Depois de quatro etapas bem disputadas, sempre se mantendo entre os dois primeiros colocados, o Serra Rugby Clube se consagrou, nesse último domingo (13.11), o primeiro campeão gaúcho de rugby da categoria M16. O equilíbrio entre as equipes foi tanto a conquista veio nos critérios de desempate. O time anfitrião da última etapa, o Brummers, ficou com o vice-campeonato, seguido por Guaíba, Farrapos e Centauros.

Com o objetivo de estimular a prática e fomentar as categorias de base do rugby no Rio Grande do Sul, o Campeonato Gaúcho de Rugby Juvenil M16 contou com quatro etapas ao longo de 2016. Com uma campanha equilibrada, o Serra venceu a segunda etapa e ficou em segundo nas outras três. Somando os pontos das vitórias, além das pontuações bônus, ao ficar em segundo na última etapa, empatou em pontos com o Brummers, mas, na diferença dos tries,  ficou com o título. Tornando-se assim, o primeiro campeão gaúcho dessa categoria.

“Essa é uma iniciativa para crescimento da base que a médio prazo busca consolidar novas categorias como M15, M17 e M19, bem como, estimular o desenvolvimento de categorias infantis e reforçar as iniciativas escolares. Sabemos que isso vai demandar um tempo e esforço, mas bons passos estão sendo dados. Parabenizamos também os clubes que buscam desenvolver essas iniciativas”, avalia Lucas Toniazzo, coordenador de Desenvolvimento Região Sul da Confederação Brasileira de Rugby, organizador do CGR 2016 M16.
Além dos clubes citados, Toniazzo agradece ao Caxias Rugby, Minuano Rugby e Predadores Rugby pela participação em pelo menos uma das etapas com jogadores integrando as demais equipes na atividade.

Segundo o organizador, a categoria terá uma nova edição em 2017 com os clubes participando de forma efetiva na construção do regulamento do CGR.

- Continua depois da publicidade -

Para entender a pontuação

Como o CGR 2016 M16 é um campeonato que visa ao incentivo da modalidade já nas categorias de base, ao longo das quatro etapas, utilizou-se um sistema de pontuação que bonificou também a participação dos times e dos atletas na competição. Dessa forma, além dos pontos obtidos na colocação da etapa, havia um ponto por participação. O clube que apresentava equipe de XV ganhava dois pontos por etapa, e  o que apresentava equipe de X (10) ganhava um ponto por etapa.

Dessa forma, a classificação final ficou assim:

1º Serra – 86 pontos
2º Brummers – 86 pontos
3º Guaíba – 85 pontos
4º Farrapos – 61 pontos
5º Centauros – 28 pontos

Classificação 4ª etapa
1º Brummers – 24 pontos
2º Serra – 20 pontos
3º Guaíba – 14 pontos

Escrito por: Nathália Ely
Foto: Lucas Toniazzo

1 COMENTÁRIO