Foto: Bruno Ruas

Tempo de leitura: 3 minutos

ARTIGO COM VÍDEO – A Argentina conquistou hoje sua primeira vitória na Copa do Mundo de 2019 com 28 x 12 sobre Tonga, em jogo que era crucial para os dois lados. Os Pumas foram a campo com Urdapilleta de abertura, Montoya de hooker e Carreras de ponta como testes e todos corresponderam e os Pumas conquistaram o ponto bônus logo no começo do duelo, rodaram o elenco no segundo tempo, mas passaram 55 minutos sem pontuarem. Tonga chegou a reagir no fim, mas a margem a favor dos argentinos era confortável.


O início de jogo foi absolutamente dominante para a Argentina, que optou por chutar o primeiro penal para a lateral e, em linda movimentação, o hooker Montoya recebeu de volta a bola e cravou o primeiro try. Superior no contato, a Argentina seguiu pressionando e o segundo try saiu de maul e novamente com Montoya, aos 16′.

Os Pumas ainda tiveram um try feito impedido pela defesa tonganesa, que não deixou o contato com o chão do in-goal acontecer, mas aos 19′, Carreras aproveitou erro de mãos de Tonga, após pressão da linha defensiva argentina, e disparou para o terceiro try. Por fim, selando o bônus logo aos 25′, Montoya cravou o quarto try rompendo no pick and go a defesa vermelha. 28 x 00.

- Continua depois da publicidade -

Tonga melhorou na reta final do primeiro tempo e, quando finalmente pôde trabalhar a bola nas 22 de ataque, Takulua conduziu bem e Veainu costurou a defesa argentina para um belo try vermelho. Antes da pausa, Tonga ainda quase chegou ao segundo try, com Lavanini dando tacke (polêmico, por usar o ombro) salvador quando Halaifonua ia para novo try.

O segundo tempo foi de queda no ritmo dos Pumas, que deixaram de criar. Cubelli teve chance de try, sendo seguro em cima do in-goal aos 52′ e, na sequência, o técnico Mario Ledesma fez rodar o elenco, mas a equipe não respondeu e Tonga ainda conseguiu seu segundo try com o craque Veainu, recebendo lindo offload de Cooper Vuna na ponta. Porém, foi só. 28 x 12, números finais.

No dia 5, a Argentina encara o jogo de vida ou morte contra a Inglaterra, ao passo que Tonga joga com a França no dia 6.

28versus copiar12

Argentina 28 x 12 Tonga, em Osaka

Árbitro: Jaco Peyper (África do Sul)

Assistentes: Ben O’Keefe (Nova Zelândia) e Brendon Pickerill (Nova Zelândia) / TMO: Rowan Kitt (Inglaterra)

Argentina

Tries: Montoya (3) e Carreras

Conversões: Urdapilleta (4)

15 Emiliano Boffelli, 14 Matías Moroni, 13 Matias Orlando, 12 Jeronimo De La Fuente, 11 Santiago Carreras, 10 Benjamin Urdapilleta, 9 Tomas Cubelli, 8 Tomás Lezana, 7 Marcos Kremer, 6 Pablo Matera (c), 5 Tomas Lavanini, 4 Guido Petti, 3 Juan Figallo, 2 Julian Montoya, 1 Nahuel Tetaz Chaparro;

Suplentes: 16 Agustín Creevy, 17 Mayco Vivas, 18 Santiago Medrano, 19 Matias Alemanno, 20 Javier Ortega Desio, 21 Felipe Ezcurra, 22 Nicolás Sanchez, 23 Bautista Delguy;

Tonga

Tries: Veainu (2)

Conversões: Takulua (1)

15 Telusa Veainu, 14 Viliami Lolohea, 13 Malietoa Hingano, 12 Siale Piutau (c), 11 David Halaifonua, 10 James Faiva, 9 Sonatane Takulua, 8 Maama Vaipulu, 7 Zane Kapeli, 6 Sione Kalamafoni, 5 Halaleva Fifita, 4 Sam Lousi, 3 Ben Tameifuna, 2 Paula Ngauamo, 1 Siegfried Fisi’ihoi;

Suplentes: 16 Sosefo Sakalia, 17 Vunipola Fifita, 18 Ma’afu Fia, 19 Sitiveni Mafi, 20 Nasi Manu, 21 Leon Fukofuka, 22 Latiume Fosita, 23 Cooper Vuna;

 

 PaísApelido/SímboloJogosPontos
Grupo A
JapãoBrave Blossoms419
IrlandaShamrock (Trevo)416
EscóciaThistle (Cardo)411
SamoaManu Samoa45
RússiaMedvedi (Ursos)40
Grupo B
Nova ZelândiaAll Blacks416
África do SulSpringboks415
ItáliaGli Azzurri412
NamíbiaWelwitschias42
CanadáCanucks42
Grupo C
InglaterraRed Rose (Rosa)417
FrançaLes Bleus415
ArgentinaLos Pumas411
Tonga'Ikale Tahi46
Estados UnidosEagles40
Grupo D
GalesDragons (Dragões)419
AustráliaWallabies416
FijiFlying Fijians47
GeórgiaLelos45
UruguaiLos Teros44