Campeonato de XV feminino foi sucesso em São Paulo

A seleção brasileira de Rugby não entrou em campo no fim de semana, mas sem dúvida, o Rugby brasileiro ganhou nesse fim de semana, e fez história. Depois das primeiras clínicas e amistosos de XV que vinham sendo realizados desde o fim de 2015 e comandados pela treinadora Adriana Moraes, chegou-se à conclusão que era a hora de formalizar um campeonato feminino

 

E esse degrau foi escalado nesse sábado, com a primeira etapa do Paulista Feminino de XV, realizado no Colégio Rio Branco da Granja Vianna que contou com 110 atletas de diversos clubes do estado, reunidas em quatro clubes. A forma do torneio é a mais inclusiva possível e demonstra o quanto as atletas estão dispostas a tornar o XV comum. São 4 equipes unidas e 2 jogos por dia de torneio. O primeiro jogo aconteceu num misto de Tsunami/ABC/GRU x Rio Branco /Cásper Líbero/Pasteur/PUC e, o outro, entre Band/USP x Wallys/Lechuza/SP Barbarians.

 

Na primeira partida, em um placar de 80 x 00 para a junção de Rio Branco /Cásper Líbero/Pasteur/PUC, a movimentação das jogadoras ainda contava com algumas dificuldades em relação avanços e apoio no entanto, os treinos específicos de XV deixaram claro que ambas têm se desenvolvido potencialmente, inclusive mostrando grande habilidade para entrosar fowards e linha. A paciência e cautela entre jogadoras de equipes diferentes foram primordiais para que, em campo, ficasse clara a vontade que todas têm dos campeonatos serem cada vez mais recorrentes.

 

A segunda partida ocorreu com mais equilíbrio entre as equipes e com um excelente trabalho de defesa por parte do Wallys/Lechuza/SP Barbarians – os tackles e a pressão no ataque eram muito bem executados. A equipe Band/USP contou com um excelente jogo de mãos, velocidade entrosada na linha e com um scrum fortíssimo.

 

A próxima partida será realizada em 22 ou 23 de outubro e os jogos prometem mais competitividade quando as equipes ganhadoras e perdedoras da primeira rodada se encontrarem e quando o entrosamento entre as mulheres de times diferentes estiver mais concreto.

Comentários