele (Japão), Ryohei Yamanaka (Japão);

Kubota Spears: Ryan Crotty (Nova Zelândia), Duane Vermeulen (África do Sul), Bernard Foley (Austrália), Piet Labuschagné (Japão), Harumichi Tatekawa (Japão), Wharenui Hawera (Nova Zelândia);

Munakata Sanix Blues: James Moore (Japão), Karne Hasketh (Japão), Paddy Ryan (Austrália), Andre Esterhuizen (África do Sul), Jacques Potgieter (África do Sul), Santiago González Iglesias (Argentina);

Mitsubishi Dynaboars: Jackson Hemopo (Nova Zelândia);

NEC Green Rockets: Stephen Donald (Nova Zelândia), Jack Lam (Samoa), Sam Henwood (Nova Zelândia);

NTT-Docomo Red Hurricanes: Liam Squire (Nova Zelândia), Marty Banks (Nova Zelândia), Wimpie van der Walt (Japão);

NTT Shining Arcs: Christian Lealiifano (Austrália), Malcolm Marx (África do Sul), Robert Kruger (África do Sul), Amanaki Mafi (Japão), Jimmy Tupou (Nova Zelândia), Isaac Ross (Nova Zelândia);

Panasonic Wild Knights: David Pocock (Austrália), Sam Whitelock (Nova Zelândia), Damian de Allende (África do Sul), Harold Vorster (África do Sul), Shota Horie (Japão), Keita Inagaki (Japão), Asaeli Valu (Japão), Kenki Fukuoka (Japão), Rikiya Matsuda (Japão);

Ricoh Black Rams: Berrick Barnes (Austrália), Elliot Dixon (Nova Zelândia), Matt Lucas (Austrália), Ben Funnell (Nova Zelândia);

Suntory Sungoliath: Matt Giteau (Austrália), Samu Kerevi (Austrália), Sean McMahon (Austrália), Hendrik Tui (Japão), Yutaka Nagare (Japão), Ryoto Nakamura (Japão), Kotaro Matsushima (Japão), Sam Talakai (Austrália), Will Chambers (Austrália), Tevita Li (Nova Zelândia), Takuya Kitade (Japão);

Toshiba Brave Lupus: Matt Todd (Nova Zelândia), Michael Leitch (Japão), Richard Kahui (Nova Zelândia), Mike Harris (Austrália), Yoshitaka Tokunaga (Japão);

Toyota Verblitz: Kieran Read (Nova Zelândia), Willie Le Roux (África do Sul), Kazuki Himeno (Japão), Kaito Shigeno (Japão), Yusuke Kizu (Japão), Gio Aplon (África do Sul), Jason Jenkins (África do Sul);

Yamaha Jubilo: Kwagga Smith (África do Sul), Uwe Helu (Japão), Ayumu Goromaru (Japão);

 

Favoritos?

O Kobelco Steelers começará a temporada como o grande favorito, após se sagrar campeão da Top League na temporada passada e vencer em 2019 a Top League Cup, a Copa do Japão, competição que substituiu a Top League no período pré Mundial. O Steelers é o time de Dan Carter, histórico abertura dos All Blacks, e se reforçou com outro neozelandês de peso, Brodie Retallick. Isto é, dois All Blacks campeões do mundo o título de melhores jogadores do mundo.

Os dois outros gigantes do momento na Top League são Panasonic Wild Knights e Suntory Sungoliath. Os Steelers contrataram um trio fenomenal de Damian De Allende (Springbok campeão do mundo), David Pocock (ídolo Wallaby) e Sam Whitelock (All Black campeão do mundo), ao passo que o Sungoliath conta com os craques australianos Matt Giteau e Samu Kerevi. Correndo por fora estão o Toyota Verblitz, que trouxe Kieran Read (campeão do mundo com os All Blacks) para se somar ao japonês sensação Kazuki Himeno, o Toshiba Brave Lupus, liderado pelo capitão japonês Michael Leitch e reforçado pelo neozelandês Matt Todd, e os pequenos ascendentes NTT Shining Arcs, de Malcolm Marx (Springbok) e Christian Leali’ifano (Wallaby), e Kubota Spears, reforçado por Duane Vermeleun (Springbok), Ryan Crotty (All Black) e Bernard Foley (Wallaby).

 

1ª rodada

12/01 – Kobelco Steelers x Canon Eagles

12/01 – Munakata Sanix Blues x NEC Green Rockets

12/01 – NTT Docomo Red Hurricanes x Mitsubishi Dynaboars

12/01 – Panasonic Wild Knights x Kubota Spears

12/01 – Hino Red Dolphins x NTT Shining Arcs

12/01 – Ricoh Black Rams x Honda Heat

12/01 – Toshiba Brave Lupus x Suntory Sungoliath

12/01 – Yamaha Jubilo x Toyota Verblitz

 ClubePrefeituraJogosPontos
Panasonic Wild KnightsSaitama630
Kobelco SteelersKobe627
Yamaha JubiloYamaha JubiloShizuoka624
suntory sungoliath copySuntory SungoliathTóquio621
NTT shining arcsNTT Shining ArcsChiba619
kubota spearsKubota SpearsChiba619
toshiba brave lupusToshiba Brave LupusTóquio618
Toyota VerblitzToyota615
Canon EaglesTóquio613
Honda HeatSuzuka611
Munakata Sanix BluesFukuoka610
black ramsRicoh Black RamsTóquio68
Mitsubishi DynaboarsKanagawa65
Hino Red DolphinsTóquio64
NTT-Docomo Red HurricanesOsaka64
nec green rocketsNEC Green RocketsChiba62
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- Pontos corridos, sem mata-mata;
- Edição sem rebaixamento;

 

Histórico

 ClubeTítulosAnos
suntory sungoliath copySuntory Sungoliath52008, 2012, 2013, 2017 e 2018
toshiba brave lupusToshiba Brave Lupus52005, 2006, 2007, 2009 e 2010
Panasonic Wild Knights42011, 2014, 2015 e 2016
Kobelco Steelers22004 e 2018-19