Farrapos vence Desterro em dia de emoção na Montanha

ARTIGO COM VÍDEO – O Desterro não foi o único adversário do Farrapos na tarde deste sábado, dia 22, no estádio da Montanha, pela oitava rodada do Super 8. Mais do que os catarinenses, o clube bento-gonçalvense também precisou encarar a aflição que tomou conta dos jogadores e da cidade desde a última quarta-feira, dia 19, quando o scrum-half Lucas Mariuzza, o Luquinhas, foi baleado – a polícia ainda investiga a motivação do crime – e segue em estado grave no hospital.

 

 

Os gaúchos, contudo, demonstraram força para superar o rival e a angústia que persiste. Se não fossem as circunstâncias, o jogo seria manchete como um dos mais acirrados da competição até o momento. Os forwards foram bastante acionados e trabalharam bem em um duelo baseado, na maior parte do tempo, nas formações fixas. Na primeira etapa, somente o Desterro pontuou, com try de Júlio, aos 25 minutos, convertido por Pantalena.

 

 

O Farrapos renovou o fôlego no intervalo e, logo aos dois minutos da primeira etapa, Teco marcou, Scopel converteu e deixou tudo igual. A virada veio aos 11, com penal de Scopel. Aos 23, no entanto, os visitantes retomaram a frente do marcador com try de Allan, não convertido. A vantagem, porém, durou pouco. Quatro minutos depois, Civardi marcou para o Farrapos, Scopel converteu e abriu cinco pontos: 17 a 12.

 

 

O time mandante conseguiu manter a segurança defensiva até os 35 minutos, quando o oponente trabalhou de forma impecável desde a saída do scrum até a conclusão de Mark no ingoal. Pantalena converteu embaixo dos paus e recolocou o tricampeão brasileiro na frente: 19 a 17. Ainda faltavam, entretanto, cinco minutos, e então brilhou a estrela do argentino Javier. Quando a marcação do Desterro parecia intransponível, o abertura achou espaço para arriscar um drop próximo à linha dos 22 metros, aos 39 minutos, e foi preciso, para exaltação dos cerca de 400 torcedores presentes.

 

 

A partir daí, já não havia mais tempo para a reação dos visitantes. após o apito final, os jogadores do Farrapos descarregaram a tensão acumulada pela semana mais difícil da temporada e alguns, como o asa Mateus e o pilar Daian, não contiveram as lágrimas. “Hoje eles jogaram pelo Lucas, pensando no Lucas”, resumiu o coordenador técnico do Farrapos, Mario Oliva, também bastante emocionado.

 

 

Com o quarto triunfo consecutivo, o Farrapos manteve a escalada na competição e abriu três pontos de vantagem no G4. O time tentará estender a sequência de vitórias no próximo sábado, dia 29, diante do Spac em São Paulo. O Desterro, por sua vez, descendeu para o quinto lugar e buscará retomar posição no G4 contra o Jacareí, também no sábado, dia 29, em Florianópolis.

 

 

O Portal do Rugby escolheu Javier o melhor jogador da partida.

 

  

Placar final: Farrapos (0) 20×19 (7) Desterro

 

 

Farrapos

Tries: Teco e Civardi

Conversões: Scopel (2)

Penal: Scopel

Drop: Javier 

 

 

 

Desterro

Tries: Júlio, Allan e Mark

Conversões: Pantalena (2)

Artigo por João Paulo Mileski
Foto: Grupo SERRANOSSA

 

Comentários