Em sua última reunião, no início deste mês, o Conselho de Administração da Confederação Brasileira de Rugby rejeitou o pedido de filiação da Federação de Rugby da Bahia. Na ata da reunião (clique aqui para acessá-la), o conselho deixa claro o motivo e se compromete a auxiliar a entidade a desenvolver o rugby na região.

“[…] pelo fato da Federação não cumprir os requisitos previstos no art. 17, IX, do Estatuto Social, ou seja, não ter 4 árbitros de nível II certificados pela World Rugby, não poderão se filiar, visto que é prática comum entre as entidades de Rugby. No entanto, os membros do Conselho reconheceram os esforços desta Federação e irão auxilia-la em sua organização e desenvolvimento do Rugby na região”.

Para conferir o Estatuto Social da CBRu, clique aqui (da página 7 à 10 estão os requisitos para filiação). 

A Federação de Rugby da Bahia foi procurada mas não quis se manifestar afirmando não ter sido informada sobre a decisão.

- Continua depois da publicidade -

6 COMENTÁRIOS

  1. Ainda lembro do nacional de 2014, o Super 10, quando a CBRu fez de tudo pra rebaixar o Armstrong Dragons com os clubes reclamando da distância, sendo que o time aqui de Natal tinha que fazer 9x viagens mais longas que qualquer outro. O Brasil estava formando mais uma cidade com fanbase no rugby, mas essa sequência de decisões excludentes fizeram o interesse sumir aqui em Natal (ainda assim, compreendo que o uso de jogador irregular foi o fator decisivo pro rebaixamento).