InterUSP é sucesso durante Corpus Christi

Nesse feriado prolongado de Corpus Christi, aconteceu na cidade de Itajubá (MG), o InterUSP, competição que envolve os principais institutos da Universidade de São Paulo, como Medicina, Escola Politecnica, FEA, Farmácia, San Fran, Odonto, Med Ribeirão e ESALQ. Os jogos contaram com disputas de diversas modalidades no feminino e masculino, e o rugby não ficou atrás, com a já tradicional e desgastante disputa masculina, com três jogos de XV em quatro dias.

 

No entanto, a edição desse ano contou com um fato histórico, a inserção da modalidade na categoria feminina, depois de muita insistência por parte das Atléticas. No entanto, a modalidade serviu apenas como demonstrativa, ou seja, não contou pontos para o torneio e para a tabela geral. Somente o fato de haver disposição de institutos e de suas atléticas para a realização do torneio na categoria, evidencia o crescimento do rugby feminino no âmbito universitário, onde torneios cada vez mais importantes começam a fazer parte do calendário das equipes, como a participação do Rugby USP no Circuito Paulista de Sevens e a realização da Copa USP, principal torneio interno da Universidade que reúne as principais equipes em disputa de partidas de seven-a-side.

 

Os times participantes foram:

Poli (núcleo retirado do Rugby USP)

FEA e Odontologia (que tem um time unificado, mas que para a realização do torneio, jogaram separadas)

São Francisco (Rugby XI)

Medicina

Farmácia

ESALQ

Medicina de Ribeirão Preto (que deu WO)

 

O time que se sagrou campeão da primeira edição foi o FEA, que saiu invicto do campeonato após vencer a Poli, SanFran e Farma pelos placares de 17 x 0, 52 x 0 e 38 x 7, respectivamente. O time da SanFran ficou com a terceira colocação no torneio, vencendo por WO a equipe da Odonto.

No masculino, a sempre favorita Poli caiu logo na primeira rodada, no clássico contra a Medicina. A San Fran por sua vez ainda venceria Farmácia e FEA na semifinal, fazendo a final contra os futuros médicos da capital. Em uma disputa incrível, a partida terminou empatada em 17 pontos, e depois de três prorrogações (não pergunte porque foram realizadas três) a partida acabou na disputa de penais, vencida pela Medicina.

Comentários