O tackle alto é um movimento muitas vezes desleal, mas também às vezes é fruto somente de uma deficiência técnica ou daquele defensor pego desprevenido que tenta parar o adversário.

Nem de longe o intuito dessa nova coluna é ser desleal, acho que cai muito mais na questão da deficiência. Falta-me a erudição do meu estimado colega Victor Ramalho para destrinchar temas complexos em textos longos ou sua paciência para esperar evidências que nunca chegam e muitas vezes nos imobilizaram no passado. Para isso, acesse a nova coluna dele, o TMO. Aqui vai ser mais jornalismo Gonzo (nada a ver com nosso ilustre webmaster) e menos tese de mestrado.

Mas eu sei fazer boas perguntas, e quero com essa coluna levantar temas que inquietam a gente aqui no Portal do Rugby há muito tempo, mas muitas vezes não conseguimos explorar em profundidade pois não temos o tempo, os recursos humanos ou financeiros para ir a fundo, então espero que ao menos, provoque as pessoas a também questionar o Rugby brasileiro além do título bonitinho de post de Facebook que vemos diariamente.

Para mim, essa coluna é também um mea-culpa. Pelos mesmos motivos que mencionei acima, sinto que falhei em externar e ser mais crítico em alguns acontecimentos do Rugby brasileiro nos últimos meses. Nossa demanda de trabalho é altíssima, quase insustentável para quem não tem isso como trabalho exclusivo (nunca é demais frisar, ainda tem gente que acha que o Portal do Rugby é o nosso ganha-pão, tem sede fixa, fatura milhões…. Spoiler alert: não é), então quero dividir a responsabilidade com todos os jogadores, dirigentes e fãs que acompanham o esporte, afinal o Rugby não é da CBRu, das Federações estaduais, do Portal do Rugby…é de todos nós, e para que ele cresça forte, tacleador, terror do adversário, todos nós temos que cuidar dele, e questionar a cada novo acontecimento. “Como isso é bom para o Rugby brasileiro?”

- Continua depois da publicidade -

Ah, e provavelmente vai ter zoeira também, que podem ser consideradas ofensivas por torcedores de algum clube. Já aviso de antemão, e não vai ter retratação ou pedido de desculpas. Se não gostar paciência, use os comentários para expressar sua indignação, mas saiba que não vai ter discussão minha com ninguém, pessoal pediu de joelhos aqui no PdR e eu acatei, mesmo tendo gente que merece.

Se ainda não ficou claro, a ideia do Tackle Alto não é fazer amigos, mas convidar à reflexão. E se você me acompanhar nessa jornada, eu garanto que será positivo.

Let the treta begin

1 COMENTÁRIO