O Jacareí é o novo rei do sevens masculino! A equipe já havia vencido o torneio classificatório para a competição semanas atrás, e se consagrou nesse fim de semana, com uma campanha perfeita, em jogos muito equilibrados. A juventude e o trabalho de base no clube venceram a experiência.

 

O primeiro dia de jogos reservou uma surpresa logo em sua partida inicial, com uma vitória avassaladora do Farrapos sobre o São José, atual campeão, por 38 a 0. Os joseenses sentiram a ausência de seus principais jogadores, criticada até pela TV durante as finais, mas ainda assim passaram para as finais, raspando, com a 8a melhor campanha. Farrapos e Guanabara fizeram o duelo pela liderança do grupo, e os gaúchos levaram a melhor graças aos chutes de conversão, um apertado 14 a 10. Diante de clubes tão experientes, o Uberlândia, único representante mineiro, saiu sem vitórias e foi para a Taça Bronze.

 

- Continua depois da publicidade -

No grupo B, o chamado grupo da Morte mostrou a sua razão de ser. Enquanto o Rio Rugby não ofereceu resistência aos seus adversários, Desterro, Curitiba e Pasteur venceram dois jogos cada, e a classificação foi decidida no saldo de pontos, colocando o Desterro na liderança, seguido por Pasteur e Curitiba.

 

O grupo C ofereceu uma reedição do campeonato paulista, com três representantes do estado mais o Melina, único clube do Centro-Oeste na disputa e que ofereceu alguma resistência para o SPAC logo na estreia. Campeão estadual, o SPAC e sua experiência não foram páreos para o ímpeto da jovem equipe do Jacareí, vice-campeão nacional e campeão do torneio qualificatório, que venceu por magros 3 pontos para levar o grupo. No jogo para definir o 3o lugar, o Melina mostrou sua força e venceu o Rio Branco, mas ambos acabaram na disputa da Taça Bronze.

 

O segundo dia de disputas abriu novamente com o confronto entre Farrapos e São José, e mais uma vez, o clube de Bento Gonçalves levou a melhor sem sofrer pontos, eliminando os atuais campeões e seguindo na luta pelo título. O Desterro, único clube campeão além do São José seguiu em frente ao superar o Guanabara, enquanto o Jacareí bateu o Curitiba, tirando os Touros do único título que a equipe não conquistou ainda. O duelo mais emocionante ficou reservado para o final, no clássico paulista entre Pasteur e SPAC, decidido a favor dos Galos por apenas dois pontos de vantagem.

 

Nas finais, São José e SPAC fizeram um duelo tradicional em uma situação a que as equipes não estão tão acostumadas, a disputa do 7o lugar. Sem suas principais estrelas do XV, o São José não foi páreo para o misto de experiência e juventude do clube da capital, que venceu sem dificuldades, cedendo um try para os joseenses apenas no fim da partida.

 

Na decisão Prata, Guanabara e Curitiba fizeram um duelo mais equilibrado, contrastando a força física dos fluminenses com o maior apuro técnico dos Touros. Com melhores decisões e mais movimentação de bola, o Curitiba abriu uma vantagem tranquila, administrando a reação tardia do Guanabara e saindo com a vitória.

 

O Pasteur começou forte na decisão de terceiro lugar, abrindo 12 a 0 logo em seus dois primeiros ataques, mas o Farrapos mostrou poder de reação, dominando a posse de bola a partir da metade da etapa inicial, encostando no placar e chegando perto do empate. No segundo tempo, a partida ficou ainda mais equilibrada, com o Farrapos encostando logo no primeiro minuto, mas o clube de São Paulo conseguiu conter os avanços do adversário e assegurar um lugar no pódio.

 

A grande final colocou as duas melhores equipes da competição e também propiciaram a melhor partida, com o Jacareí pressionando muito o Desterro desde os primeiros minutos, forçando o adversário ao erro, que aconteceu, com Cruz abriu o placar após uma roubada de bola aos quatro minutos. O Desterro conseguiu o empate pouco depois com Panta, em uma jogada que começou dentro de sua linha de 5m e acabou no ingoal adversário, mostrando grande domínio e tranquilidade para encontrar os espaços na defesa adversária. Os Jacarés passaram à frente novamente depois de uma grande corrida, finalizada por Bruninho após um penal na linha de 5m. O Desterro precisava de um try convertido para empatar a partida, e Ige teve a bola nas mãos para buscar o empate, em uma bela corrida pela esquerda, mas no diante da marcação, acabou tentando um offload que parou nas mãos de Drudi, que agradeceu e cadenciou o jogo até o término da partida, para a explosão de alegria dos jogadores.

 


Super Sevens Masculino – Torneio Final

Grupo A: São José (SP), Guanabara (RJ), Uberlândia (MG) e Farrapos (RS)
Grupo B: Pasteur (SP), Desterro (SC), Curitiba (PR) e Rio Rugby (RJ)
Grupo C: SPAC (SP), Jacareí (SP), Rio Branco (SP) e Melina (MT)

 

Sábado, 18 de março

10h00 – São José 00 x 36 Farrapos

10h22 – Guanabara 24 x 07 Uberlândia

10h44 – Pasteur 33 x 00 Rio Rugby

11h06 – Curitiba 05 x 26 Desterro

11h28 – SPAC 12 x 05 Melina

11h50 – Jacareí 42 x 05 Rio Branco

12h30 – São José 35 x 00 Uberlândia

12h52 – Guanabara 10 x 14 Farrapos

13h14 – Pasteur 22 x 05 Desterro

13h36 – Curitiba 33 x 00 Rio Rugby

13h58 – SPAC 19 x 07 Rio Branco

14h20 – Jacareí 26 x 00 Melina

15h00 – São José 19 x 21 Guanabara

15h22 – Uberlândia 00 x 33 Farrapos

15h44 – Pasteur 05 x 12 Curitiba

16h06 – Desterro 25 x 00 Rio Rugby

16h28 – SPAC 12 x 15 Jacareí

16h50 – Rio Branco 07 x 31 Melina

 

Classificação
Grupo A: 1 Farrapos, 2 Guanabara, 3 São José, 4 Uberlândia
Grupo B: 1 Desterro, 2 Pasteur, 3 Curitiba, 4 Rio Rugby
Grupo C: 1 Jacareí, 2 SPAC, 3 Melina, 4 Rio Branco

 

Domingo, 19 de março

10h00 – Farrapos 17 x 00 São José – Quartas de final ouro 

10h22 – Desterro 12 x 07 Guanabara – Quartas de final ouro 

10h44 – Jacareí 19 x 10 Curitiba – Quartas de final ouro 

11h06 – Pasteur 21 x 19 SPAC- Quartas de final ouro 

11h28 – Melina 31 x 10 Rio Rugby – Semifinal bronze

11h50 – Rio Branco 28 x 07 Uberlândia – Semifinal bronze

12h30 – São José 07 x 19 Guanabara – Semifinal prata

12h52 – Curitiba 14 x 05 SPAC – Semifinal prata

13h14 – Farrapos 07 x 19 Desterro – Semifinal ouro

13h36 – Jacareí 07 x 00 Pasteur – Semifinal ouro

13h58 – Rio Rugby 07 x 05 Uberlândia – Disputa de 11º e 12º

14h20 – Melina 17 x 00 Rio Branco – Disputa de 9º e 10º

15h00 – Disputa de 7º e 8º – São José 05 X 21 SPAC

15h22 – Disputa do 5º e 6º – Guanabara 12 X 19 Curitiba

15h44 – Disputa de 3º e  4º – Pasteur 12 X 10 Farrapos

16h06 – FINAL – Jacareí 12 X 05 Desterro

 

Lista de campeões brasileiros masculinos de sevens

2008-09 – São José (SP)

2009-10 – São José (SP)

2010-11 – São José (SP)

2011 – São José (SP)

2012-13 – São José (SP)

2013 – São José (SP)

2014 – Desterro (SC)

2015 – Desterro (SC)

2016 – São José (SP)

2017 – Jacareí (SP)

 

Foto e vídeo – Vinícius Guedes