ARTIGO COM VÍDEO – O título do Campeonato Paulista Série B é de São Bernardo do Campo pela primeira vez na história! Isso porque na tarde deste sábado o Templários conseguiu o maior feito de sua história ao derrotar seu rival local, o ABC, de Santo André, em uma final de tirar o fôlego no campo do SPAC. 13 x 08 para os cruzados, conquistados com um try no finzinho do jogo. Depois de um vice campeonato em 2016, o Templários finalmente conseguiu sua promoção à primeira divisão estadual. Já o ABC ainda tem esperanças de também ser promovido e se prepara para duelar com o Rio Branco, penúltimo colocado da primeira divisão, na repescagem.

O jogo começou com o ABC colocando pressão e, aos 10′, o excelente fullback Codorna, um dos destaques do jogo, furou a defesa dos Templários e guardou o primeiro try do embate para os Carneiros. A resposta foi rápida e o time de São Bernardo reduziu com um penal aos 15′ chutado por Daniel. Depois, o que se vu foi uma longa pressão do poderoso pack de forwards do Templários, que parou na forte parede defensiva andreense, que segurou o placar até o intervalo em vantagem pra o ABC em 5 x 3.

Os azuis voltaram melhores da pausa e Samurai ampliou a frente com penal logo após a volta. O ABC ainda esteve muito perto de dar um golpe decisivo no começo do segundo tempo. Bispo furou a defesa do ABC, mas cometeu um erro e a bola sobrou para Codorna puxar um grande contra ataque para os Carneiros. Quem não faz, leva, e o Templários novamente apostou na paciência de seu trabalho de fases, controlou a posse de bola até Danilo, aos 64′ fazer o precioso try do empate dos cruzados. 8 x 8, com a conversão e a chance da virada perdidos.

O suspense de fim de jogo foi digno de uma grande final e os dois lados tiveram suas chances. No fim, a longa e desafiadora temporada do Templários, que incluiu a participação na Taça Tupi, se refletiu na capacidade final de definição da equipe e com menos de 5 minutos para o fim Barjud marcou o try do título do time de São Bernardo, que no ano que estará nas primeiras divisões estadual e nacional.13 x 08. Para o ABC, gosto amargo após uma brilhante campanha, mas ainda muito foco no objetivo final da equipe, que se prepara para encarar os Pelicanos.

- Continua depois da publicidade -

Após a partida, a Bullguer entregou o prêmio de melhor jogador da partida para Pedro Nunes “Codorna”, fullback do ABC que encerrou a competição como trymen, com 15 tries.

 

13versus copiar08

Templários 13 X 08 ABC
Árbitro: Murilo Bragotto
Auxiliares de linha: Cauã Ricardo e Augusto Cambuzano
4o árbitro: Erika Weiss
Local: SPAC – São Paulo, SP

 

Templários

Tries: Danilo e Barjud

Penais: Danilo (1)

 

ABC

Tries: Codorna

Penais: Samurai (1)