Dois confrontos prometem muito equilíbrio no dia 11 de novembro, em jogos valendo pela repescagem das Séries A e B do Campeonato Paulista de Rugby.

Conforme o regulamento, a última vaga das divisões serão definidas pelo confronto entre o penúltimo colocado da divisão superior e o vice-campeão da divisão inferior, fechando as equipes participantes da próxima temporada. Os jogos serão realizados na casa do time da divisão superior.

Na luta pela última vaga da Série A estarão Rio Branco e ABC, confronto que promete equilíbrio. Os Pelicanos não fizeram uma boa temporada, com apenas uma vitória no estadual, ficando à frente apenas do São Carlos, rebaixado. Já o ABC de Santo André fez uma grande campanha na Série B, caindo duas vezes diante do rival local, o Templários de São Bernardo do Campo. Um eventual triunfo dos Carneiros pode garantir o acesso inédito à elite estadual por meio da repescagem. Até hoje, os times da Série A sempre levaram vantagem, incluindo a Poli, que superou o Templários em 2016, e no ano seguinte viria a se sagrar campeã estadual. Mas o feito não seria novidade para o ABC, que subiu à Série B justamente ao superar outro clube tradicional, o Ilhabela.

A luta pela Série B também mostra duas equipes em trajetórias distintas. Na elite estadual em 2015, o União Rugby Alphaville passou por problemas extracampo e seu desempenho em campo foi afetado, deixando a equipe na penúltima colocação da Série B, empatado em pontos com o Lechuza, que acabou rebaixado. Seu adversário será o Tucanos, que caiu somente diante da Engenharia Mackenzie no ano, mostrando grande potencial de crescimento, e terá um confronto físico interessante com o representante da grande São Paulo. O histórico recente da repescagem tem favorecido os times da divisão inferior. Além do ABC em 2016, o São Bento conquistou a vaga dessa forma em 2015.